31 de agosto de 2011

GALERIA DE ARTES do SESC ARSENAL abre edital para Calendário 2012










A Galeria de Arte do SESC Arsenal, estabelecida no prédio do antigo Arsenal de Guerra da Província de Mato Grosso, tem atuado desde 2002 entre produtores e consumidores das artes visuais, reconhecendo e privilegiando os produtos culturais capazes de propiciar aos indivíduos uma percepção mais acurada, nova compreensão das relações sociais e uma releitura de seu estar no mundo, permitindo-lhes transcender suas condições de origem e formação. (Diretrizes gerais de ação do SESC, p. 27).

A área de Artes Plásticas do SESC Arsenal conta com uma programação contínua que é composta por exposições, palestras, seminários, oficinas, bem como outros eventos culturais, além da mediação educativa que presta atendimento ao público nas exposições com atividades desenvolvidas conforme a temática e o contexto da exposição, visando à difusão da cultura local e a democratização da arte.

Este Edital é a principal ferramenta criada pela Galeria do SESC Arsenal, para democratizar o acesso tanto dos produtores quanto do público, enquanto consumidores, ao circuito artístico atual, permitindo a todos conhecer e acompanhar seus processos de criação. Além das exposições possibilita atividades educativas relacionadas ao acervo, de modo a ampliar, intensificar e atualizar a vivência do público com os significados e conceitos referentes à arte.

Através deste Edital, o SESC Mato Grosso irá compor o Calendário de 2012 da Galeria de Artes do SESC Arsenal, abraçando produções em Artes Plásticas, instalações ou outras experimentações no campo das Artes Visuais.O SESC Mato Grosso adota em seu plano de trabalho a missão de promover, incentivar e revelar novos talentos na área de Artes Visuais, através de ações que possibilitem o apoio àqueles que têm as Artes Plásticas como ofício.O SESC pretende ainda, por meio deste edital de seleção, garantir uma programação de qualidade com exposições que permitam ao público ter acesso à produção artística atual.

A inscrição de projetos expositivos para este edital será homologada mediante a entrega ou o envio de, impreterivelmente, toda a documentação exigida, dentro do prazo estipulado de 17 de agosto a 17 de outubro de 2011, para o SESC Arsenal conforme as disposições desta seção do presente edital.

Você pode encontrar o edital completo e a ficha de inscrição no link abaixo:
http://www.sescmatogrosso.com.br/unidade/Arsenal/ler_noticia.php?id=319&cod_unidade=2

29 de agosto de 2011

Exposição: FOTOGRAMAS - Por Antônio Quaresma (Fotos)




A exposição “Fotogramas” apresenta o resultado do universo estético de Antonio Quaresma, piauiense de Campo Maior, graduado em Educação Artística pela UFPB, Mestre em Fotografia Artística pela New York University, Doutorando em Teoria da Imagem pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Professor no Departamento de Artes Visuais da UFPI. Suas fotos, feitas com a sensibilidade e inquietude de artista, tornam metafísica uma realidade meramente banal. A captação sutil das texturas, das formas, dos volumes e das cores impressas nas fotos revela-nos um universo surpreendente no qual a percepção é fundamental. Seu empenho de artista aflora límpido e consciente em cada foto, nos resgatando imagens de um universo lírico e fascinante.

Período da Exposição: 12/08 a 11/09
Terça a Sexta-feira: das 14h às 21h  
Sábados, Domingos e Feriados: das 16h às 20h
SESC Arsenal - Entrada Franca

POESIA, VERSOS E CORDAS apresenta ELA LAVA, ELE ENXUGA, com textos de FERNANDO SABINO




POESIA VERSOS E CORDAS - 10 ANOS

ELA LAVA, ELE ENXUGA
Com Cia Thereza João

Vida doméstica dá o que falar, e Fernando Sabino fala muito bem sobre esse assunto nos contos e crônicas escolhidos pela Cia Thereza João e o ator Bruno Figueiredo. Ela lava, ele enxuga possibilita ao espectador se deliciar na nossa “cozinha literária”, na qual relações domésticas são ingredientes para as ironias resultantes do convívio familiar.

Pesquisa, seleção dos textos e concepção: Cia Thereza João 
Atores Leitores: Frank Busatto, João Manuel Mota, Thereza Helena
Pesquisa Musical: Thereza Helena

31/08 - 15h  e 20h- Teatro - Entrada Franca
Agendamento de grupos pelo telefone: (65) 3616-6922

-----

Sobre o Projeto:

Há determinados espaços que se criam e que realmente fazem diferença. Diferença no estatuto mental das pessoas, na sensibilidade, na formação, no gosto, no prazer e no lazer. Como se divertir? Como entrar em um determinado evento e sair dele, hora depois, com a sensação de que se está melhor, de que se é melhor do que quando entrou? O escritor japonês Yukio Mishima, em seu livro Sol e Aço, com tradução brasileira de Paulo Leminski, relacionava os cuidados com aparência física do corpo (exterior) com a varanda, o quintal ou jardim de uma casa (interior) afirmando, se bem me lembro, que esse cuidado reflete não apenas o nosso estado d'alma, mas a maneira como nos preparamos para receber e incorporar o mundo e suas coisas. Na ampliação disso, podemos dizer que assim como é importante cuidar da parte física e material de uma cidade, e um estado – entenda-se aqui desde a restauração arquitetônica, revitalização de centros históricos, praças públicas, criação de parques até preservação de matas ciliares, florestas, rios, etc. – é de extrema importância cuidar da parte humana e imaterial. Cuidar do acervo imaginário, sensitivo, amoroso, artístico, subjetivo, do perfil psicológico, do prazer e do lazer, do estado d'alma da população que compõe (não apenas ocupa) este espaço exterior.   

A implantação do Sesc, no antigo Arsenal de Guerra de Cuiabá, é um destes espaços. É inegável que nos vários ramos das artes e da cultura assumiu a centralidade – através de seus projetos/programas em cinema,  artes cênicas, música, artes plásticas e literatura– de oferecer ao público e à população mato-grossense o que de melhor tem se produzido no Brasil e em Mato Grosso. Depois de alguns anos, o quadro cultural e artístico da cidade e do estado é outro, muito em parte pelos projetos e pelas realizações do Sesc Arsenal.

Em particular, o projeto Poesia, Versos e Cordas dá a sua importante contribuição para a literatura brasileira (lembrando-nos que Silva-Freire, Luciene Carvalho, Marilza Ribeiro, Aclyse de Mattos, Marta Cocco e muitos outros estão aqui nesse conjunto). Mais do que isso, Versos & Cordas dá a sua contribuição para a formação de novos leitores e muito provavelmente para a formação de novos produtores. O projeto é simples em sua essência, mas a dimensão de sua realização deve ser considerada bastante complexa e sua eficácia de muitas formas pode ser comprovada. Vale notar que de aporte central literário ele se expande, já logo no título (e nos eventos efetivamente), para dialogar em igualdade com a música. Por vezes, popular (brasileira ou internacional), por vezes erudita. As conexões e diálogos continuam quando temos não apenas músicos e poetas em cena, mas atores, companhias de teatro, amantes da literatura com verve suficiente para nos fazer conhecer e amar ou amar mais (o conhecido) escritores, escritoras e suas obras. 

Às vezes me pergunto se “apenas os eventos em si” têm o poder de transformar determinados quadros sedimentados e enraizados em tradições emperradas e capengas (analfabetismo, falta de leitura, desconhecimento artístico em geral da população etc). Pego-me respondendo do seguinte modo (e creio na resposta): para se combater determinadas tradições, e mudar efetivamente determinados quadros e situações, só a criação de novas tradições que vão de encontro às antigas, combatendo-as e propondo (pondo) novas idéias, práticas e costumes. E somente com a recorrência, a permanência e a regularidade desses eventos é que eles assumem essa força propulsora de mudanças, de engendramento do novo, do atualizado e modificado. É na sucessividade e cotidianização que ele se introjeta como um outro padrão mental possível de vida e de relação com o mundo.  Menos de minhas próprias e incríveis experiências – no Mar (In) Comum (um e dois junto com Marta Cocco) e dialogando poeticamente com Roseana Murray – e muito mais de minhas impressões, sensações e observação como cidadão, professor de literatura e leitor, devo dizer que o Poesia, Versos e Cordas (juntamente com outros projetos/eventos em outras áreas do Sesc Arsenal) exerce e cumpre o papel de re-definidor e renovador do quadro artístico e literário de Cuiabá e do Mato Grosso. Contribui para que o nosso estado d'alma seja melhor...

Cuiabá, 02.03.08.  
Mário Cezar Silva Leite é doutor em Comunicação e Semiótica (PUC-SP), professor de Literatura Brasileira (no curso de Letras e nos Programas de Mestrado ECCO e MeEL/IL da UFMT).

26 de agosto de 2011

Neste Domingo: CANTO ARAGUAIA


Música no Jardim:
CANTO ARAGUAIA 

Com Branco Barros


Branco Barros é compositor, violonista e cantor. Musico há 27 anos, encontrou no Araguaia a identidade da sua música. O show Canto Araguaia  é a síntese do seu encantamento com os índios, a fauna, flora e as belezas do cerrado matogrossense.
Em 2011 prepara a gravação de um documentário onde retratará esses anos de carreira, registro de parcerias importantes como a realizada com o Bispo Dom Pedro Casaldaglia. O show contará com artistas convidados, que com certeza abrilhantarão o espetáculo.

28/08- 20h - Jardim - Entrada Franca



Confira a programação completa de Agosto:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

HOJE - MOSTRA SESC DE TEATRO DE RUA:



Palco Giratório: TEATRO CHAMADO CORDEL
Com Imbuaça (SE)
3 Textos da Literatura de Cordel: “O Matuto com o balaio de maxixi”, de José Pacheco; “A Moça que bateu e virou cachorra”, de Rodolfo Coelho Cavalcante e “O Malandro e Graxeira no chumbrego da orgia” de vários cordelistas, são intercalados por danças e músicas folclóricas.
26/08 - 15h - Praça Alencastro



AMBULANTES
Com Cia Arte Negus (MT/SP)
Duas pessoas e a desafiadora rotina no desigual universo do “ganha e perde”. Um local onde apenas o mais esperto sobrevive, e para fazer isso – sobreviver – é preciso se desdobrar, ser criativo, otimista e encantar serpentes. Mas descobrir talento para isso é algo que pode levar tempo, ou ao menos ser algo assustadoramente complexo, uma complexidade tamanha a ponto de colocar vidas à venda.
26/08 - 16h30 - Praça Alencastro


Confira a programação completa da mostra SESC Teatro de rua em: 

Ciclo Arsenal de Música: BANDA MARIA ALBINA


A banda Maria Albina acaba de lançar seu primeiro álbum: Algo Mais. Gravado no segundo semestre de 2010, o disco traz 10 faixas autorais e influências que vão do blues ao indie rock, além da preocupação com a originalidade e o conteúdo. A banda participou do festival Grito Rock e abriu shows das bandas Skank, Móveis Coloniais de Acajú (DF), Black Drawing Chalks (GO), Tereza (RJ), entre outras. Atuando na cena independente de Cuiabá, tocando várias vezes na Casa Fora do Eixo e produzindo um clipe na Semana do Audiovisual. Em Dezembro apresentou-se na Mostra de Música do Sesc MT. Formada em Cuiabá, a Maria Albina une o rock a letras em português e tem cinco integrantes: Andrei Serotini (vocal), João Schmitt (guitarra/backing vocal), Antonio Junqueira (guitarra), Pedro Leão (baixo) e Felipe Pavani (bateria).  

26/08 - 20h - Teatro - Entrada: R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (meia) e 
R$ 5,00 (comerciário)

Confira a programação completa de Agosto em :


Papo Cerrado: Paulo Lima Buenos


Palestra abordando questões relativas às instalações artísticas: criação, apresentação de projetos, produção, montagem e comercialização.
É Doutor em Psicologia Clínica (Núcleo de Estudos da Subjetividade Contemporânea) pela PUC de São Paulo e Mestre em Artes Plásticas pela State University of New York at Buffalo. Apresenta seus trabalhos em Galerias e Museus como MAM, MAC, Centro Cultural e ITAU Cultural (São Paulo); Museu de Arte Contemporânea de Fortaleza; Hallwalls Contemporary Arts Center (NY); Centro Cultural Recoleta (Buenos Aires); Museum of World Culture (Suécia); The Burchfield-Penney Art Center (NY). 
Suas obras fazem parte da coleção de várias instituições nacionais e em coleções particulares no Brasil e nos Estados Unidos.

26/08 - 18h30 - Banco de Textos de Artes Cênicas - Entrada Franca

Confira a programação completa de Agosto em:




25 de agosto de 2011


De 23 a 27 de Agosto - Praça Alencastro - Cuiabá-MT

Programação da mostra SESC Teatro de Rua para esta Quinta-Feira:

LOS PALHAÇOS EM INTERVENCIÓN
Com Cia VostraZ (MT)


Recriando, desmitificando, extrapolando... Eles estão em todo lugar...
Vivenciando as mais inusitadas situações da vida real...
25/08 - 12h - Praça Alencastro



Palco Giratório: O MUNDO TÁ VIRADO
Com Imbuaça (SE)


O texto é fruto da união de três histórias curtas que refletem com humor a condição ingênua do ser humano e seu antônimo: a esperteza. Elementos convencionais da ação teatral aliam-se a novos procedimentos estéticos.
25/08 - 15h - Praça Alencastro



ARLEQUIM, SERVIDOR DE DOIS PATRÕES
Com Cia Teatro Faces (MT)




A clássica história do Arlequim que resolve servir a dois patrões ao mesmo tempo, sendo um deles Beatriz, uma mulher disfarçada em busca de seu grande amor, e o outro Florindo, o grande amor em busca de uma mulher disfarçada.
25/08 - 16h30 - Praça Alencastro


Confira a programação completa Aqui

10 de agosto de 2011

SESC Arsenal apresenta - Exposição FOTOGRAMAS



Fotogramas são imagens realizadas sem a utilização da câmera fotográfica, por contato direto de um objeto ou material com uma superfície fotossensível exposta à uma fonte de luz. Esta técnica, que nasceu junto com a fotografia e serviu de modelo a muitas discussões sobre a ontologia da imagem fotográfica, foi profundamente transformada pelos artistas da vanguarda, nas primeiras décadas do século XX. Representou, ao lado das colagens, fotomontagens e outros procedimentos técnicos, a incorporação definitiva da fotografia à arte moderna e seu distanciamento da representação figurativa.

A exposição FOTOGRAMAS apresenta o resultado do universo estético de Antônio Quaresma, piauiense de Campo Maior, graduado em Educação Artística pela UFPB, Mestre em Fotografia Artística pela New York University, Doutorando em Teoria da Imagem pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Professor no Departamento de Artes Visuais da UFPI. Como fotógrafo profissional, participou ao longo dos últimos 30 anos de várias coletivas no Brasil e exterior. Tem fotografias no acervo permanente da Washington Square Gallery e Photo Gallery (NY) e em acervos particulares na França, Itália, Portugal, Alemanha e Estados Unidos. Professor convidado da Universidade de Nebraska (USA) em 2004, membro da Associação Internacional de Fotografia Artística e da Federação Internacional de Jornalistas desde 1998.  Está entre os 12 fotógrafos-artistas do calendário 2009 do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Suas fotos, feitas com a sensibilidade e inquietude de artista, tornam metafísica uma realidade meramente banal. A captação sutil das texturas, das formas, dos volumes e das cores impressas nas fotos revela-nos um universo surpreendente no qual a percepção é fundamental. Seu empenho de artista aflora límpido e consciente em cada foto, nos resgatando imagens de um universo lírico e fascinante.


