2 de abril de 2012

IMAGENS EM PAUTA apresenta IRACEMA UMA TRANSA AMAZÔNICA





Ciclo “Documentários e limiares” abre sexto ano do projeto

Um das obrasmais provocativas e inovadoras do cinema brasileiro, lançada em pleno períododa ditadura militar, “Iracema, uma transa amazônica” (Brasil, 1975, 90minutos), de Jorge Bodansky e Orlando Senna, será exibida nesta terça-feira, 03de abril, às 19h, no SESC Arsenal. Entrada gratuita. Classificação indicativa: 16 anos.

O filme abre o sexto ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo SESC MatoGrosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Instituto de Linguagens e Curso de Comunicação Social da Universidade Federalde Mato Grosso, com curadoria e mediação do professor do Departamento de Comunicação Social da UFMT Diego Baraldi. O projeto “Imagens em Pauta” promove o  interesse em ver e saber mais sobre filmes de diferentes estéticas e cinematografias, além de estimular a prática social de frequentar uma sala decinema.

Apesar de indexados como documentários, muitos dos filmes exibidos neste primeiro ciclo de 2012, intitulado “Documentários e limiares”, promovem cruzamentos e misturas que desafiam as concepções mais clássicas do campo do documentário, produzindo limiares ficcionais, documentais, experimentais. O objetivo é observar diferentes procedimentos estético-narrativos que possibilitaram a tais filmes lidar de modo inovador com temáticas específicas: da denúncia dos equívocos e do logro do projeto desenvolvimentista da Transamazônica no road-movie "Iracema", à observação dos conflitos sociais que persistem até hoje noestado do Amazonas em "Terceiro Milênio", passando pelo tom memorialístico dos vestígios da vida e obra de Mário Peixoto em "Onde a Terra Acaba", até chegar ao mergulho no universo pessoal da cineasta Sandra Kogut em "Um Passaporte Húngaro".

Uma das novidades deste ano no “Imagens em Pauta” será a utilização de textos de apoio,que visam inspirar ainda mais a relação entre os participantes do projeto comos filmes exibidos. Para a sessão de “Iracema”, o texto selecionado será “Iracema: o cinema-verdade vai ao teatro”, do pesquisador Ismail Xavier. O texto está disponível no twitter (@ImagensEmPauta).

Em virtude da reforma do Cine SESC, as primeiras exibições de 2012 acontecerão em um sala alternativa no próprio SESC Arsenal, com lotação reduzida. Como já é decostume, junto ao “Imagens em Pauta” acontece o “Terças com Café”, realizado pelo SESC Mato Grosso, que oferece aos presentes na sessão, após bate-papo sobre o filme, um delicioso cappuccino, na Varanda da unidade.

Sobre o filme

Misturando procedimentos ficcionais a uma série de flagrantes reais que revelam osequívocos e os conflitos sociais provocados pela abertura da rodovia Transamazônica, “Iracema, uma transa amazônica” foi censurado pelo regime militar, que proibiu sua exibição no país por muitos anos. Ao contrário da propaganda oficial dos anos 70, que dizia que a Transamazônica levaria o progresso à região atingida pela rodovia, o filme retrata o processo desenfreado de desmatamento, grilagem de terras, queimadas e desumanização das populações locais. A atriz Edna de Cássia, comoveu plateias do mundo todo com sua mágica interpretação da personagem título do filme, e chegou a ganhar o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Brasília em 1980.

No mesmo Festival de Brasília, o filme também recebeu os prêmios de melhor atriz coadjuvante para Conceição Senna e melhor edição para Eva Grundman e Jorge Bodanzky. Foi eleito melhor filme durante uma mostra de filmes proibidos realizada pela Associação de Críticos Cinematográficos de Minas Gerais em 1978. Colecionou também prêmios internacionais como o Prix George Sadoul (Paris), o Adolf Grimme Preis (Alemanha), o Encomio Taormina (Itália) e o 12º Reencontre Film et Jeunesse (Prêmio Especial – Festival de CannesMelhor Filme 78 – ACCMG).


Serviço
O quê: “Iracema, uma transaamazônica”
Direção: Jorge Bodanky/OrlandoSenna
Quando: Terça-feira (03/04), às 19h
Onde: CineSESC - SESC Arsenal
Classificação indicativa: 16 anos
Entrada Gratuita

Nenhum comentário:

Postar um comentário