30 de junho de 2011

Gisele Moreno Cia. de Dança apresenta VROU KLEUR



Emoldurado pelo olhar feminino, este espetáculo consiste nos resultados de uma pesquisa interna e externa sobre as influências emocionais que as cores causam nas mulheres. Segundo pesquisas, elas influenciam na personalidade, nas atitudes e nas expressões do cotidiano feminino. Como nos influenciou? Venha descobrir!

SESC Arsenal - 01 e 02/07 - 20h - Teatro - Entrada Franca

28 de junho de 2011

POESIA, VERSOS E CORDAS apresenta ENTRE O TRÁGICO E CÔMICO



Poesia, Versos e Cordas - 10 anos:
ENTRE O TRÁGICO E CÔMICO
com Maurício Ricardo

O Espetáculo apresenta contos de A Vida como ela é..., de Nelson Rodrigues, e trazem à tona toda a carga de pequenos e grandes dramas e tragédias que assolam a vida do carioca médio na primeira metade do século 20. Mordaz e sarcástico Nelson destila seu veneno em histórias curtas que sempre revelam um lado – normalmente – desconhecido de gente recatada e fidedgnina da sociedade do Rio de Janeiro.


29/06 - 15h e 20h - Teatro do SESC Arsenal - Entrada Franca
Agendamento de grupos pelo telefone: (65) 3616-6922

22 de junho de 2011

20 de junho de 2011

Ciclo Arsenal de Música apresenta: DEIXA FLORIR, com Grupo Bionne




Tanto faz se são flores do campo, rosas, ou margaridas. Ousamos com a diversidade de cores, tamanhos, perfumes e sonoridades. Algo que cruze o tradicional com o novo. Não se sabe se é samba, choro, tango ou bossa nova. Apenas sabemos que são novas possibilidades musicais. As “flores” foi o objeto escolhido para representar a beleza, feminilidade e sutilezas das interpretações das obras.  “O show “Deixa florir” é o resultado de uma pesquisa do grupo Bionne sobre as produções composicionais dos gêneros Samba e choro em Mato Grosso. O espetáculo tem como objetivo divulgar a cultura musical da região, além de fomentar a escuta desses gêneros.  Os arranjos são do pianista Leandro Braga e direção musical do compositor Paulo Monarco.


SESC Arsenal - 24 e 25/06 - 20h - Teatro - Entrada: R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (comerciário) e R$ 5,00

Música no Jardim apresenta CASA-MESTIÇA BRASIL, com Coletivo Ninhal




Um recorte da música brasileira com estremo critério e bom gosto, apresentado pelo grupo de pesquisa e experimentação musical – Coletivo Ninhal.

SESC Arsenal - 22 e 30/06 - 20h - Jardim - Entrada Franca

Continua as discussões do CABEÇA ATIVA, O Ator que Pensa! Com Maira Jeannyse


O TEATRO QUE PENSA - O ATOR, SUA INTERPRETAÇÃO NA MEDIEVALIDADE, MODERNIDADE E CONTEMPORANEIDADE, com Maira Jeannyse (MT)

Ação de interferência positiva para saltos criativos no processo de integração dos grupos locais de teatro e interessados, fortalecendo subsídios para que este coletivo crie a autonomia necessária para dar continuidade à pesquisa dentro e fora do projeto. Configura-se como um programa sistemático de estudos, desenvolvido a partir de temáticas pré-estabelecidas.

Sobre o Tema: Continuação do debate “O teatro que pensa”, parte da ideia de centralidade nos palcos na arte do ator, confirmando-se na Commedia dell’Arte, nas pesquisas acerca da atuação na Modernidade e que na atualidade torna-se motivo de análise: o ator é agente, objeto, sujeito ou produto de sua atuação? O que diferencia os termos interpretação, representação e atuação nestes tempos híbridos de criação?

O debate transitará por teóricos, encenadores, diretores que, através dos tempos, denominaram o ator como supermarionete, humanizado, dionisíaco, narrador, criador, dilatado, criador, performer a fim de tentar definir este novo ator.

SESC Arsenal - 07, 21, 22 e 28/06 - 19h - Banco de Textos - Entrada Franca

9 de junho de 2011

SESC Arsenal apresenta DRAMATURGIA LEITURAS EM CENA


O projeto “DRAMATURGIA: LEITURAS EM CENA”, promovido pelo – Departamento Nacional do SESC, foi criado para estimular a prática de leitura de textos teatrais. Visa difundir textos inéditos ou consagrados da dramaturgia nacional e mundial, pretendendo instrumentalizar e chamar a atenção de diretores e atores para as potencialidades cênicas – ou novos ângulos – de uma determinada obra.
Estas “Leituras em Cena” que agora se apresentam, são resultantes da Oficina de Dramaturgia ministrada por Eduardo Vaccari (RJ), Doutorando e Mestre em Artes Cênicas pela UNIRIO. A oficina teve como tema Mecanismos de comicidade: da página ao palco e do palco à página.
Para esta etapa o projeto Dramaturgia Leituras em Cena estará apresentando os textos de Eduardo Pavlovsky, Edward Albee, Plínio Marcos e Roberto Athayde.

PROGRAMAÇÃO:



PAS-DE-DEUX
Eduardo Pavlovsky

Sobre o Autor: Eduardo Pavlovsky nasceu em Buenos Aires, em 1933. Além de dramaturgo, é também ator, médico e psicodramatista. Pavlovsky fez história não somente dentro do teatro argentino, sendo um dos poucos artistas de teatro latino-americano que goza de renome internacional fora do continente. Algumas de suas 27 peças escritas foram publicadas no Brasil no ano passado, dentre elas, PAS-DE-DEUX, que na versão brasileira foi intitulada de PASSO DE DOIS.

A dramaturgia de Eduardo Pavlovsky é, sem dúvida, um dos principais motivos deste exercício de leitura dramática. O poder de sugestão que sua peça evoca, a violência que se multiplica em poesia e que com ela se confunde parece ser um concentrado muito rico das relações humanas do hoje em dia. E ao olhar para este hoje em dia, o que impressiona ainda é a facilidade do rótulo, nos ausentando de qualquer responsabilidade sobre o contato, afinal, tudo pode ser classificado, mesmo que nem se conheça aquilo a se classificar.
Com Pavlovsky, essas atitudes se voltam contra seus autores e reivindicam a eles – e a nós – sua parcela de culpa. Que valores são esses que propagamos sem ao menos compreendermos? Que virtualidade é essa que age sobre nossos relacionamentos e que nos impele à solidão? PAS-DE-DEUX aponta para o óbvio e o desmonta, afinal, nem sempre quem cala consente consente. Nem sempre.

Sinopse: PAS-DE-DEUX (1990) é o sugestivo título (em francês) que faz referência ao que seria a parceria entre bailarinos. Formando um par com seu parceiro, torna-se possível à bailarina saltar mais alto e realizar movimentos que jamais seriam possíveis caso fossem tentados solitariamente. O título sugere de imediato, portanto, uma relação marcada pela dependência e que, na peça, é ainda mais desbravada. Pavlovsky, a partir de dois personagens anônimos (ELE e ELA), fala ao universal: o que vemos é um caso de violência na relação homem/mulher, na relação torturador/torturada.
Em PAS-DE-DEUX estamos diante de um par que chegou ao esgotamento de sua relação. Pavlovsky expõe a violência sexual do homem e sua dependência física e intelectual frente à mulher, que na sua situação de vítima, encontra refúgio em sua própria força psíquica. Enquanto ELE a todo o momento quer se apoderar d’ELA, esta se vinga ao rechaçá-lo, ao não reconhecê-lo e a sequer lhe dar nome. A vítima é destruída fisicamente, mas o torturador não consegue se apoderar de sua palavra. O silêncio – ou, o não-reconhecimento – é a forma pela qual a vítima tortura o torturador.