Coquetel de Abertura: 11/08/2011 às 19h
Período da Exposição: 11/08 a 11/09/11
Terça a Sexta-feira: das 14h às 21h  
Sábados, Domingos e Feriados: das 16h às 20h
Entrada Franca

Oficina com o Artista

11/08 - 14h às 18h - Inscrições pelo telefone: (65) 3616-6909 (Atendimento de 3ª a Sábado das 14h às 22h)




4 de agosto de 2011

PROJETO RETICÊNCIAS apresenta a palestra: LITERATURA E CIDADE com NICOLAS BEHR (DF)



Palestra: LITERATURA E CIDADE. Com Nicolas Behr


A representação de Brasília no inconsciente coletivo  e o papel da literatura em reforçar ou repelir  a imagem que o brasileiro faz desta cidade-capital tão estigmatizada. O poeta vai ler textos, seus e de outros autores, que desnuda a tensão entre a racionalidade geométrica desta cidade traçada no ar e o e emaranhado de existências humanas que a habita. Será exibido o filme "Braxília", de 17 minutos, sobre a relação do poeta-personagem com a cidade real, Brasília, e a inventada, Braxília. 

Nicolas Behr nasceu em Cuiabá e Mora em Brasília desde l974. Em 1977, lançou seu primeiro livro “Iogurte com Farinha”. Após ter escrito “Grande Circular”, “Caroço de Goiaba” e “Chá com Porrada” foi preso e processado pelo DOPS por “ porte de material pornográfico”, sendo julgado e absolvido no ano seguinte. Até 1980, publicou 10 livros mimeografados. A partir desse ano, passou a trabalhar como redator em agências de publicidade. Em l982, ajudou a fundar o MOVE – Movimento Ecológico de Brasília, a primeira ONG ambientalista da Capital Federal. Em l986, abandonou a publicidade para trabalhar na FUNATURA – Fundação Pró-Natureza – onde ficou até 1990, dedicando-se, desde então, profissionalmente, ao seu antigo hobby: produção de mudas de espécies nativas do cerrado. Co-autor do livro Palmeiras no Brasil. A partir de 1993 voltou a publicar seus livros de poesia, com “Porque Construi Braxília”. É sócio-proprietário da Pau-Brasília Viveiro Eco.loja. Seu perfil biográfico foi traçado no livro “ Nicolas Behr – Eu Engoli Brasília”, volume I da Coleção Brasilienses, escrito por Carlos Marcelo e lançado em 2004.   

10/08 - 19h30 - CineSESC - Inscrições Gratuitas

Distribuição de senhas com uma hora de antecedência.

Interessados pela certificação de 3 horas deverão se inscrever na Central de Atendimentos, conforme regulamentação do SESC.










Quer saber a programação completa de agosto acesse:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

....

SESC Arsenal apresenta EXPOSIÇÃO LITERÁRIA: QUINTAIS POÉTICOS


Exposição Literária: QUINTAIS POÉTICOS


A realização de exposições literárias não é uma idéia inédita, é algo que há muito se realiza em vários espaços culturais no Brasil e Exterior. O propósito é bem simples e objetivo, qual seja transpor os limites do texto escrito para a visualidade da proposta nos levando a um novo ambiente estético da leitura, no qual se pode estabelecer o diálogo entre dois códigos – o verbal e não verbal. A exposição Quintais Poéticos surgiu quando a poeta Luciene Carvalho procurou o SESC Arsenal solicitando parceria para o Lançamento de seu novo projeto intitulado Quitutes e Quintais. Que resumidamente é um calendário em que cada mês consta um poema que faz alusão aos quintais e a uma antiga, e quase esquecida, tradição das crianças cuiabanas. A de fazer quitutes que, segundo a escritora, eram encontros nos quais crianças e adolescentes se reuniam e algum quintal trazendo, cada uma, uma porção de comida simples do cotidiano e no preparo ao ar livre de um almoço brincante, sonhavam, socializavam. Num encontramento lúdico em segurança, sob a guarida da família cuiabana – memória que habita o imaginário de todo cuiabano.

