4 de dezembro de 2014

PROJETO DO SESC MATO GROSSO ARRECADA 4 MIL LITROS DE ÓLEO USADO

O óleo de cozinha usado é um dos principais "vilões" do meio ambiente produzido nas residências, bares e restaurantes. Se não for corretamente descartado, pode entupir encanamentos, poluir rios e até impermeabilizar solos, o que favorece o surgimento de enchentes. O projeto Óleo Social, desenvolvido pelo Sesc Mato Grosso, visa estimular a reciclagem do produto e trazer benefícios sociais.

Nos primeiros dez meses deste ano, o Sesc arrecadou cerca de 4 mil litros de óleo, que foram encaminhados a uma empresa que recicla esse produto na fabricação de tintas. A empresa "pagou" por esse óleo doando 930 litros de leite longa vida ao programa Mesa Brasil Sesc.  O Mesa Brasil visa contribuir para a promoção da cidadania e a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social em Cuiabá e Várzea Grande.

Damião Moraes, gerente do Sesc Balneário, em Cuiabá, explica que a doação do óleo é voluntária. O Sesc faz a sensibilização dos comerciários, familiares e comunidade, por meio  da atividade Educação em Saúde, a separar o produto usado em casa como forma de ajudar a conservar o meio ambiente e ainda contribui para melhorar as condições de vida das  pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade nas instituições sociais.  

Já no Sesc Escola, o Óleo Social foi transformado em uma ação multidisciplinar, chamada de projeto Oliver, com início em 2013 e que continuou este ano e conta com a participação de alunos do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental, que tem a função de  multiplicadores do projeto. Além dos estudantes, também são sensibilizados os pais e os funcionários da escola. Recentemente a escola produziu um almanaque, com 15 desafios, que serve como ferramenta de Educação Ambiental.

O Óleo Social é aberto a todos os interessados em  destinar um produto poluente e pouco reciclado no Brasil. As unidades do Sesc Mato Grosso que estão recebendo o óleo para reciclagem são: Porto, Balneário, Escola e Mesa Brasil. Para outras informações ligue: 65 3611-0750

24 de novembro de 2014

“A memória que me contam” encerra ano do Imagens em Pauta

Simone Spoladore e Irene Ravache protagonizam drama sobre vidas atravessadas
pela violência do regime militar

Assessoria - Um grupo de amigos que resistiu à ditadura militar se reencontra e reavalia o passado, enquanto um de seus integrantes está à beira da morte em “A memória que me contam” (2013, 100 minutos), de Lúcia Murat, atração dessa terça-feira, 25 de novembro, às 19:00, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 16 anos.

O filme encerra o oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Nesse ano, o projeto teve curadoria de Diego Baraldi e Thais Peruare, e contou com a colaboração criativa de Wellinton Nascimento, Maurício Rodrigues, Rafael Rosa da Silva e Johnny Nunes. Foram exibidos 32 filmes entre os meses de março a novembro, em sessões semanais, sempre seguidas de bate-papo com os participantes e do cappuccino na área interna da Choperia Arsenal.

Em 2014, a programação do Imagens em Pauta foi constituída de ciclos rápidos dedicados a parte da filmografia dos cineastas Hiroshi Inagaki, François Truffaut, Howard Hawks, Vincente Minnelli, Nicholas Ray e Woody Allen. Também foram realizados, no segundo semestre, três ciclos temáticos: Cinema Francês Recente, Paixões e Intensidades e o atual Vestígios da Ditadura. Como é característico do projeto, são exibidos filmes autorais e que dificilmente encontram espaço no circuito comercial de cinemas de Cuiabá.

Sobre o filme
A ex-guerrilhera Ana (Simone Spoladore), ícone do movimento de esquerda, é o último elo entre um grupo de amigos que resistiu à ditadura militar no Brasil. Com a iminente morte da amiga, eles se reencontram na sala de espera de um hospital. Entre eles está Irene (Irene Ravache), uma diretora de cinema que sente-se perdida diante da morte da amiga e que precisa ainda lidar com a inesperada prisão de Paolo (Franco Nero), seu marido, acusado de ter matado duas pessoas em um atentado terrorista ocorrido décadas atrás na Itália.

O roteiro foi buscar na realidade a personagem Ana. Seu perfil é inspirado em Vera Sílvia Magalhães (1948 - 2007), amiga da cineasta Lúcia Murat, cujas ações ousadas desnortearam durante anos as forças do regime militar. Vera foi a única mulher no grupo que sequestrou o embaixador americano Charles Burke Elbrick para obter a libertação de presos políticos. Capturada pelo regime, foi torturada e, posteriormente, teve que lidar com as múltiplas sequelas da violência de que foi vítima.

Homenageada da 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul (atração no Cine Sesc Arsenal na semana passada), a carioca Lúcia Murat é uma das poucas cineastas brasileiras que estiveram profundamente envolvidas com os movimentos políticos de resistência ao golpe. Presa em 1971, levou suas experiências com a tortura e o encarceramento para as telas na carreira que viria a desenvolver após o fim da ditadura, em filmes como Que Bom Te Ver Viva (1989), Quase Dois Irmãos (2004) e Uma longa viagem (2011).



Serviço
O quê: A memória que me contam, de Lúcia Murat
Quando: Terça-feira, 25 de novembro, às 19:00
Classificação indicativa: 16 anos
Entrada Gratuita 

13 de novembro de 2014

SESC CASA DO ARTESÃO E ARSENAL RECEBEM CERTIFICADOS DE EXCELÊNCIA 2014 DO TRIPADVISOR

Sesc Arsenal
Sesc Casa do Artesão
 O Sesc Casa do Artesão e Arsenal receberam este ano o Certificado de Excelência do TripAdvisor®. Esse reconhecimento é dado apenas aos estabelecimentos de alto nível ao redor do mundo com perfis no site e que recebem constantemente as melhores avaliações dos viajantes.
Para selecionar os premiados com o Certificado de Excelência, o TripAdvisor usa um algoritmo proprietário que leva em conta as pontuações das avaliações. Os estabelecimentos devem manter uma pontuação geral mínima de quatro a cinco círculos no TripAdvisor, assim como o volume e a recenticidade das avaliações, além de um ranking de popularidade e tempo em atividade do estabelecimento.

“O TripAdvisor tem o prazer de homenagear esses estabelecimentos”, disse Marc Charron, presidente do TripAdvisor for Business. “O Certificado de Excelência proporciona o reconhecimento merecido, com base nas opiniões das pessoas mais importantes: os clientes. Da Austrália ao Zimbábue, queremos homenagear aqueles que se destacam no setor de turismo e hotelaria por oferecer aos viajantes do TripAdvisor um excelente atendimento.”

“Os certificados de excelência são mais um reconhecimento público ao trabalho do Sesc, que sempre busca oferecer uma programação cultural de alto nível com atendimento de qualidade para a população da grande Cuiabá e para os turistas”, destaca Flavia Chaves Fehlberg, diretora de Programas Sociais do Sesc Mato Grosso.

Sesc Arsenal
A unidade, inaugurada em 2002, situa-se onde foi criado o Real Trem de Guerra, em 1818, e posteriormente o Arsenal de Guerra, em 1931.

Atualmente a unidade conta diversos espaços como Choperia, Cinema, Galeria de Artes, Teatro e Biblioteca, sendo considerado um dos melhores centros culturais do Centro-Oeste. Além de estimular a divulgação das artes mato-grossenses, o Arsenal recebe também projetos nacionais como o Sonora Brasil, que privilegia a circulação de música de qualidade de todo país, bem como o Palco Giratório, com espetáculos de renome nacional das mais diversas artes.

Sesc Casa do Artesão
A Unidade Sesc Casa do Artesão é um espaço, criado em 15 de maio de 1975, para abrigar e difundir o universo da produção artesanal mato-grossense. Um lugar que reúne, além da diversidade cultural, a história do Estado, pois ocupa o edifício do antigo Grupo Escolar Senador Azeredo.

Desde 2004, o espaço está sob a guarda do Sesc Mato Grosso, que busca difundir uma variada gama de produtos confeccionados por habilidosos artesãos dos quatro cantos do estado, seja no manuseio da tecelagem, cerâmica, culinária, madeira ou arte indígena.

TripAdvisor®
TripAdvisor® é o maior site de viagens do mundo e ajuda turistas a planejarem a viagem perfeita. O TripAdvisor traz dicas confiáveis de viajantes reais e inúmeros recursos de planejamento, além de contar com links para as ferramentas de reserva. Os sites do TripAdvisor juntos formam a maior comunidade de viagens do mundo, com aproximadamente 260 milhões de visitantes por mês em 2014 e 150 milhões de avaliações e opiniões, cobrindo mais de 4 milhões de acomodações, restaurantes e atrações. Os sites operam em 39 países em todo o mundo.

11 de novembro de 2014

Sesc Mato Grosso contrata professores e instrutores

O Sesc Mato Grosso está com processo seletivo aberto para contratação de professores e instrutores para unidades em Alta Floresta, Cuiabá, Poxoréu e, Rondonópolis. Ao todo são 13 vagas. O salário para instrutores de Educação Física é de R$ 2.358,36. Já o valor pago para cada hora/aula para professores do Ensino Infantil, Ensino Fundamental e Ensino de Jovens e Adultos (EJA) varia de R$ 14,78 a R$ 16,44.

Além do salário, o Sesc oferece plano de saúde para os empregados e seus dependentes legais e auxílio alimentação, conforme previsto em acordo coletivo.

As inscrições para o processo seletivo são presenciais e podem ser feitas até às 17h da próxima sexta-feira (14/11). Em Cuiabá, a inscrição deve ser feita na Administração do Sesc Mato Grosso, na Rua São Joaquim, 399 - Centro Sul. Em Alta Floresta, Poxoréu e Rondonópolis, a inscrição é feita na unidade do Sesc.

O candidato poderá preencher a ficha no momento da inscrição ou, se preferir, poderá imprimir a ficha que está no edital do processo seletivo, disponível no site do Sesc Mato Grosso (www.sescmatogrosso.com.br).

10 de novembro de 2014

“Hoje” é atração no Imagens em Pauta

Filme conta a história de ex-militante política enfrentando questões do passado

Assessoria - Vera, ex-militante política, recebe indenização do governo brasileiro pelo desaparecimento do marido durante a ditadura militar e pode comprar o tão sonhado apartamento. Enquanto organiza a mobília no novo lar, Vera é surpreendida por um inesperado reencontro em “Hoje” (2011, 83 minutos), de Tata Amaral, atração dessa terça-feira, 11 de novembro, às 19:00, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 10 anos.

O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Entre o documentário e a ficção, os filmes que compõem o ciclo “Rastros da Ditadura” permitem ao espectador conhecer personagens que se deparam com vestígios e memórias de situações traumáticas vivenciadas durante os anos da ditadura militar no Brasil (1964 a 1985) e que reverberam no presente. O ciclo, realizado durante o mês de novembro, encerra a programação do Imagens em Pauta em 2014.

Sobre o filme

Inspirado no livro “Prova Contrária”, de Fernando Bonassi, o filme mostra a história de Vera (Denise Fraga) ex-militante política que recebe indenização do governo brasileiro pelo desaparecimento do marido, vítima da repressão desencadeada pela ditadura militar brasileira. Com o dinheiro, ela pode comprar o tão sonhado apartamento próprio e libertar-se da condição de suspensão em que viveu durante décadas, período em que não era sequer reconhecida oficialmente como viúva. Mas, no momento da mudança para o novo lar, Vera é surpreendida por um inesperado reencontro.

O filme foi rodado em um apartamento durante três semanas e teve sua cópia finalizada na Itália. “O desafio é tornar o espaço fechado interessante a cada momento e permitir ao espectador ir descobrindo esse ambiente. Por conta disso, o apartamento acaba se tornando um personagem”, disse Tata Amaral, em uma entrevista ao site Time Out. A respeito da história, ela afirma. “A tese do filme é que o nosso passado, por mais que a gente queira esconder embaixo do tapete, continua atuando.”

Tata Amaral nasceu em São Paulo em 19 de setembro de 1960. É considerada uma das mais importantes realizadoras do cinema brasileiro a partir da década de 1990. Além de “Hoje”, dirigiu “Um céu de estrelas” (1996), “Através da janela” (2000) e “Antonia – O filme” (2006)

Próximo filme: “A memória que me contam”, de Lucia Murat

Na próxima terça, 18 de novembro, o Imagens em Pauta encerra a temporada 2014 com a exibição de “A memória que me contam” (Lúcia Murat, 2012, 100 minutos), com Simone Spoladore e Irene Ravache.

Sobre o Sesc Arsenal

O Sesc Arsenal é um centro cultural que conta com espaços como Biblioteca, Banco de Textos de Artes Cênicas, Teatro, Centro de Difusão e Realização Musical, Galeria de Arte e Choperia.

A programação do “Imagens em Pauta” é gratuita e direcionada aos curiosos e interessados em cinema. Endereço: Rua Treze de Junho, s/nº, bairro Porto (amplo e seguro estacionamento com entrada pela rua lateral). Atenção: o estacionamento do Sesc Arsenal é gratuito para pessoas que participam das atividades culturais e recreativas da unidade (incluindo Choperia e Bulixo). É preciso carimbar o ticket de estacionamento para isentar o pagamento da taxa.


Serviço
O quê: Hoje, de Tata Amaral
Quando: Terça-feira, 11 de novembro, às 19:00
Onde: Cine Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 10 anos
Entrada Gratuita 

7 de novembro de 2014

9ª MOSTRA CINEMA E DIREITOS HUMANOS NO HEMISFÉRIO SUL

Em Cuiabá, as sessões acontecem gratuitamente dia 18 a 23 de novembro, no CineSesc Arsenal 

Assessoria - Inspirada nos 50 anos do golpe civil-militar, a 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul será realizada de 3 de novembro a 20 de dezembro nas 26 capitais eno Distrito Federal, e em 1.000 pontos culturais fora das capitais urbanas entre janeiro e março de 2015. O evento traz também outros debates acerca dos direitos humanos, com filmes que abordam temas como população LGBT e enfrentamento da homofobia, questões culturais e territoriais da população indígena, direitos da pessoa com deficiência, entre outros. As sessões serão: “Mostra Competitiva”, “Mostra Memória e Verdade”, “Mostra Homenagem Lúcia Murat” e “Sessão Inventar com a Diferença”.

Veja a programação completa dos filmes aqui

Com entrada franca, a 9ª Mostra exibe ao todo 41 filmes, todos com sistema closedcaption e sessões que incluem audiodescrição, voltadas para pessoas com deficiência visual. A realização é da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em parceria com o Ministério da Cultura (MinC) e a Universidade Federal Fluminense (UFF), com o apoio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e Fundação Euclides da Cunha, alémdo patrocínio da Petrobras e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
A “Mostra Memória e Verdade” é uma das exibições voltadas ao golpe de 1964, abordando questões sobre a ditadura e os contornos políticos do período. Os documentários “Setenta” (2013), de Emilia Silveira Brasil, e “Cabra Marcado para Morrer” (1984), de Eduardo Coutinho, estão entre as escolhas da curadoria. Clique aqui e veja a programação completa.

A homenageada da 9ª edição do evento, a cineasta carioca Lúcia Murat, também segue o debate em torno dos anos de chumbo com um pequeno panorama de sua produção cinematográfica incluída na “Homenagem Lúcia Murat”.A convidada esteve envolvida com os movimentos políticos de resistência ao golpe, foi presa em 1971, e levou suas experiências para as telas do cinema com o fim da ditadura, após 1985. “O Brasil é uma marca constante na carreira de Lúcia Murat. Visto pela ótica estrangeira, dissecado em sua História remota ou contemporânea, nosso país vem ganhando um retrato complexo, amoroso e doloroso nos filmes de uma cineasta que é mais do que merecedora desta homenagem”, opina Rafael de Luna Freire, coordenador da mostra.

A novidade que o evento traz em 2014 são filmes produzidos não só na América do Sul, como nos outros anos, mas também em países do Hemisfério Sul, como Egito e Jordânia. A “Mostra Competitiva”com 24 longas, médias e curtas-metragens, em que as plateias elegem os melhores filmes através de votação popular, é destaque na programação, assim como a “Sessão Inventar com a Diferença”.Esta sessão exibe filmes-carta produzidos por alunos de escolas públicas do país que participaram do projeto “Inventar com a Diferença”, que levou cinema e direitos humanos para cerca de 300 escolas no primeiro semestre de 2014. O documentário “Pelas Janelas”, produzido por alunos da UFF a respeito do Inventar, também ganhará primeira projeção pública na sessão.

 “Compreendendo que, para avançar na realização progressiva dos Direitos Humanos, é necessário aprofundar o debate.Esperamos que esta mostra contribua para a construção de uma cultura de respeito e valorização das diferenças”, aposta Ideli Salvatti, ministra da SDH/PR.

Serviço:
Cuiabá – MT - 18 a 23 de novembro
Local:CineSesc Arsenal - R. 13 de Junho, s/no - Porto- (65) 3616.6901
Facebook Cuiabá: www.facebook.com/pages/Mostra-Cinema-e-Direitos-Humanos-na-América-do-Sul-Cuiabá-Mato-Grosso/1437899749765170
Site: www.mostracinemaedireitoshumanos.sdh.gov.br/
Facebook Nacional: www.facebook.com/mostracinemaedireitoshumanos?fref=ts
Entrada Franca


3 de novembro de 2014

“Diário de uma busca” é atração no Imagens em Pauta

Ciclo “Rastros da Ditadura” expõe vidas afetadas pelo regime militar

Assessoria - A investigação sobre a morte mal esclarecida do pai conduz a filha cineasta a um reencontro com o passado da militância de esquerda no Brasil em “Diário de uma busca” (2010, 105 minutos), de Flávia Castro, atração dessa terça-feira, 04 de novembro, às 19:00, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 10 anos.

O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Entre o documentário e a ficção, os filmes que compõem o ciclo “Rastros da Ditadura” permitem ao espectador conhecer personagens que se deparam com vestígios e memórias de situações traumáticas vivenciadas durante os anos da ditadura militar no Brasil (1964 a 1985) e que reverberam no presente. O ciclo, realizado durante o mês de novembro, encerra a programação do Imagens em Pauta em 2014.

Sobre o filme
Outubro, 1984. Celso Castro, jornalista com uma longa história de militância de esquerda, é encontrado morto no apartamento de um suposto ex-oficial nazista, onde entrou à força. A polícia sustenta que se trata de um suicídio. O episódio, digno de um filme de suspense, é o ponto de partida de Flávia, filha de Celso e diretora do filme.

Trata-se de uma viagem no tempo e na geografia: a diretora volta a Porto Alegre, Santiago, Buenos Aires, Caracas e Paris, cenários do exílio familiar, da ilusão e do fracasso de um projeto político. O resultado é um documentário poderoso e comovente que combina a intriga policial, os testemunhos de familiares e companheiros e o relato na primeira pessoa de uma infância vivida entre o exílio e a luta armada. As vozes imbricadas de Celso (de suas cartas) e de sua filha constroem um retrato íntimo de uma relação atravessada pela história recente do país.


Flávia Castro lê para a irmã Maria carta do pai

Como disse Eduardo Escorel, na Revista Piauí, “Diário de uma Busca pertence à categoria de documentários singulares que ninguém mais poderia fazer, a não ser seus próprios realizadores – narrados na primeira pessoa, tratam de experiências particulares, protegidas da observação pública. Revelando a força necessária para ir em busca dos seus anos de formação, Flavia revolve afetos e conflitos atiçando a memória de parentes, amigos, jornalistas e policiais”.

Flavia nasceu no Brasil, mas teve uma infância migrante em função do engajamento dos pais, integrantes do POC (Partido Operário Comunista), que mais tarde evoluiu para a luta armada. Do Rio Grande do Sul, a família passou pelo Chile, Argentina e nos anos 1970 fugiu para a França. Com a anistia, a então garota passou um breve período no Rio de Janeiro, quando fez o figurino de "Luzia Homem" (87), de Fábio Barreto, mas logo voltou para Paris, onde cursou faculdade de cinema e passou a trabalhar com documentaristas importantes, como o suíço Richard Dindo (“Diário de Che na Bolívia”) e Philippe Grandrieux. A inspiração para "Diário de uma Busca" surgiu em 2000, época em que a diretora voltou a morar no Brasil.


Serviço
O quê: Diário de uma busca, de Flávia Castro
Quando: Terça-feira, 04 de novembro, às 19:00
Onde: Cine Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 10 anos
Entrada Gratuita 

30 de outubro de 2014

CURSO DE ESCRITA LITERÁRIA

Nos dias 08 e 09 de Novembro o Sesc Arsenal traz o curso Escrita Criativa: Literatura e Outras Linguagens, Com Carlos Henrique Schroeder.


A proposta do curso, que é gratuito, é ser um laboratório de autoria diferente, que dialoga com os quadrinhos, as artes visuais, a fotografia, teatro, dança e o cinema. A partir da discussão desses temas, de textos literários elaborados pelos participantes e exercícios para o aprimoramento de técnicas estilísticas, espera-se desbloquear as dificuldades de expressão dos participantes, permitindo um maior apuro na escrita
Carlos Henrique Schroeder é autor dos romances “Ensaio do vazio” (7Letras), adaptado para os quadrinhos, e “A rosa verde” (Editora da Ufsc), adaptado para o teatro, e do recém-lançado “As fantasias eletivas” (Record), dentre outros. Sua coletânea de contos “As certezas e as palavras” venceu o Prêmio Clarice Lispector 2010, da Fundação Biblioteca Nacional. Tem contos traduzidos para o alemão, espanhol e islandês. Coordena a e-coleção Formas breves, o Festival Nacional do Conto e é editor da Revista Pessoa – Revista de Literatura Lusófona.

08 e 09/11 das 9h às 21h
Laboratório da Palavra - Gratuito
Informações: (65) 3616-6922

13 de outubro de 2014

Polêmico, “Azul é a Cor Mais Quente” é exibido no Cine Sesc

Ao cruzar na rua com Emma, bela moça de cabelos azuis, a adolescente Adèle irá se deparar com desejos novos que farão sua vida mudar radicalmente. Esse é o mote de “Azul é a cor mais quente” (La Vie d'Adèle, 2013, 180 minutos), de Abdellatif Kechiche, atração dessa terça-feira, 14 de outubro, às 19:00, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 18 anos.

O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Em outubro o “Imagens em Pauta” exibe três filmes recentes reunidos sob a temática “Paixões e Intensidades”. Neles, conheceremos personagens que, ao se apaixonar, deparam-se com intensidades ainda não experimentadas. Entre a adolescência, juventude e idade adulta, essas paixões revelam maneiras de amar e impulsionam tais personagens a lidar consigo próprios e com o outro, a superar adversidades e amadurecer.

Sobre o filme
“Azul é a cor mais quente” mostra o cotidiano de Adèle (Adèle Exarchopoulos), adolescente francesa que cursa o ensino médio e que, como é próprio à idade, começa a descobrir e vivenciar sua sexualidade. Depois de um rápido envolvimento com um estudante mais velho, Adèle cruza na rua, por acaso, com Emma (Léa Seydux), uma jovem artista plástica que é assumidamente gay. Irresistivelmente atraída por Emma, Adèle fará o possível para estar cada vez mais perto da moça de cabelos azuis. Parte da trama de "Azul" é baseada na história em quadrinhos homônima de Julie Maroh, embora também tenha como inspiração o livro "A Vida de Marianne", de Pierre de Marivaux.

“O que há de fascinante neste Azul-Kechiche é a veemência com que o autor, mais uma vez, afirma sua modéstia diante de suas personagens, como lhes permite, e ao mundo que habitam, se manifestarem na tela e irradiarem no espírito dos espectadores. "Azul..." é o filme que mais se destaca neste ano tão fraco, de 2013. Mesmo que fosse um ano forte, seria, ainda assim, um filme especial: desses cujas imagens, aparentemente tão simples, chegam a nossos olhos, encantam, não se deixam esquecer” (Inácio Araújo. Folha de São Paulo, 06/12/2013).

Colecionando polêmicas antes mesmo de ser lançado, “Azul” foi o filme-sensação no Festival de Cannes de 2013, tendo recebido o Prêmio Fipresci (concedido pela crítica internacional) e a Palma de Ouro, que pela primeira vez na história do festival, foi concedido não apenas ao cineasta Abdellatif Kechiche, mas também às protagonistas do filme, Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux.

Sobre a Palma de Ouro para ‘Azul’, Gilles Jacob, presidente do Festival de Cannes, comentou: "O júri desejava entregar o prêmio de interpretação ex æquo [igualmente] para Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux, além da Palma de Ouro para o filme. O regimento não permite. O júri então decidiu associar oficialmente as duas atrizes à Palma".  Durante a premiação a única Palma de Ouro disponível foi entregue ao diretor do longa. As atrizes receberam o troféu em cerimônia informal realizada em 4 de fevereiro de 2014.

Abdellatif Kechiche nasceu em 07 de dezembro de 1960, em Tunis, na Tunísia. É também ator e roteirista. Fez sua estréia como diretor em 2000 com “A culpa é de Voltaire”. Em 2012, o “Imagens em Pauta” exibiu “À Esquiva”, filme de Kechiche realizado em 2004 e premiado com o César de melhor filme.

Próximo filme: “Tatuagem”
Na terça-feira, 21 de outubro,o “Imagens em Pauta” encerra o Ciclo “Paixões e Intensidades”, com a exibição “Tatuagem” (Brasil, 2013), de Hilton Lacerda.

Serviço
O quê: Azul é a Cor Mais Quente
Direção: Abdellatif Kechiche
Quando: Terça-feira, 14 de outubro, às 19:00
Onde: Cinema Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 18 anos
Entrada Gratuita

6 de outubro de 2014

“Paixões e Intensidades” no Imagens em Pauta

 “Adeus, Primeiro Amor” narra amadurecimento sentimental de jovem francesa

Assessoria - Aos quinze anos, Camille descobre o amor com Sullivan. Ele parte em uma viagem e ela fica desolada. Quando Camille supera a ausência do primeiro namorado e se apaixona por outra pessoa, Sullivan reaparece. Este é o mote de “Adeus, Primeiro Amor” (Un amour de jeunesse, 2011, 110 minutos), de Mia Hansen-Løve, atração dessa terça-feira, 07 de outubro, às 19:00, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 14 anos.          

O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Em outubro o “Imagens em Pauta” exibe três filmes recentes reunidos sob a temática “Paixões e Intensidades”. Neles, conheceremos personagens que, ao se apaixonar, deparam-se com intensidades ainda não experimentadas. Entre a adolescência, juventude e idade adulta, essas paixões revelam maneiras de amar e impulsionam tais personagens a lidar consigo próprios e com o outro, a superar adversidades e amadurecer.

Sobre o filme
Aos quinze anos, Camille (Lola Créton) descobre o amor com Sullivan (Sebastian Urzendowsky). Sentindo-se um estranho em Paris, Sulivan resolve fazer uma viagem pela América do Sul, deixando a namorada para trás. Para Camille, não ter o garoto que ama ao lado é uma grande tragédia e ela sobrevive por meio das cartas que recebe. Até que ele para de escrever. Lentamente, Camille aprende a dar continuidade à sua vida e se apaixona novamente. Mas Sullivan reaparece.

“É esse jogo de sutilezas que Mia Hansen-Love desenvolve: algo não distante do que de melhor o cinema francês tem criado; situações pelas quais qualquer um pode passar (ou passou), tão triviais às vezes que o autor do filme pode parecer num primeiro momento alguém simplório. Não é bem isso. Esse tipo de cineasta é o que cerca a vida a partir de um aspecto mais realista. Sua desenvoltura se encontra na capacidade de buscar, no banal, algo de precioso, porque comum a muitas existências.” (Inácio Araújo. Folha de São Paulo. 20/12/2011)

O filme é dirigido pela francesa Mia Hansen-Løve, que ingressou no cinema aos dezoito anos, quando o cineasta Olivier Assayas a escolheu para atuar em “Fin août, début septembre” (1998). A colaboração artística entre Hansen-Løve  e Assayas tornou-se uma união na vida real. Em 2001, Hansen-Love começou a estudar no Conservatório Municipal de Artes Dramáticas em Paris, mas desistiu e passsou a contribuir na famosa revista "Les Cahiers du Cinéma", onde Olivier Assayas também escreveu.

Também em 2001, ela tentou a sorte como diretora e, a partir do primeiro dia de filmagem, descobriu que era isso que queria fazer. O resultado foi o curta-metragem “Après reflexão mûre” (2004).  Desde então,  dirigiu três longas-metragens: “Tudo Perdoado” (2007), “O Pai das minhas filhas” (2009) e “Adeus, primeiro amor” (2011), todos aclamados pela crítica, tanto por seu estilo seguro quanto por sua mise-en-scène consistente.

Próximo filme: “Azul é a cor mais quente”
Na próxima semana, o “Imagens em Pauta” continua o Ciclo “Paixões e Intensidades”, com a exibição do premiado “Azul é a cor mais quente” (França, 2013), de Abdellatif Kechiche. Não perca! Se você deseja ser avisado sobre as exibições do projeto envie um email para imagensempauta@gmail.com com a informação “Cadastrar e-mail”. Para outras informações, siga o “Imagens em Pauta” no Twitter: @ImagensEmPauta.

Serviço
O quê: Adeus, primeiro amor
Direção: Mia Hansen-Løve
Quando: Terça-feira, 07 de outubro, às 19:00
Onde: Cine Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 14 anos
Entrada Gratuita

25 de setembro de 2014

ISPIA NA RUA TERMINA NESTE DOMINGO (28/09)

Ispia aí, que o Ispia na Rua já está em sua reta final...

Só faltam mais quatro espetáculos, o próximo é hohe no finzinho da tarde na praça Alencastro

25/09 às 17h - Praça Alencastro
POÉTICAS URBANAS, COM A ANDAIME CIA DE TEATRO (DF)
Poesias transformadas em cenas ocupam as ruas, estraçalhadas no concreto.
Mulheres passageiras de um inferno particular. Tudo é romance

---------------------------------------------------------------------------

26/09 às 20h - Feira Jardim Vitória 
VOADEIRA NO CIRCO, COM TEATRO DE BRINQUEDO (MT)
Após a morte de Malafaias, Narcisa herdou de seu marido o circo de bonecos, que sempre sustentou e motivou a vida do casal. O que ela não percebe é que Malafaias se foi e deu vida aos três bonecos que animavam o circo: Brutus, Fiorella e Pedrinho. Assim como na vida real, os bonecos aprendem a amar e odiar. Quando a dona do circo descobre, já será tarde demais.

---------------------------------------------------------------------------

27/09 às 21h - Casa de Cultura Silva Freire
ESPETÁCULO ALABÊ ÔNI (RS)
O repertório é composto por maçambiques, quicumbis, alujás e candombes, manifestações da cultura negra gaúcha ligadas à tradição religiosa e profana. O grupo gaúcho é formado por quatro músicos pesquisadores que se dedicam à recuperação da história do tambor de sopapo —O grande Tambor. O grupo é formado por Richard Serraria, Mimmo Ferreira, Walter “Pingo” Ferreira e Kako Xavier.

---------------------------------------------------------------------------

28/09 às 16h – Parque Mãe Bonifácia
LOCOMOTIVA DE HISTÓRIAS, COM CIA THEREZA E JOÃO (MT) 
Os maquinistas da Cia Thereza João dão voz aos personagens de três histórias do universo infantil. Um reizinho, que após a morte do seu pai, um rei bonzinho e velhinho, não ouve ninguém e só quer saber de mandar os súditos calarem a boca. Um sapo muito esperto que, ao ser ameaçado por dois baderneiros, desenvolve um enorme medo d’água. E para completar, o menino Henriquinho se entristece com a morte de sua tartaruguinha e somente uma proposta do pai o faz brilhar os olhos: arrumar um “grande funeral” para o bichinho com direito a balas, bombons e velinhas.

23 de setembro de 2014

“Dirigindo no Escuro”, de Woody Allen, no Cine Sesc Arsenal


Cineasta em crise recebe oportunidade para dirigir filme de grande orçamento e, na noite anterior ao início das filmagens, fica cego. Esse é o mote de “Dirigindo no escuro” (Hollywood Ending, 2002, 112 minutos), de Woody Allen, atração dessa terça-feira, 23/09, às 19h, no Cinema do Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 14 anos.
       
O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Woody Allen é o nome artístico de Allan Stewart Konigsberg, nascido no Brooklyn, Nova York, em 1935. Em um universo calcado em diversas referências, dos clássicos hollywoodianos dos anos 1940, da identificação com a comédia rasgada dos filmes de Bob Hope e dos Irmãos Marx, da descoberta - na juventude - da comédia stand up de Mort Sahl e de uma grande admiração pelo cinema europeu - principalmente os filmes de Ingmar Bergman -, o trabalhador Woody Allen (são mais de quarenta filmes entre as funções de diretor, roteirista e ator) traçou um caminho que já há bastante tempo o consolidou como dos expoentes do cinema mundial.