Atores-Leitores: Karina Figueredo e Maurício Ricardo
Iluminação: Pendro Henrique Brites



14/06/2011 - 20h - Teatro do SESC Arsenal - Entrada Franca


--------------------------------------


HISTÓRIA DO ZOOLÓGICO
Edward Albee

Sobre o Autor: Considerado o maior dramaturgo vivo dos EUA, Edward Albee nasceu em 12 de março de 1928, foi adotado ainda bebê pelo casal Reed e Frances Albee, donos de uma cadeia de teatros. Muito da visão crítica sobre a sociedade americana capitalista se dá após sair da casa dos pais, aos 20 anos. Passa a conviver com intelectuais e grupos de vanguarda no bairro de Greenwich Village, em Nova York. Ali se encontravam expoentes da Geração Beat, boêmios e escritores ligados ao Partido Comunista – nesta época, alvo das perseguições e delações do senador Joseph MacCarthy.
Os acontecimentos que puseram os Estados Unidos no topo da história, que os tornaram modelo econômico e social para o resto do mundo serão o elo mais frágil na dramaturgia de Albee. A crítica consagrou, ao longo do tempo, A História do Zoológico (1958), O Sonho Americano (1960), Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1962), Um Equilíbrio Delicado (1966) e Três Mulheres Altas (1991) como os melhores textos do autor.
Em todos, busca mostrar um sistema aparentemente ordenado que entra em ruína pouco a pouco, conforme as personagens tomam consciência das engrenagens que as motivam a estarem ali. Edward Albee rompeu muito cedo com o estilo de vida norte-americano.
A História do Zoológico, que marcará o início da carreira do dramaturgo, será encenada pela primeira vez em Berlim, em 1959.
Albee será ligado, no momento de sua ascensão, ao Teatro do Absurdo. Cunhado em 1961, o termo seria associado a nomes como Albert Camus, o próprio Beckett, Harold Pinter, Jean Genet entre outros. Os artistas intuíram a perda de sentido para todas as ações do homem, que lutavam para se reconstituírem no pós-guerra. Daí o sentimento de absurdo dominar a cena em Esperando Godot (1949), de Beckett. Albee escreve A História do Zoológico nove anos depois.

Sinopse: A peça narra um diálogo conflituoso entre duas pessoas de realidades opostas. O choque entre Jerry, um homem solitário e entediado com a relação que mantém com as pessoas que o cercam na pensão onde mora e o pacato Peter, um homem bem casado e bem-sucedido, marcará para sempre a realidade dos dois.
Eles se encontram em um banco no Central Park, em Nova Iorque, vindo de um passeio no Jardim Zoológico, Jerry aborda Peter, que interrompe sua leitura e começa uma conversa casual, que logo se torna séria. Aparentemente inofensiva, a trama expõe as dores de dois opostos sociais e revela um ponto comum entre ambos: a solidão.

Atores-Leitores:Juliana Capilé e Tatiana Horevicht - Cia Pessoal de Teatro

15/06/2011 - 20h - Teatro do SESC Arsenal - Entrada Franca

--------------------------------------


A BALADA DE UM PALHAÇO
Plínio Marcos

Sobre o autor:  “A Balada de um Palhaço” foi a última obra de Plínio Marcos, escrito em 1986, em seu leito de morte, retratando a sua visão sobre a problemática sobrevivência da arte e da profissão artista em um embate entre um universo realista e uma discussão poética da arte. Com uma profunda poesia, discute os valores essenciais do artista (e porque não do ser humano?). Através da relação e conflito dos dois palhaços, se tem um texto que aborda várias das questões mais atuais da arte e sociedade.

Sinopse: O Grupo Tibanaré leva ao palco o consagrado Plínio Marcos com a peça “A Balada de um Palhaço”, que retrata o conflito de Bobo Plin, um palhaço de circo que entra em crise, em busca de sua identidade. O personagem se rebela contra um repertório fixo, copiado, recusando-se a repetir as velhas piadas e procura novos caminhos em busca de sua própria alma, a fim de preencher o vazio de uma existência que ele mesmo percebe medíocre. Em contrapartida, Menelão, diretor do circo, é um palhaço com sentimentos opostos ao do personagem principal, que só pensa nos lucros e em escapar da falência explorando o trabalho de Bobo. 


Direção e Iluminação: Jefferson Jarcem
Musica Cênica: Grupo Tbanaré
Atores-Leitores: Alexandre Cruz, Valter Lara, 
Vini Hoffmann, Watila Fernando e Jeniffer Reis



16/06/2011 - 20h - Teatro do SESC Arsenal - Entrada Franca

--------------------------------------



NO FUNDO DO SÍTIO
Roberto Athayde

Sobre o autor: Roberto José Austregésilo de Athayde, conhecido apenas como Roberto Athayde é um dramaturgo e escritor carioca que, aos 21 anos escreveu as chamadas, Peças Precoces. Dentre elas, Apareceu a Margarida, que foi seu único e retumbante sucesso com mais de 200 apresentações, nos mais diversos países. Apareceu a Margarida foi tão bem sucedido que, segundo o autor, terminou por ofuscar seus outros 27 trabalhos dramatúrgicos, alguns ainda inéditos até os dias de hoje. Em uma entrevista, certa vez, Roberto Athayde disse que, seu grande desejo era libertar-se do estigma do Apareceu a Margarida e conseguir que o restante de suas obras também fossem consumidas pelo grande público.Dessa maneira, com a leitura de No Fundo do Sítio, esperamos fazer jus ao seu desejo, desvelando um pouquinho do universo desse autor tão pouco explorado e, de quebra, valorizando um artista genuinamente brasileiro. 

Sinopse: No Fundo do Sítio, é um insólito diálogo entre duas pessoas que foram amigas na infância e se reencontram quarenta anos depois.


Atores- Leitores: Hélio Taques e Mazé Oliveira 


17/06/2011 - 20h - Teatro do SESC Arsenal - Entrada Franca

Hoje! BYE BYE BRASIL - Mostra 50 anos LC BARRETO



Em comemoração aos mais de 50 anos da produtora, a mostra apresenta obras marcantes do cinema brasileiro, mesclando filmes que obtiveram sucesso de público, obras apontadas como referências estéticas, adaptações de obras literárias, entre outros.

-------

Sinopse:

Salomé (Betty Faria), Lorde Cigano (José Wilker) e Andorinha são três artistas ambulantes que cruzam o país juntamente com a Caravana Rolidei, fazendo espetáculos para o setor mais humilde da população brasileira e que ainda não tem acesso à televisão. A eles se juntam o sanfoneiro Ciço (Fábio Junior) e sua esposa, Dasdô (Zaira Zambelli), com os quais a Caravana cruza a Amazônia até chegar a Brasília.

Título original: (Bye Bye Brasil)
Lançamento: 1979 (Brasil)
Direção: Cacá Diegues
Atores: José WilkerBetty Faria, Fábio Junior, Zaira Zambelli.
Duração: 105 min
Gênero: Comédia

-------------

SESC Arsenal - 19h - CineSESC - Entrada Franca

8 de junho de 2011

RUMOS ITAÚ CULTURAL apresenta O OUTRO DO OUTRO (PE) e COMO SUPERAR O GRANDE CANSAÇO (SP)




O OUTRO DO OUTRO, com João Costa Lima (PE)

"O Outro do Outro", do ator e bailarino pernambucano João Costa Lima. Fruto da bolsa de criação do programa Itaú Rumos Dança, a montagem se equilibra na fronteira entre dança e teatro. O projeto procura refletir sobre os processos de contrução/representação da identidade através da linguagem coreográfica.

SESC Arsenal - 11/06 - 20h - Salão Social - Entrada Franca

-----------------------





COMO SUPERAR O GRANDE CANSAÇO, com Eduardo Fukushima (SP)


Neste trabalho, Fukushima se concentra na pesquisa de linguagem corporal, buscando um vocabulário próprio de movimento, atento para extímulos vindos do meio para responder à pergunta: o que te move a dançar neste momento? Além do estudo corporal acadêmico, no curso de Comunicação das Artes do Corpo - PUC-SP, Fukushima também estuda técnicas corporais orientais como Chi Kung, Sentai-ho, a procura de um fortalecimento do centro do corpo, que utiliza como ponto de partida do movimento.

SESC Arsenal - 12/06 - 20h - Salão Social - Entrada Franca

--------------------------




6 de junho de 2011

MAIRA JEANNYSE puxa as discussões do próximo CABEÇA ATIVA de junho.



O TEATRO QUE PENSA - O ATOR, SUA INTERPRETAÇÃO NA MEDIEVALIDADE, MODERNIDADE E CONTEMPORANEIDADE


com Maira Jeannyse (MT)

Ação de interferência positiva para saltos criativos no processo de integração dos grupos locais de teatro e interessados, fortalecendo subsídios para que este coletivo crie a autonomia necessária para dar continuidade à pesquisa dentro e fora do projeto. Configura-se como um programa sistemático de estudos, desenvolvido a partir de temáticas pré-estabelecidas.

Sobre o Tema: Continuação do debate “O teatro que pensa”, parte da idéia de centralidade nos palcos na arte do ator, confirmando-se na Commedia dell’Arte, nas pesquisas acerca da atuação na Modernidade e que na atualidade torna-se motivo de análise: o ator é agente, objeto, sujeito ou produto de sua atuação? O que diferencia os termos interpretação, representação e atuação nestes tempos híbridos de criação?

O debate transitará por teóricos, encenadores, diretores que, através dos tempos, denominaram o ator como supermarionete, humanizado, dionisíaco, narrador, criador, dilatado, criador, performer a fim de tentar definir este novo ator.


SESC Arsenal - 07, 21, 22 e 28/06 - 19h - Banco de Textos - Entrada Franca

SESC Porto apresenta XV TAÇA CUIABÁ DE FUTSAL




Evento esportivo que já se tornou tradição em Cuiabá. Monte sua equipe e venha participar. Congresso técnico dia 03/06 às 19h30 no SESC Porto.


SESC Porto - 10/06 a 30/07 - Taxa de inscrição: 12 litros de leite longa vida por equipe. Premiação: Troféu e medalhas para os 1º e 2º lugares e troféu para: artilheiro, goleiro menos vazado, melhor técnico e disciplina.

SESC Rondonópolis apresenta IMERSÃO TEATRAL - Teatro Contemporâneo




"Ao sair do teatro, deve-se ter a impressão de  despertar de um sono bizarro, no qual as coisas mais comuns tinham o encanto estranho, impenetrável, característico do sonho e que não pode ser comparado a mais nada" (Stanislaw Witkiewickz)

Temas a serem abordados:

- O que é Teatro Contemporâneo?
- Teatro Pós-Dramático
- Processo de criação compartilhada
- Exercícios de Teatro: Corpo, Voz e Improvisação
- Intervenção Cênica na Cidade

13 a 17 de junho - 18h às 22h - SESC Rondonópolis


Inscrições Gratuitas - 35 vagas - Idade Mínima: 16 anos - Direcionado para pessoas que já possuem experiência em teatro.
Informações| (66) 3411-1450

SONORA BRASIL - CIRCUITO 2011/2012 apresenta CAIXEIRAS DO DIVINO (MA)






O Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais é um projeto temático que tem como objetivo desenvolver programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil.

Sagrados Mistérios: vozes do Brasil apresenta repertório da música vocal presente nas festividades populares em devoção às entidades religiosas, trazendo os cânticos das Caixeiras do Divino (MA), da Comitiva de São Benedito da Marujada de Bragança (PA) e da Banda de Congo Panela de Barro (ES). Representando a música de concerto, o Quarteto Colonial (RJ) apresenta repertório composto pelos mestres de capela para o ofício religioso da igreja católica e a obra de compositores modernos e contemporâneos inspirada nesse universo.

Caixeiras do Divino

Dentre os elementos mais importantes da festa do Divino estão as Caixeiras, senhoras devotas que cantam e tocam caixas acompanhando todas as etapas da cerimônia. É sua responsabilidade conhecer todo o ritual e o repertório relacionado, que é vasto e variado, e ainda precisam ter a habilidade do improviso para responderem a situações imprevistas no decorrer das etapas.  Dona Maria Rosa, Dona Maria de Jesus, Dona Zezé de Iemanjá, Dona Rosa Barbosa e Dona Rosa Dias, as Caixeiras do Divino de São Luis do Maranhão, apresentarão as várias etapas do festejo através de seus respectivos cânticos, acompanhados das caixas. O canto, ora em uníssono ora a duas vozes, pode apresentar variações na melodia principal, como ocorre tradicionalmente nas práticas da tradição oral, e suas características interpretativas traduzem a força alcançada pela relação de devoção ao Divino Espírito Santo.




Serviço:
Data: 09/06 - Quinta-feira
Horário: 20h
Local: Teatro do SESC Arsenal
Entrada Franca
Informações: (65) 3616-6901


IMAGENS EM PAUTA apresenta GINGER E FRED nesta terça-feira.





Giulietta Masina e Marcello Mastroianni em filme de Fellini

Em“Ginger e Fred” Fellini critica a televisão, homenageia seus ídolos e traça umasincera, às vezes dolorosa - mas sempre poética - crônica da velhice

Umacrônica nostálgica em torno do reencontro de uma dupla de dançarinos devaudeville que, 40 anos após a separação, reencontram-se num programa de TV, em Roma. Esse é o enredo do filme “Ginger e Fred” (Ginger e Fred, 1986, Itália, 121 minutos), atração destaterça-feira, 07 de junho, às 19 horas, no CineSesc Arsenal. Entrada gratuita.Classificação Indicativa: 14 anos.

O filme integra o Ciclo Fellini do “Imagens em Pauta”, projeto realizado peloSesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão &Vivência, Instituto de Linguagens e Curso de Comunicação Social da UniversidadeFederal de Mato Grosso. O projeto promove o hábito de assistir a e saber maissobre filmes de diferentes estéticas e cinematografias, além de estimular aprática social de frequentar uma sala de cinema.

Atualmenteo projeto se concentra na obra do italiano Federico Fellini (1920-1993), quedirigiu mais de duas dezenas de filmes. O ciclo já exibiu algumas obras iniciaisdo cineasta, marcadas pela influência do movimento neo-realista (“A Estrada daVida”, “Noites de Cabíria”), e agora passa pelos filmes que apresentam umaestética simbolista, marcada pelo onírico e fantástico (“Casanova de Fellini”,“E La Nave Va” e “Entrevista”).

Junto ao “Imagens em Pauta” acontece o projeto “Terças com Café”, realizado pelo SescMato Grosso, que oferece aos presentes na sessão, após bate-papo sobre o filme,um delicioso cappuccino, na área interna da Choperia Arsenal.


Trailer:




Serviço:
Oquê: “Ginger e Fred” (Ginger e Fred, 1986, 121 minutos)
Direção:Federico Fellini
Quando:Terça-feira (07/06), às 19:00
Onde: CineSesc Arsenal
Classificação indicativa: 14 anos
Entrada Gratuita

SESC Rondonópolis apresenta SEXTA CULTURAL - FORRÓ




A proposta de realização de evento ”Sexta Cultural” faz o trabalho de fomentar a produção cultural da cidade, proporcionando aos artistas locais uma oportunidade de apresentarem suas produções e técnicas articuladas com um repertório proposto pelo SESC. Trabalharemos com temas distintos destacando a música e as curiosidades que acompanham os gêneros propostos.  Desta forma oportunizamos o conhecer, relembrar e discutir os temas abordados.  Estes fatos são pesquisados e contados durante a apresentação musical numa forma de show dialogado.

SESC Rondonópolis - 10/06  - 23h - Ginásio- Entrada Franca

Projeto Reticências apresenta Palestra ESCREVER NO BRASIL - UMA AVENTURA PESSOAL




PROJETO RETICÊNCIAS
Palestra com Cristovão Tezza (PR)

Tema:
ESCREVER NO BRASIL – UMA AVENTURA PESSOAL



Cristovão Tezza é considerado um dos mais importantes autores da literatura brasileira contemporânea. Além de escritor, com mais de uma dezena de livros publicados, leciona na UFPR. É autor, entre outros, de Trapo, O fantasma da infância, Aventuras provisórias, Breve espaço entre cor e sombra (Prêmio Machado de Assis/Biblioteca Nacional de melhor romance de 1998) e O fotógrafo (prêmios da Academia Brasileira de Letras e Bravo! de melhor romance do ano). A publicação de O filho eterno marca seu retorno à Record. O livro venceu os mais importantes prêmios literários do país: primeiro lugar no Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa, como melhor livro do ano, venceu o Prêmio Bravo! Prime de Cultura, na mesma categoria. Foi escolhido também melhor romance pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (Apca) e ganhou o Jabuti de melhor romance. Além do Prêmio São Paulo de Literatura.

