4 de novembro de 2011

SESC ARSENAL apresenta LEITURAS DE MOVIMENTO


O Centro Cultural Jamil Boutros Nadaf – SESC Arsenal, nas suas diretrizes institucionais, acredita que ao abrir o diálogo para novos olhares sobre o fomento da linguagem dança contribuirá para a difusão de produtos artísticos capazes de enriquecer intelectualmente os indivíduos, firmando a importância da Arte nas relações de desenvolvimento coletivo.

Criado pelas conduções do Programa Cultura do SESC Mato Grosso, o Projeto Leituras de Movimento relaciona a dança contemporânea como uma máquina de produção de mensagens. Uma usina de produção de signos que objetiva fornecer aos participantes, diretos e indiretos, um contato com novos horizontes de ensino-aprendizagem para criação em dança. Através de uma metodologia dialética, o projeto procura apontar a Arte Dança como o campo do conhecimento onde os movimentos corporais são importantes códigos para leituras de: movimentos de idéias, de novos métodos, de novos corpos.



BRECHÓ

Inicialmente há a idéia da coleção.Coleções e coisas de colecionar; reunir, catalogar e armazenar uma série de tipos curiosos e exóticos. Guardar e acumular, material pulverulento, desgastado. Colecionamos então idéias, imagens, movimentos, experiências, memórias, para prováveis trocas, como em um bazar, um Brechó. Espaço onde a atribuição de valor e juízo de gosto são realmente subjetivos e parcialmente democráticos, há possibilidade de novidade no antigo, de desgaste intencional do novo, tentar diferentes roupagens, recriar, reorganizar, sem pretensões, ou até na pretensão de parecer despretensioso. Um lugar para se permitir, mas onde nem tudo é permitido.
Concepção e Direção: Lucas Koester / Criadores Intérpretes: Elka Victorino, João Manuel Mota, Maiara Barbant e Lucas Koester / Fotografia: Mauricio de Oliveira

03/11 - 20h - Salão Social - Entrada Franca




POR TRÁS DA CORTINA

O espetáculo tem objetivo de despertar no público as sensações que um artista tem ao dançar. Tudo começa do estranho e vai criando forma, aflorando sentimentos...
“...angústia,
               amor,
                     saudade,
                                  raiva,
                                         tesão,
                                               ansiedade...”
porém, traz indagações, não para serem respondidas, mas para serem sentidas. Assim, o espetáculo busca tocar o público na singularidade de cada movimento, música e, um simples toque, transportando para a platéia a essência do ser artista.
Intérpretes Criadoras: Alessandra Meirelles, Giselle Moreno, Luciana Lins, Maria Rosa Araújo.  Iluminação e sonoplasta: Róbson Oliveira

04/11 - 20h - Teatro - Entrada Franca




SONHOS DE UMA VIDA

Manias, superstições, enigmas, morte e lembranças de outras vidas que permanecem dia após dia. O que te incomoda?  Por qual ângulo tem visto a vida? São os questionamentos que conduzem o ciclo da nossa existência, influencia nossas crenças mistificando e desmistificando o que somos, o que cremos.  A criação deste trabalho surge da pesquisa realizada a partir da experiência de um sonho, que sempre nos acompanha e mais parece realidade.
Criadores Intérpretes: Mirella Soares Martins, Matheus de Luca, Marcilene Maria e Maria Eduarda Duarte
05/11 - 20h - Teatro - Entrada Franca




FAZ SENTIDO?

“Faz sentido?” Surge no intuito de investigar os sentimentos, sensações e sentidos humanos. Em sua abordagem, a pesquisa busca induzir o espectador acerca de novos olhares sobre sua própria percepção corporal.   
Criadores intérpretes: Jamilton Mello, Anna Paula Cambahuba, Marcia Helena Cambahuba, Edilberto Magalhães
Direção: Jamilton Mello
06/11 - 20h - Teatro - Entrada Franca

Nenhum comentário:

Postar um comentário