25 de junho de 2012

SESC ARSENAL apresenta DRAMATURGIA LEITURAS EM CENA - NELSON RODRIGUES





O projeto DRAMATURGIA: LEITURAS EM CENA promovido pelo Departamento Nacional do SESC, foi criado para estimular a prática de leitura de textos teatrais. Visa difundir textos inéditos ou consagrados da dramaturgia nacional e mundial, pretendendo instrumentalizar e chamar a atenção de diretores e atores para as potencialidades cênicas – ou novos ângulos – de uma determinada obra.

Estas “Leituras em Cena” que agora se apresentam, são resultantes da Oficina de Dramaturgia com Rodrigo Vrech (RJ).





DOROTÉIA

Porque é no quarto que a carne e a alma se perdem!... 
Esta casa só tem salas e nenhum quarto, nenhum leito... 
Só nos deitamos no chão frio do assoalho...

Atores-leitores: 
 Murício Ricardo,
Thaísa Soares,
Luis Carlos Ribeiro, 
Ieda Acunha

Direção de leitura: 
Maurício Ricardo


26/06/2012 - 20h - Teatro - Entrada Franca


A SERPENTE

Em um mesmo apartamento, moram as irmãs Guida e Lígia, e seus respectivos maridos, Paulo e Décio. Sexualmente infeliz ainda virgem depois de quase um ano de casada, Lígia desfaz seu casamento e pensa em morrer. Para ajudar a irmã, Guida lhe faz uma proposta: que Lígia passe uma noite com Paulo. Depois dessa noite, nada será como antes. Forma-se então um triângulo amoroso, capaz de alcançar todos os extremos. 

Atores-leitores: André Moraes, Gisah Moraes, 
Maicon D' Paula e Sandra Santos (Cia VostraZ)
Direção: Cia VostraZ de Teatro

28/06/2012 - 20h - Teatro - Entrada Franca


VIÚVA, PORÉM HONESTA 

O texto, uma “farsa irresponsável”, foi encenado pela primeira vez em 1957 e não tem grandes preocupações com o realismo. Narra a história do Dr. J.B. de Albuquerque  Guimarães, diretor do jornal "A Marreta” - um  dos mais influentes do país - preocupado com a filha,  uma jovem viúva que se recusa a deixar de velar seu  marido morto, contrata uma equipe de “especialistas”  para resolver o problema, em vão. O trabalho fica por conta do Diabo da Fonseca que através de uma sessão espírita reaviva o defunto livrando a menina de tal viuvez indesejada. Como prêmio o demônio desposa Ivonete.

Atores-leitores: Gustavo Prado, Keilla Borges, 
Meireane Oliveira, Paulo Nascimento 
e Rosecleia Duarte.
 (Cia Vertigo de Teatro)

Adaptação e Direção:  Coletiva.

27/06/2012 - 20h - Teatro - Entrada Franca



 VALSA Nº 6

Sônia, uma jovem de 15 anos, que assassinada, tenta entre um delírio e outro lembrar-se do que aconteceu, dando vida em seu subconsciente às personagens que formam o quebra-cabeça do seu universo adolescente.

Atriz-leitora: Mazé Oliveira
Direção de leitura: Alicce Oliveira

29/06/2012 - 20h - Teatro - Entrada Franca






















Nenhum comentário:

Postar um comentário