3 de setembro de 2011

SESC ARSENAL apresenta GUANÁ - ALDEIA SESC DE ARTE E CULTURA





SESC ARSENAL APRESENTA

GUANÁ – ALDEIA SESC DE ARTE E CULTURA - 2011

O SESC realiza a maior rede de mostras culturais do Brasil. Denominadas ALDEIAS, as mostras são um espaço para reflexão e fomento da criação e da produção local e de outros estados.  Rede tecida por linhas de interlocução e mediação com a cidade, com as comunidades e com os diferentes segmentos da sociedade. Essas linhas são representadas pelas ações desenvolvidas pelo SESC em 41 ALDEIAS espalhadas por todo País, transformando cada aldeia local em uma feira simbólica, que envolve os membros de sua comunidade em rituais de consumo da arte.

Em Cuiabá o SESC Mato Grosso realiza a Guaná – Aldeia SESC de Arte e Cultura. Profissionais das artes, professores, estudantes e interessados são convidados a participar dessa imersão de confraternização e troca de bens culturais.

Esse nome foi escolhido para reverenciar a aldeia Guaná que residiu à margem direita do rio Cuiabá, na metade do século XIX, quando toda essa região pertencia ao distrito de São Gonçalo de Pedro II e fazia parte da Província de Mato Grosso. Onde hoje é situado o bairro Porto da capital Cuiabá, localização do Centro Cultural Jamil Boutros Nadaf - SESC Arsenal.

Além da referência geográfica, uma característica peculiar dos Guanás determinou a escolha do nome dessa mostra. Segundo a historiadora Verone Cristina da Silva, a eles era atribuída, por outros aldeamentos indígenas locais, a particularidade de “estabelecerem relações com diferentes grupos étnicos, em posições sociais distintas”, levando-os a práticas culturais que foram construídas historicamente num campo de experiências múltiplas e singulares, uma vez que a cultura é um processo contínuo de transformações que se constitui na relação com o outro.

Do mesmo modo, o SESC Mato Grosso busca com a Guaná – Aldeia SESC de Arte e Cultura praticar uma política cultural de caráter transformador, na qual a cultura não é vista como um produto final a ser consumido, mas como um bem mutável e flexível resultante de um processo de interatividade que leva à construção de valores e significados que compõem a sua pluralidade.

A Guaná - Aldeia SESC de Arte e Cultura proporciona, de 08 a 25 de setembro de 2011, uma programação diversificada nos espaços cênicos convencionais e não convencionais a circulação de Espetáculos, Oficinas, Cursos, Seminários, Exibição de Filme e Exposições.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/aldeia-guana.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário