18 de outubro de 2011

SESC ARSENAL apresenta palestra: A VOZ DO AUTOR, com Dulce Quental




RETICÊNCIAS: Palestra - A VOZ DO AUTOR. Com Dulce Quental

O entrecruzamento entre música e literatura atravessa a própria história da musica popular. A utopia de aproximar a alta cultura letrada da canção popular se inicia na modernidade de Vinicius de Moraes e permanece viva nos dias de hoje. Mestres e doutores vêm abordando o tema em livros e teses. Oficinas e cursos acontecem pelo país.  Estuda-se, fala-se e principalmente briga-se por um saber da canção. O Brasil teria passado da tradição oral direto para a canção popular sem passar pela palavra escrita. O Brasil não lê. Daí a importância da nossa música. Mas a palavra cantada não é a palavra falada nem a palavra escrita. Literatura não é musica, embora o canto popular se aproxime de uma conversa informal e possa em muito lembrar a fala de um personagem. 

Mas no final das contas, de quem é a palavra? Eu diria como autora da minha própria ficção que a palavra é desse lugar onde falo ou me autorizam a falar.  Tanto faz se escrevo um romance, ou se faço da letra de uma canção, uma crônica. Que importância isso tem, se tudo no final se resume a uma questão de domínio técnico? São temas que gostaria de abordar. O deslocamento da função autor. Os desafios e limites formais. As tentativas de levar filosofia pra musica, musica para literatura, etc, etc, etc... Mas Musica e literatura produzindo subjetividade errante, não maquinal, obras do espírito.


19/10  - (quarta-feira) - 19h30 - CineSESC - Inscrições Gratuitas. Distribuição de senhas com uma hora de antecedência. Com certificação de 03 horas.


Veja a programação completa de OUTUBRO em:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário