14 de maio de 2012

IMAGENS EM PAUTA exibe “A FALTA QUE ME FAZ”




Durante um inverno, cinco meninas de uma pequena cidade no interior de Minas Gerais vivem a passagem da adolescência/juventude para a vida adulta,  compartilham  memórias sobre amores e expectativas sobre a vida em  “A falta que me faz” (Brasil, 2009, 85 minutos), de Marília Rocha, atração desta terça-feira, 15 de maio, às 19:00, no Sesc Arsenal. Entrada gratuita. Classificação indicativa: 12 anos.

O filme continua o sexto ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado  pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão &  Vivência, Instituto de Linguagens e Departamento de Comunicação Social da  Universidade Federal de Mato Grosso. O “Imagens em Pauta” promove o interesse em  ver e saber mais sobre filmes de diferentes estéticas e cinematografias, além de  estimular a prática social de frequentar uma sala de cinema. 

Entre abril e junho acontece o Ciclo Documentários e Limiares, com exibição de filmes  brasileiros recentes cujos procedimentos estético-narrativos vêm tensionando  concepções mais clássicas do campo do documentário, produzindo limiares ficcionais,  documentais, experimentais. Como texto de apoio para a sessão de “A falta que me faz”, está disponível no twitter  (@ImagensEmPauta) o artigo “A presença de uma 
ausência”, de Cláudia Mesquita (que também será utilizado para a sessão de 22 de maio, quando da exibição de “Morro do Céu”, de Gustavo Spolidoro).

Em virtude da reforma do Cinema do Sesc Arsenal, as exibições do Ciclo Documentários e  Limiares acontecem no Salão Social. Como já é de costume, junto ao “Imagens em  Pauta” acontece o “Terças com Café”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso, que oferece aos presentes na sessão, após bate-papo sobre o filme, um delicioso cappuccino.

Sobre o filme                  
Sinopse: Durante um inverno, rodeadas pela Serra do Espinhaço, um grupo de meninas  vive o fim da juventude. Um romantismo impossível deixa marcas em seus corpos e na  paisagem a seu redor. Em meio a conversas, obrigações e prazeres cotidianos, cada uma  delas encontra uma maneira particular de contornar a solidão e enfrentar as incertezas de um futuro próximo.

Entre as premiações colecionadas por “A falta que me faz” estão  o Prêmio do Júri de  Melhor Filme Latino-Americano no 5º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo e o Prêmio Especial do Júri no 14º Forumdoc – Festival do Filme Documentário e  Etnográfico – Fórum de Antropologia, Cinema e Vídeo


A diretora do filme, Marília Rocha, é uma das integrantes da Teia, centro de produção audiovisual. Entre seus trabalhos estão os longas “Aboio” (2005), melhor filme no Festival É Tudo Verdade e “Acácio” (2008).  Em 2011, teve uma retrospectiva no Festival Dockanema, em Moçambique, e foi homenageada no Festival Visions du Réel, que dedicou uma mostra especial aos seus trabalhos, na Suíça.



O quê: A falta que me faz
Direção: Marília Rocha
Quando: Terça-feira (15/05), às 19h
Onde: CineSesc - SESC Arsenal
Classificação indicativa: 12 anos
Entrada Gratuita


Nenhum comentário:

Postar um comentário