Na exposição teremos poemas de Luciene Carvalho  e Ivens Scaff, dois olhares sobre o mesmo quintal poético. 

No dia da abertura de exposição será realizado o lançamento do calendário poético Quitutes e Quintais, de Luciene Carvalho, com um grande Quitute sob as mangueiras do SESC Arsenal, trazendo o cardápio simples dos encontros dos quintais, convidando, principalmente a comunidade para participar desse encontro em nosso Quintal Poético.

Abertura: 07 de agosto - 19h - Hall de Entrada - Entrada Franca
Período da Exposição: 07/08 a 17/09
Terça a Sábado - 14h às 21h  / Domingos: 15h às 20h
Entrada Franca



Quer saber a programação completa de agosto acesse:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

....

TEATRO DE LETRINHAS apresenta o espetáculo infantil: A BRANCA, O AZUL E O VELHO!


A BRANCA, O AZUL E O VELHO! com Grupo Tripania (MT)



Para os contadores de historias, a memória é um baú cheio de boas lembranças e segredos. O velho Ismael, um desses encantadores, vai buscar nas historias vividas em sua juventude a mais emocionante. Uma aventura a bordo de um navio baleeiro e o encontro com aquela que todos os marujos temem e respeitam, a maior de todas as criaturas do mar, a baleia Moby Dick.

Elenco: Frank Busatto, Thaísa Moraes e Handerson Magalhães

07/08 - 18h - Salão Social - Entrada: 1 litro de leite longa vida - 70 lugares - Classificação livre

10/08 - 15h - Agendamento Escolar - Entrada Franca



Quer saber a programação completa de agosto acesse:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

....

SESC Porto oficina de Culinária Infantil: MESTRE CUCA MIRIM



MESTRE CUCA MIRIM - Bolo no Palito e Confecção de Flores


SESC Porto - 06/08 - 14h - Cozinha Experimental 
Inscrições na Central de Atendimento - R$5,00 (dep. de comerciário) e R$7,00 (usuário)





Quer saber a programação completa de agosto acesse:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

....

3 de agosto de 2011

SESC Arsenal realiza BAILE DE SALÃO: E VOCÊ, DANÇA?


Neste Baile você será a grande atração - E VOCÊ? DANÇA? - uma noite que ficará na sua história, as músicas, os corpos rodopiando pelo salão, o prazer de dançar serão totalmente inesquecíveis. Participe.

05/08 - 22h - Salão Social

Ingressos Individuais: R$ 15,00 (inteira) R$ 7,00 (meia) e R$ 5,00 (comerciário)  
Mesa com 04 cadeiras: R$ 60,00 (inteira), R$ 40,00 (meia) e R$ 30,00 (comerciário)



Quer saber a programação completa de agosto acesse:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

....

SESC ARSENAL apresenta MOSTRA: O AMOR SEGUNDO KAR-WAI





A dor da perda de um grande amor e a incapacidade de lidar com o mundo sem alguém especial ao lado são temas frequentes na obra de Wong Kar-wai. É um cinema basicamente emocional, sobre o amor. Personagens caminham num diálogo interior, fogem em busca de um recomeço, começam romances efêmeros para livrarem-se do passado infame... Kar-wai ousa e confunde o espectador, com o turbilhão de imagens difusas que saltam na tela. Na mostra serão exibidas seis obras deste diretor, seguidas por um bate-papo com a pesquisadora e curadora Juliana Curvo.


04/08 - AMORES EXPRESSOS (1994, 102 min) 

05/08 - CINZAS DO PASSADO REDUX (1994, 100 min) 

06/08 - FELIZES JUNTOS (1997, 96 min) 

25/08 - DIAS SELVAGENS (1990, 94 min) 

26/08 - AMOR À FLOR DA PELE (2000, 98 min) 

27/08 - 2046 (2004, 129 min)



SESC Arsenal - 19h - CineSESC - Entrada Franca






Quer saber a programação completa de agosto acesse:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

....