08/06 - 19h30 - Cinema - Entrada Franca - Distribuição de senhas com uma hora de antecedência. Interessados pela certificação de 3 horas deverão se inscrever na Central de Atendimento, conforme regulamentação do SESC.

2 de junho de 2011

PROGRAMAÇÃO SESC MATO GROSSO - JUNHO 2011



Veja a programação também em:
http://www.sescmatogrosso.com.br/unidade/Arsenal/programacao.php?cod_unidade=2

Hoje! LUAS E LUAS com Grupo Zabriskie (GO)



Com um baú cheio de brinquedos os palhaços Juca Mole e Ana Banana brincam de castelo, princesa e rainha. E convidam a platéia a, junto com eles, conseguirem a lua para uma princesinha. Em uma atmosfera lúdica as crianças dão sugestões, assumem personagens e constroem o espetáculo com os palhaços.

02/06 - 20h - Jardim SESC Arsenal - Entrada Franca

A ESCOLA SESC DE ENSINO MÉDIO está com inscrições abertas - Processo Seletivo 2012



ESCOLA SESC DE ENSINO MÉDIO – Uma escola com formação integral e oportunidade de desenvolvimento das mais diversas habilidades. Venha estudar com a gente!


PROCESSO SELETIVO 2012
PRÉ INSCRIÇÕES - DE 23 DE MAIO A 17 DE JUNHO/11


O Processo de Admissão está aberto a Candidatos que atendam às seguintes condições:
a) Escolaridade mínima - Ensino Fundamental completo;
b) Tenham nascido entre 01 de janeiro de 1996 e 31 de dezembro de 1998. 
Maiores informações: SESC ESCOLA CUIABÁ 3611-2300 ou no site:
www.escolasesc.com.br



UM POUCO SOBRE A ESCOLA SESC DE ENSINO MÉDIO:


A Escola SESC de Ensino Médio busca o desenvolvimento pleno do aluno, em todas as dimensões de sua realização pessoal, compartilhando vivências e culturas.


O propósito transformador da Escola fundamenta-se na excelência acadêmica, na ética do trabalho e na autodisciplina. Curiosidade intelectual, aprendizado em tempo integral, desenvolvimento físico, criatividade, pensamento crítico, troca de idéias e respeito às diferenças individuais e coletivas fundamentam as práticas pedagógicas.


A Escola engloba uma comunidade residencial de alunos e professores, que encoraja e valoriza a convivência com a diversidade, em ambiente de prática contínua de ética, honestidade, responsabilidade, civilidade, justiça e solidariedade. Tal concepção contribui para a formação de cidadãos proativos, íntegros, capazes de exercer papéis de liderança e transformação em suas comunidades e para os quais a vivência na Escola SESC de Ensino Médio será uma experiência para toda a vida.


Com turmas de até 15 alunos, a Escola SESC de Ensino Médio proporciona aos estudantes um programa acadêmico individualizado e condições diferenciadas de apreensão dos conteúdos propostos. O objetivo é uma preparação de excelência para o ingresso no ensino superior, aliada à qualificação profissional, desenvolvida em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC.


Em um conjunto esportivo com ginásio coberto (apto a receber competições internacionais), piscina semi-olímpica, campo de futebol, quadras poliesportivas,  salas de dança, ginástica e musculação, a Escola oferece um leque de atividades de esporte e lazer, além de programações externas, como caminhadas, passeios de bicicleta e excursões ecológicas.


Escola SESC de Ensino Médio acredita que cada aluno é naturalmente criativo e deve desenvolver seu potencial. Para isso o currículo de artes oferece cursos nas disciplinas de música, artes plásticas e cênicas. Os alunos beneficiam-se assim da oportunidade de explorar interesses em teatro, música, fotografia e pintura, em atividades tão variadas quanto circo, coral e grafite, entre outras.


Escola SESC de Ensino Médio atribui especial importância ao domínio de ferramentas tecnológicas e da língua estrangeira. Com tal objetivo nosso campus foi projetado para ser um ambiente wireless (rede de comunicação sem fio), onde cada aluno terá acesso a um computador pessoal. Os idiomas inglês e espanhol são oferecidos em um intenso programa didático de aprendizagem, inclusive com utilização em situações extraclasse.