O cineasta fez de seu auter-ego neurótico e engraçado o centro de um mundo familiar a seus fãs. Em seus filmes, um final feliz pode surgir carregado de melancolia e os dramas enfrentados pelos personagens muitas vezes permitem ao espectador rir diante dos absurdos da vida.

Sobre o filme

Um diretor famoso (Woody Allen), mas com problemas para arrumar trabalho, acaba tendo uma nova chance quando é escolhido para dirigir uma refilmagem milionária. Quando as filmagens vão iniciar, ele fica cego, e tentará esconder a situação para não perder seu emprego, com a ajuda de seu agente e de sua ex-esposa (Téa Leoni), por quem ainda está apaixonado.

“Dirigindo no escuro” é uma comédia hilária de Allen, com diálogos rápidos e inteligentes que são a marca do diretor. Neste, Woody alfineta, com muita ironia, a insipidez do cinema hollywoodiano da atualidade.

Próximo Filme
Na próxima semana, encerrando o Ciclo Woody Allen, exibiremos “O escorpião de Jade” (2001, 103 minutos).


A programação do “Imagens em Pauta” é gratuita e direcionada aos curiosos e interessados em cinema. Endereço: Rua Treze de Junho, s/nº, bairro Porto (amplo e seguro estacionamento com entrada pela rua lateral). Atenção: o estacionamento do Sesc Arsenal é gratuito para pessoas que participam das atividades culturais e recreativas da unidade (incluindo Choperia e Bulixo). É preciso carimbar o ticket de estacionamento para isentar o pagamento da taxa.



Serviço
O quê: Dirigindo no escuro
Direção: Woody Allen
Quando: Terça-feira, 23 de setembro, às 19h
Onde: Cine Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 14 anos
Entrada Gratuita

19 de setembro de 2014

SEMANA MOVE BRASIL PROMOVE ATIVIDADES ESPORTIVAS E FÍSICAS EM TODO PAÍS

Instituições parceiras da campanha preparam diversas ações em 153 municípios na última semana de setembro

Entre os dias 21 e 28 de setembro, será realizada a principal ação em âmbito nacional da campanha MOVE Brasil: a Semana MOVE Brasil 2014. Serão diversas atrações programadas pelas 26 instituições Movedoras em todo o país para incentivar a prática regular de esportes e atividades físicas, além de possibilitar que as pessoas encontrem a modalidade com a qual mais se identificam.

A abertura oficial do evento será no dia 21, com o Flash MOVE Brasil. Trata-se de um evento coletivo, programado para ocorrer simultaneamente em diversas cidades pelo País. A intenção é fazer uma rápida mobilização de pessoas, nos locais programados, para a realização de uma performance espontânea de danças populares do Brasil. O Flash MOVE Brasil acontecerá em locais como a Praça Roosevelt, em São Paulo; o Monumento Marco Zero do Equador, no Amapá; o Shopping São Luís, no Maranhão; entre outros.

O MOVE Brasil é uma campanha para promover a prática de esportes e atividades físicas e aumentar o número de brasileiros ativos até 2016. Criado em 2012, é resultado da colaboração de instituições, empresas e pessoas e tem o intuito de ser um diferencial entre outras ações do gênero. Trata-se de uma iniciativa aberta a todos, de ação permanente, com engajamento simples e objetivo de formar uma rede de parceiros para difundir sua mensagem.

Em Mato Grosso haverá dois eventos. No Sesc Porto, em Cuiabá, acontece o Hidrofest no próximo sábado (27/09), evento aberto a comunidade com o objetivo de promover momentos de socialização entre os clientes do Sesc e seus convidados. Já em Rondonópolis acontece o 10 Horas Sesc em Movimento nos dias 27 e 28 de setembro, quando haverá aulas de diversas modalidades como o triathlon indoor, hidrogrinástica, handebol, futebol society entre outros.

Os colaboradores do MOVE Brasil são denominados Movedores. Identificados com a causa, os parceiros desempenham um papel de suma importância no desenvolvimento da campanha e no alcance de suas metas ao promoverem a prática de esportes e atividades físicas em variados espaços de diversas cidades brasileiras.
Atualmente, o MOVE Brasil tem os seguintes Movedores: Serviço Social do Comércio (Sesc), Ministério do Esporte, Ministério da Saúde, Associação Cristã de Moços (ACM/YMCA), Atletas pelo Brasil, Associação Internacional de Esporte e Cultura (ISCA), Autoridade Pública Olímpica (APO), Fitness Brasil, VO2 PRO, Qualité Eventos, R4H Assessoria Esportiva, Movimenta Pará, Ginástica Brasil, Abrapefe, Corra com a Guarda (GCM de São Paulo), ABR Dance Moves, Movimental Pilates, Instituto DBike Brasil, CEV (Centro Esportivo Virtual), Lar de Maria, ACADEBio (Academia Nacional da Biodiversidade), HealthUnlocked, Juntos com Você, Shanti Shala,  ACAD (Associação Brasileira de Academias) e Confef (Conselho Federal de Educação Física).

Para se tornar um Movedor, os interessados (instituição pública, privada ou pessoa física) devem cumprir três passos: identificar-se com a causa e divulgá-la publicamente, assumir compromissos e participar ativamente da Semana MOVE Brasil. A Secretaria Executiva MOVE Brasil é mantida pelo Sesc. Por ter abrangência nacional e vasta experiência em campanhas de “Esportes para Todos”, o compromisso ficou a cargo da instituição.

MUSICAL CENA URBANA É ATRAÇÃO DO OVERDOSE NO SESC ARSENAL

B-boys, B-girls, DJ, grafiteiros e atores ocupam o Jardim do Sesc durante 30 frenéticos minutos para levar a favela a um dos principais espaços culturais da cidade. A apresentação será às 22 horas e a entrada é gratuita

Assessoria - Nos últimos meses, Luciene Carvalho tem descoberto que sua poesia transpõe o tom e o protocolo da declamação. Os versos que testemunham a cidade, interligam cenários cuiabanos e dão vida a personagens que habitam seu imaginário possuem uma métrica similar ao de um rap. A descoberta se deu há poucos meses, quando se lançou em uma incursão pelo movimento hip hop. O resultado é o musical “Cena Urbana” que integra a programação do Overdoze do Arsenal. B-boys, B-girls, DJ, grafiteiros e atores ocupam o Jardim do Sesc durante 30 frenéticos minutos para levar a favela a um dos principais espaços culturais da cidade. A apresentação será às 22 horas, neste sábado (20) e a entrada é gratuita.

  “Foi em uma incursão pelo mundo invisível, o da periferia, que pude entender que a minha identidade artística sempre esteve em consonância com este meio. No rap, minha arte é o P, de poetry [do inglês, rhythm and poetry]. Tinha a poesia, agora tem a rima”.

De acordo com a poetisa, tal qual o grafite, que transpõe todo o conceito de arte visual e ganha notabilidade nas ruas e o MC que não fez canto coral e o DJ que não teve aulas de música, da mesma forma, o dom de poeta e escritora não foi moldado na escola. “A minha espontaneidade e meu autodidatismo não vieram com o diploma, minha identidade artística é de favela, moldada na urbanidade. É como um processo de quilombolização do negro que se liberta, mas que chega a outras raças, não é só do negro. Foi assim que me peguei investigando o que era ser cuiabano na contemporaneidade”.

Foi então que repassou seus poemas e a partir de um em particular, delineou o espetáculo que estréia nesta sexta-feira. “Relembrei de Cuiabaninha, do livro Teia, e constatei que estive o tempo todo fazendo rap. E agora, para completar, encontrei meus pares”, se emociona.

 Luciene explica que o espetáculo narra o cotidiano de uma comunidade da periferia que conta com um canal de comunicação, um programa de rádio que dialoga todo o tempo com a comunidade. E durante o programa, por vezes é anunciado que todos estão à espera da poetisa Luciene Carvalho no local. Durante 30 minutos, uma verdadeira festa com dança, grafite e música anuncia sua chegada.

 “A atriz Eloah Pimenta testemunha seu conhecimento deste universo urbano, e aí, começa a agitação do crew de nove bailarinos, com meninos e meninas que têm um domínio corporal incrível. O DJ Fábio Draw é o responsável pela trilha sonora, enquanto Mano Raul é o locutor do programa inspirado no Fábrica do Rap, da Rádio CPA e o dançarino Peixinho de VG ajudaram na construção do musical. Tem ainda o grafiteiro Snarf e a nossa produtora, Viviane Lemes. Todos ligados pela poetisa, pela poesia, pela música”.

 O Cena Urbana é uma das atrações da programação ininterrupta do Overdoze, projeto do Sesc Arsenal que faz parte do Guaná. Espetáculos de dança, teatro e música, além de oficinas, cursos, contação de histórias e exibição de filmes compõem a grade. Todas as atividades são gratuitas e começam neste sábado (20), às 14 horas, no Sesc Arsenal.


Serviço:
Cena Urbana, na programação do Overdoze
Dia 20, às 22 horas, no Jardim do Sesc Arsenal
Entrada gratuita


15 de setembro de 2014

Comédia “Trapaceiros”, de Woody Allen, no Sesc Arsenal

Filme marcou um retorno do diretor às comédias do início de sua carreira

Vigarista aluga loja e a utiliza como fachada para construir um túnel subterrâneo e assaltar banco vizinho em “Trapaceiros” (Small Time Crooks, 2000, 94 minutos), de Woody Allen, atração dessa terça-feira (16/09 às 19h), no cinema do Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 14 anos.
   
O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Woody Allen é o nome artístico de Allan Stewart Konigsberg, nascido no Brooklyn, Nova York, em 1935. Em um universo calcado em diversas referências, dos clássicos hollywoodianos dos anos 1940, da identificação com a comédia rasgada dos filmes de Bob Hope e dos Irmãos Marx, da descoberta - na juventude - da comédia stand up de Mort Sahl e de uma grande admiração pelo cinema europeu - principalmente os filmes de Ingmar Bergman -, o trabalhador Woody Allen (são mais de quarenta filmes entre as funções de diretor, roteirista e ator) traçou um caminho que já há bastante tempo o consolidou como dos expoentes do cinema mundial.

O cineasta fez de seu alter-ego neurótico e engraçado o centro de um mundo familiar a seus fãs. Em seus filmes, um final feliz pode surgir carregado de melancolia e os dramas enfrentados pelos personagens muitas vezes permitem ao espectador rir diante dos absurdos da vida.

 Sobre o filme
Ray (Woody Allen) é um lavador de pratos que tem um grande plano: alugar uma loja ao lado do banco e utilizá-la como fachada para construir um túnel subterrâneo para assaltá-lo. Para tanto, Ray logo consegue ajuda de seus companheiros e de sua esposa Frenchy (Tracey Ullman), que passa a cuidar do funcionamento normal da loja, preparando biscoitos, enquanto os trapaceiros se dedicam à construção do túnel. Entretanto, as vendas dos biscoitos são um sucesso, atraindo a atenção do público e da mídia ao mais novo fenômeno da culinária nova-iorquina.

Próximo Filme
Na próxima terça (23/09 às 19h), a atração do Ciclo Woody Allen é “Dirigindo no Escuro” (2003, 113 minutos).

Serviço
O quê: Trapaceiros
Direção: Woody Allen
Quando: Terça-feira, 16 de setembro, às 19h
Onde: Cine Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 14 anos
Entrada Gratuita 

8 de setembro de 2014

“Celebridades”, de Woody Allen, no Cine Sesc Arsenal

Filme é crítica ácida e bem-humorada à indústria da fama


Assessoria - Após desastroso divórcio, repórter fica inebriado com o universo de fama e glamour de Hollywood em “Celebridades” (Celebrity, 1998, 113 minutos), de Woody Allen, atração dessa terça-feira, 09/09, às 19h, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 16 anos.

O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Woody Allen é o nome artístico de Allan Stewart Konigsberg, nascido no Brooklyn, Nova York, em 1935. Em um universo calcado em diversas referências, dos clássicos hollywoodianos dos anos 1940, da identificação com a comédia rasgada dos filmes de Bob Hope e dos Irmãos Marx, da descoberta - na juventude - da comédia stand up de Mort Sahl e de uma grande admiração pelo cinema europeu - principalmente os filmes de Ingmar Bergman -, o trabalhador Woody Allen (são mais de quarenta filmes entre as funções de diretor, roteirista e ator) traçou um caminho que já há bastante tempo o consolidou como dos expoentes do cinema mundial.

O cineasta fez de seu auter-ego neurótico e engraçado o centro de um mundo familiar a seus fãs. Em seus filmes, um final feliz pode surgir carregado de melancolia e os dramas enfrentados pelos personagens muitas vezes permitem ao espectador rir diante dos absurdos da vida.


Woody Allen

Sobre o filme
Após o divórcio, as vidas de um impaciente escritor e sua inibida ex-esposa decolam de forma inesperada em direções distintas. Enquanto Lee (Kenneth Branagh) explora o lado selvagem de sua liberdade, em meio a festas com supermodelos e encontros amorosos com estrelas de cinema, Robin (Judy Davis) começa uma improvável transformação: de uma neurótica professora escolar para uma sofisticada apresentadora de talk show. Entre os atores do filme estão Leonardo Di Caprio, Charlize Theron, Winona Ryder e Melanie Griffith.


Próximo Filme
Na próxima semana, a atração do Ciclo Woody Allen é “Trapaceiros” (2000, 94 minutos). Não perca! Se você deseja ser avisado sobre as exibições do projeto envie um email para imagensempauta@gmail.com com a informação “Cadastrar e-mail”. Para outras informações, siga o “Imagens em Pauta” no Twitter: @ImagensEmPauta.

Sobre o Sesc Arsenal
O Sesc Arsenal é um centro cultural que conta com espaços como Biblioteca, Banco de Textos de Artes Cênicas, Teatro, Centro de Difusão e Realização Musical, Galeria de Arte e Choperia. Confira as atividades culturais que este centro cultural oferece através do blog www.sesc-mt.blogspot.com ou pelo telefone 3611 0550.

A programação do “Imagens em Pauta” é gratuita e direcionada aos curiosos e interessados em cinema. Endereço: Rua Treze de Junho, s/nº, bairro Porto (amplo e seguro estacionamento com entrada pela rua lateral). Atenção: o estacionamento do Sesc Arsenal é gratuito para pessoas que participam das atividades culturais e recreativas da unidade (incluindo Choperia e Bulixo). É preciso carimbar o ticket de estacionamento para isentar o pagamento da taxa.


Serviço
O quê: Celebridades
Direção: Woody Allen
Quando: Terça-feira, 09 de setembro, às 19:00
Onde: Cine Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 16 anos
Entrada Gratuita

5 de setembro de 2014

GUANÁ - ALDEIA SESC DE ARTE E CULTURA 2014




10 a 20/09 - Sesc Arsenal - Entrada Franca



OFICINA A DRAMATURGIA DA ÁRVORE
Péricles Anarkos
Partindo do princípio que a dramaturgia se aprende na prática, este é um laboratório prático. O nome deste laboratório de dramaturgia é Dramaturgia da Árvore porque vamos fazer a comparação de imagens entre a construção de um texto teatral, com a plantação de uma árvore. A estratégia de nossa prática é criar dúvidas e depois saná-las e não o contrário – ou seja. Não apontar um esquema ou uma fórmula para a partir dela desenvolvermos nossas ideias. Vamos começar?
Inscrições Gratuitas na Administração do Sesc Arsenal das 14h às 21h
09 a 14/09. 3ª a 6ª das 18h30 às 21h30; Sáb e Dom. das 14h às 21h - 14 anos
_______________________________________
10/09 às 20h - Teatro - 14 anos 
SOLAMENTE FRIDA
Garotas Marotas (AC)
Palco Giratório
A proposta da dramaturgia concentra-se nos aspectos humanos dessa personagem real para construir um espetáculo que faça emergir o que pode ultrapassar a condição de mito. O texto destaca aquilo que o público pode se reconhecer: os limites do corpo, a luta pela vida, a entrega às paixões e a mente criadora que enfrenta as adversidades do mundo, em direção à transcendência pela arte. O espetáculo recorta alguns aspectos da vida de Frida, seja em imagens, seja em textos narrativos.
_______________________________________

11/09 às 18h - Jardim - Gratuito - Livre
PRA SUBIR NA VIDA
Palhaço Pipino (DF) 
Pipino é um vendedor que brinca com histórias de trabalho onde dribla os percalços sem contar com o risco do desemprego. Na venda de escadas, através de uma rebuscada mímica com habilidades circenses, precisa enfrentar sua concorrente desleal. 

_______________________________________


11/09 às 19h - Banco de Textos de Artes Cênicas - Gratuito
PENSAMENTO GIRATÓRIO – O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO ESPETÁCULO SOLAMENTE FRIDA
Cia. Garotas Marotas (AC)

_______________________________________

13/09 às 19h - Jardim - Gratuito - Livre
BRINCANDO COM O TEMPO
Rosana Loren (DF)
Mariola é uma menina que, bem como muitas crianças de hoje, tem seu tempo totalmente preenchido com computação, natação, balé, dever de casa, banho, escola, etc. Todas essas atividades acabam deixando Mariola ansiosa para poder fazer o que bem entender com seu tempo. Mas justamente quando chega o dia da folga, brincar com seu patins, simplesmente tornou-se um problema, pois não para de chover !!! 

_______________________________________

13/09  às 20h - Jardim - Gratuito
GRUPO QUILOMBOLA MATA CAVALO
Nsa. Sra. Livramento MT

Único grupo do Estado de Mato Grosso originado em Quilombo, na localidade de Nossa Senhora do Livramento. O grupo Quilombola de Mata Cavalo surgiu em 2004 e os mais de 30 participantes ensaiam  no próprio quilombo localizado a 20 km de Nossa Senhora do Livramento na zona rural do município.  Local de refúgio de negros escravos, hoje o Quilombo de Mata Cavalo representa a força e a coragem dos negros mato-grossenses. A simplicidade das roupas, de ritmo acelerado, o Quilombola de Mata Cavalo tem como característica diferencial a historacidade e a importância do seu nome em momento histórico de Mato Grosso.
Classificação: Livre
_______________________________________


14/09 às 18h30 - Jardim - Gratuito - Livre
DESUTILIDADE POÉTICA
Cia Porrada de Teatro (MT)

Baseado na obra homônima do escritor Manoel de Barros, o cenário é composto por coisas velhas, pelo inútil e pela ruína. São latas, trapos, ciscos, lixo e sucata, um lugar abandonado onde acontece uma espécie de adoração e valorização por esses objetos. Em cena um grandioso ninho serve para abrigar a poesia do poeta e uma espécie de cozinha onde o ator prepara uma maria-isabel e farofa de banana e  que são saboreadas pelo público no final do espetáculo.

_______________________________________

14/09  às 20h - Teatro - Gratuito
CATAVENTO 
 Rodinei Barbosa, Clara Azevedo, Maria Rosa Araújo e Elka Victorino

“Eu quis colocar a minha voz a serviço de Deus, isto é a serviço do homem. Eu
tinha um projeto.” (Milton Nascimento).

Vida, obras, textos, imagens, fotografias e depoimentos do artista Milton Nascimento, foram 
ferramentas para a pesquisa e construção deste experimento. Elementos da forma, como a 
sinuosidade, da qualidade, como a simplicidade, da moral, como o preconceito, entre muitos 
outros, serviram de inspirações para a criação dos gestos e das cenas. Os caminhos dos trilhos 
do trem roteirizaram, temporariamente, a obra, e o vento que sopra pelos quatro cantos, 
direcionaram o projeto poético desse grupo, no percurso criativo de “Catavento”.

Classificação: Livre
_______________________________________

DANÇA
CURSO DE IMPROVISAÇÃO E COMPOSIÇÃO CINEMATOGRÁFICA


Diogo Granato acrescenta à sua pesquisa a chamada composição pictórica e cinematográfica, que trabalha a composição da cena ora como uma tela de pintura, ora como cinema. Isso inclui perspectiva e profundidade, enquadramento, foco, pontos de vista, e assim por diante. Inscrições por e-mail lconceicao@sescmatogrosso.com.br ou por telefone 3616-6911
16 a 20 de Setembro das 14 às 18h 

_______________________________________

LITERATURA
CURSO LER E CONTAR, CONTAR E LER, 
COM FRANCISCO GREGÓRIO DA SILVA FILHO (RJ)

A proposta do curso é promover uma experiência de sensibilização com pessoas de diferentes áreas e interesses para uma prática de ouvir e contar histórias.
Ementa: Ouvir, contar, ler e ver. As narrativas e as diferentes práticas leitoras. O texto, a oralidade, as imagens e as escrituras. A ação, reação e interação dos contadores de histórias e seus públicos. A leitura em voz alta. A relação espacial e o corpo/voz. Dinâmicas de ações dramáticas. Apresentação de filmes de animação.
16 a 20/09 - 3ª a 6ª das 14h às 18h e Sáb. das 13h às 17h - Laboratório da Palavra - Gratuito

_______________________________________


17/09 às 20h - Teatro - Gratuito
ESSES PESSOA
Diamond Crew

Quando você olha pra dentro de si, o que enxerga?
 Enxerga pessoas que ainda podem ser?
Assim como a agilidade e rapidez dos movimentos da dança de rua, e da resposta rápida do corpo do bailarino, tão rápido quanto o próprio desenvolto autor se desdobrava em vários outros contando diversas histórias por meio de outros, personagens e personagens, eu personagem esse personagem. Aqueles que olham pra si identificando outro em nós.

Classificação: 14 anos 
_______________________________________

18/09 às 20h - Teatro - Gratuito
O MENINO E O CÉU
Teatro Faces (MT)

Com medo que seu único amigo, um jumento, morra de sede; o Menino sai em uma grande jornada pelo sertão nordestino em busca de um passarinho que ensinará os dois a voar para que possam pedir as nuvens para voltar a chover. Nessa incrível jornada eles encontram um sapo que não consegue mais pular, um lagarto com mania de perseguição, um urubu carregado de maldade e duas asas brancas que vão fazê-lo acreditar que para voar é preciso apenas um grande sonho.

_______________________________________

19/07 às 15h - Teatro - Gratuito
O QUE TRAZ O BARQUINHO?
Comadança

No universo das imagens, um barquinho de papel navega em águas claras e abertas, de dentro dele saltam personagens que brincam de formar imagens e esconder outras. Ventos fortes sopram e o barquinho é lançado para outro caminho, onde novas descobertas acontecerão...
Aliada a peculiaridades da trama, a releituras de musicas clássicas, manipulação de objetos, mascaras acionam o sonho, a fantasia e a imaginação que se misturam formando realidades de ações dançadas para enfeitar novas descobertas.

Classificação: Livre

_______________________________________

20/09 às 15h - Teatro - Gratuito
TIQUIN QUE TINHA
Comadança

Espetáculo para vivenciar o humor, mostra o convívio entre três personagens - Tiquin , Kãmi e Juca, embarcam num redemoinho de situações, aceitando os próprios equívocos como fonte de inspiração e improvisação. Com de truques de malabarismos, acrobacias, dança, e brincadeiras que contam o que se quer dizer e busca a magia de transformar qualquer lugar em um verdadeiro picadeiro.
Classificação: Livre
_______________________________________

CINEMA
CURSO “PERSONAGENS E CENÁRIOS DE MASSINHA PARA STOP MOTION”, COM FÁBIO YAMAJI

Buscando despertar o interesse na arte da animação o curso apresentará técnicas do processo de construção de bonecos e cenários com massinha para animação.
Ministrante: Paulistano, freelancer na área de Cinema, Fábio Yamaji atua como animador de stop motion, diretor de filmes e montador. Também é fotógrafo, professor, ilustrador e crítico de cinema. Com cerca de uma centena de trabalhos em audiovisual no currículo, especializou-se em Stop Motion. Competiu 3 vezes no Festival de Animação de Annecy e ganhou 3 vezes o Anima Mundo.
Gratuito. Inscrições: envie nome e telefone para tperuare@sescmatogrosso.com.br - Acima de 16 anos
25 a 28/09  - 5ª e 6ª das 13h às 17h ; Sáb. e Dom. das 9h às 13h (sábado e domingo)

_______________________________________




20 DE SETEMBRO A PARTIR DAS 14H


14h às 22h - Brincadeiras e Jogos para quebrar a cachola  Choperia e Varandas

14h às 22h - Gibiranda – Gibis para todas as idades - Varanda

14h - Ateliê Aberto de Artes plásticas – a partir de 7 anos - Ateliê de Artes

14h - Oficina de Desenho e Pintura, com Benedito Nunes - a partir de 7 anos - Ateliê de Artes

14h30 - Contação de Histórias – com Teatro Faces - Biblioteca Infantil

15h - Tiquim que Tinha, com Comadança - Livre - Teatro

15h30 - Jogos Teatrais, com Janaina Azevedo - Banco de Textos

16h - Filme: “Lifi: uma galinha na Selva” - Livre - Cinema

16h30 - Mexa-se:  Brincadeiras para movimentar corpo e mente - Jardim

17h - Batalha de improvisação Hip Hop – Livre - Jardim

18h - Oficina de modelagem em argila, com Junne Fontinnele - A partir de 10 anos - Ateliê de Artes

18h - Filme: “Meu pé de laranja lima” - Livre - Cinema

18h30 - Batukação - Oficina de percussão corporal, a partir de 08 anos - CDM

19h - Olhar interior especial Over 12 - Roda de Música com Deize Águena e convidados  - Jardim

19h30 - Oficina técnica de Stop Motion, a partir de 08 anos - Oficina de Ideias

20h - Premier Cinema: Filme “Centro Histórico de Cuiabá e Suas Ruas de Muitos Lugares - Livre - Cinema

21h - Narração de Histórias – Mitos Brasileiros de Origem – com Francisco Gregório da Silva Filho (RJ) - 18 anos -  Teatro de Formas Animadas

21h - Batukação - Oficina de percussão corporal - CDM

21h30 - Olhar interior Especial - Chorinho com Trio Pingado - Jardim

22h - Cena Urbana com Luciene Carvalho - Jardim

22h - Filme: Flor Brilhante e as cicatrizes da Pedra. Com a participação da diretora do filme, Jade Rainho - Cinema

23h - Show Paulo Monarco - Jardim

00h - Palco Giratório - Aquilo que o meu olhar guardou para você, com Grupo Magiluth (PE) - 18 anos - Teatro

01h - Show Branco ou Tinto - Jardim

PROGRAMAÇÃO GUANÁ

De 11 a 20/09 acontece no Sesc Arsenal, em Cuiabá, o Guaná - Aldeia Sesc de Arte e Cultura

Confira a programação completa:

Programação Guaná

Espetáculos de Dança
http://bit.ly/guanadanca

Espetáculos de Teatro
http://bit.ly/guanateatro

Programação Overdoze - 20/09
http://bit.ly/guanaoverdoze

Curso de Improvisação e Composição Cinematográfica, com Diogo Granato
http://bit.ly/guanacurso1

Curso Personagens e Cenários de Massinha para Stop Motion,  com Fábio Yamaji
http://bit.ly/guanacurso2

Curso Ler e Contar, Contar e Ler, com Francisco Gregório da Silva Filho (RJ)
http://bit.ly/guanacurso3

1 de setembro de 2014

WOODY ALLEN É ATRAÇÃO NO IMAGENS EM PAUTA

ASSESSORIA - Homem decide ir atrás da mãe biológica de seu filho adotivo e descobre que ela é uma prostituta linda e cafona em “Poderosa Afrodite” (Mighty Aphrodite, 96 min,1995), de Woody Allen, atração dessa terça-feira, 02/09, às 19:00, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 16 anos.      
 
O filme integra programação do oitavo ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Cada sessão é iniciada com informações sobre o filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Woody Allen é o pseudônimo de Allan Stewart Konigsberg. Nascido no Brooklyn, Nova York, em 1935, começou a vida artística se apresentando em comédias de stand-up e, atualmente, é um dos diretores mais celebrados da história do cinema. Numa impressionante sequência de 47 filmes, iniciada em 1966, fez de seu auter-ego neurótico e engraçado o centro de um mundo familiar a seus fãs. Em suas comédias de amor ou de desengano, um final feliz pode não apagar o tom melancólico, e os seus dramas podem não reverter o riso diante do absurdo da vida.


Woody Allen

Allen faz um cinema existencial, onde o protagonista é a palavra. Seus filmes presumem que os espectadores estejam familiarizados com a obra de Ingmar Bergman, o existencialismo, as tradições judaicas, a teoria da comunicação, o pensamento de Freud, Nietzche e os hábitos da burguesia e da intelectualidade de Manhattan. A sua graça vem do diálogo bem-escrito, que expõe o mundo interior e as inquietações dos personagens.

Ganhador de mais de uma centena de prêmios como diretor, ator e roteirista – incluindo um Oscar de Melhor Direção por “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa” e três de Melhor Roteiro Original “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa”, “Hannah e suas irmãs” e “Meia noite em Paris” -, ele sempre renegou todos. Prefere continuar trabalhando disciplinarmente ano a ano.

Sobre o filme

Em Nova York, um casal adota um menino e com o tempo o pai adotivo (Woody Allen) decide saber quem é a mãe biológica de seu filho. Ele descobre que ela é uma prostituta chamada Linda (Mira Sorvino), que em filmes pornográficos usa o nome Judy Cum e que nem sabe quem é o pai do garoto. O pai adotivo decide então aconselhá-la a abandonar este tipo de vida.

As cenas do coro grego que aconselham a personagem de Allen foram filmadas em Sicília, na Itália e dão um aspecto mágico ao filme. Considerada uma das melhores comédias do cineasta nos 1990, o filme é uma comédia divertida e marcante que rendeu o Oscar de atriz coadjuvante a Mira Sorvino e mais uma indicação a Melhor Roteiro Original para Woody Allen.

Próximo Filme
Na próxima semana, o Imagens em Pauta continua o ciclo rápido com cinco filmes de Woody Allen realizados entre o final da década de 1990 e o início da década de 2000, com “Celebridades” (1998, 113 min). Não perca! Se você deseja ser avisado sobre as exibições do projeto envie um email para imagensempauta@gmail.com com a informação “Cadastrar e-mail”. Para outras informações, siga o “Imagens em Pauta” no Twitter: @ImagensEmPauta.

Sobre o Sesc Arsenal
O Sesc Arsenal é um centro cultural que conta com espaços como Biblioteca, Banco de Textos de Artes Cênicas, Teatro, Centro de Difusão e Realização Musical, Galeria de Arte e Choperia. Confira as atividades culturais que este centro cultural oferece através do blog www.sesc-mt.blogspot.com ou pelo telefone 3611 0550.

A programação do “Imagens em Pauta” é gratuita e direcionada aos curiosos e interessados em cinema. Endereço: Rua Treze de Junho, s/nº, bairro Porto (amplo e seguro estacionamento com entrada pela rua lateral). Atenção: o estacionamento do Sesc Arsenal é gratuito para pessoas que participam das atividades culturais e recreativas da unidade (incluindo Choperia e Bulixo). É preciso carimbar o ticket de estacionamento para isentar o pagamento da taxa.

Serviço
O quê: Poderosa Afrodite
Direção: Woody Allen
Quando: Terça-feira, 02 de setembro, às 19:00
Onde: Cine Sesc Arsenal
Classificação indicativa: 16 anos
Entrada Gratuita

22 de agosto de 2014

Você sabia que quem tem a carteirinha do Sesc conta com atendimento odontológico?

O Sesc Mato Grosso possui clínicas odontológicas voltadas exclusivamente aos comerciários e seus dependentes. Os atendimentos são feitos em horários diferenciados e os valores são reduzidos e proporcionais à renda do trabalhador.

A nossa prioridade é um serviço de excelência, humanizado e eficaz, buscando sempre o bem-estar e qualidade de vida.

Temos vagas para início de tratamento imediato nos períodos matutino e vespertino. Agende sua consulta na unidade mais próxima.




Sesc Porto
Rua São Joaquim, 399 – Centro-Sul - Cuiabá/MT
Tel.: (65) 3611-0705
Horário de atendimento: das 7h às 12h30, 13h10 às 17h e 18h10 às 22h

Sesc Galdino
Rua Galdino Pimentel, 174 – Centro – Cuiabá/MT
Tel.: (65) 3313-8906
Horário de atendimento: das 8h às 18h

Sesc Rondonópolis
Residencial Colina Verde - Sagrada Família - Rondonópolis/MT
Tel.: (66) 3411-1450
Horário de atendimento: das 7h às 10h20, 13h às 16h20 e 17h às 20h20