MÚSICA NO JARDIM apresenta CANTO ARAGUAIA, com BRANCO BARROS


CANTO ARAGUAIA. Com Branco Barros


Branco Barros é compositor, violonista e cantor. Musico há 27 anos, encontrou no Araguaia a identidade da sua música. O show Canto Araguaia  é a síntese do seu encantamento com os índios, a fauna, flora e as belezas do cerrado matogrossense.

Em 2011 prepara a gravação de um documentário onde retratará esses anos de carreira, registro de parcerias importantes como a realizada com o Bispo Dom Pedro Casaldaglia. O show contará com artistas convidados, que com certeza abrilhantarão o espetáculo. 


SESC Arsenal - 04 e 28/08- 20h - Jardim - Entrada Franca



Quer saber a programação completa de agosto acesse:
http://sesc-mt.blogspot.com/p/programacao-julho-2011.html

....

1 de agosto de 2011

SESC PORTO promove FESTIVAL DE JOGOS DE MESA




O Jogo é uma atividade física e mental que por um sistema de regras definem quem perde ou ganha e dentro do contexto lúdico acrescenta um ingrediente indispensável ao relacionamento interpessoal.


02/08 - Bozó e Dama

15h às 15h30 - Dinâmica de integração e quebra-gelo; histórico de como surgiu o jogo de dama e bozó;

15h30 às 16h –Dicas e estratégias para se jogar dama e bozó.

16h às 20h – Torneio de dama e bozó.


03/08 - Xadrez e Dominó

15h às 15h30 - Dinâmica, desafio quebra-cuca e histórico de como surgiu o jogo de xadrez e dominó;

15h30 às 16h – Dicas e estratégias para se jogar xadrez e dominó;

16h às 20h- Torneio de xadrez e dominó.


04/08 - Ping Pong

15h às 15h30 -  Dinâmica, desafio trava-línguas e histórico de como surgiu o jogo de ping-pong;

15h30 às 16h – Dicas e estratégias para se jogar ping-pong;

16h às 20h- Torneio de ping-pong.


Simultaneamente serão oferecidos outros jogos para os não inscritos no torneio. Encerramento das atividades com Bingo.


02 a 04/08 - 15h às 20h - Espaço Recreativo - Inscrições Gratuitas  - Aberto para todas as idades

MAURÍCIO RICARDO discute o tema A LITERATURA QUE PROVOCA O TEATRO, no CABEÇA ATIVA de agosto



Cabeça Ativa: A LITERATURA QUE PROVOCA O TEATRO. com Maurício Ricardo (MT)


Ação de interferência positiva para saltos criativos no processo de integração dos grupos locais de teatro e interessados, fortalecendo subsídios para que este coletivo crie a autonomia necessária para dar continuidade à pesquisa dentro e fora do projeto. Configura-se como um programa sistemático de estudos, desenvolvido a partir de temáticas pré-estabelecidas.

Sobre o Tema: ``No pregador podem-se considerar cinco circunstâncias: a pessoa, a ciência, a matéria, o estilo, a voz. A pessoa que é, e ciência que tem, a matéria que trata, o estilo que segue, a voz com que fala. Vamo-las examinando uma por uma e buscando esta causa.´´ (Vieira) Neste mês o pensamento gira em torno da Literatura como provocadora de um Teatro genuíno, catártico e crítico. Quando o que interessa é o texto teatral, a literatura, a linguagem é concebida como um conjunto de metáforas. O texto apresenta em sua natureza a ambigüidade, permeado por múltiplos sentidos, sugestões e sinalizações. É necessário que se perceba a profundidade de sentidos, sem deter-se apenas na sua leitura superficial. Assim, Literatura e Teatro realizam suas funções. Que funções? 

SESC Arsenal - 02, 03, 09 e 17/08 - 19h - Banco de Textos - Entrada Franca