27 de maio de 2011

Hoje! Teatro Independente (RJ) apresenta CACHORRO! - Festival Palco Giratório 2011


Sinopse do espetáculo: 
CACHORRO! narra a trajetória de um triângulo amoroso composto por uma mulher e dois homens que são amigos há muito tempo. O drama dá-se de forma contundente na medida em que o marido não está ciente da "sociedade amorosa" na qual está inserido. A sensação de perigo constante e o desejo pelo proibido fazem com que os amantes se arrisquem mais do que deveriam... 

CACHORRO! - Teatro independente (RJ)
27/05 - 20h - Teatro - Classificação: 14 anos - Entrada 1 litro de leite longa vida



Ficha Técnica
Texto – Jô Bilac
Direção – Vinícius Arneiro
Elenco – Carolina Pismel, Paulo Verlings e Vinícius Arneiro
Iluminação – Paulo César Medeiros
Figurinos – Júlia Marini
Trilha Sonora Original – Diogo Ahmed
Cenário – Daniele Geammal
Preparação Vocal – Stefânea Corteletti
Fotos – Paula Kossatz
Duração – 70 minutos
Faixa etária- 14 anos




Livremente inspirado no universo de Nelson Rodrigues, com dramaturgia original de Jô Bilac, CACHORRO! – que rendeu a Vinícius Arneiro a indicação de melhor direção do Prêmio Shell de 2007 no Rio de Janeiro. O espetáculo traz no elenco os atores Carolina Pismel, Paulo Verlings e Vinícius Arneiro  integrantes da companhia Teatro Independente.

 “Nelson Rodrigues é, na peça, o veículo para uma inspiração livre. Recolhemos tudo o que foi possível, todo o material, os pensamentos arquitetados a partir do autor, para então tirarmos a essência e explorar o inesgotável dramaturgo. Concebemos um texto que Nelson não redigiu, mas que de certa forma lhe pertence, porque surge a partir dele e porque diz respeito ao seu universo dramático”, conta Vinícius.

A dramaturgia de Jô Bilac

 A dramaturgia original de Jô Bilac realiza uma costura de elementos da também típica linguagem rodriguiana, preservando o ritmo, o uso de expressões que hoje soam cômicas, a maneira como as situações se desenrolam até o grande final trágico. O autor investiu num enredo fechado em detrimento da alternância de histórias.
 Para Vinícius Arneiro é sempre um desafio encontrar novas articulações criativas na abordagem de um autor como Nelson Rodrigues. “Para criar um olhar de proximidade e distância, dissecamos o gênero, atualizamos alguns pontos e subvertemos outros. Buscamos digerir antropofagicamente Nelson como referência fundamental da cultura popular carioca”, frisa o diretor.


Diálogo com a atualidade

 Em CACHORRO!, o diretor procurou valorizar os elementos atemporais que identifica como mais pertinentes à contemporaneidade dentro da obra de Nelson. "Há uma potencialidade nos impulsos dos personagens que dialoga com os dias de hoje. Acho que o mundo atual é cada vez mais impulsivo e veloz. E os personagens de Nelson, principalmente os da “A vida como ela é” e os das tragédias cariocas costumam não ser atravessados por um processo psicológico. Os ímpetos são passionais.", afirma Vinícius.




O Teatro Independente foi criado em 2006 com o esquete “CACHORRO!”, vencedor do I Mercadão Cultural – RJ nas categorias "Melhor Esquete" e "Melhor Direção". O esquete deu origem ao primeiro espetáculo do grupo, o também intitulado “CACHORRO!”. Estreado em outubro de 2007 no Espaço Sesc, a peça ficou em cartaz um ano no projeto "Repertório" no Teatro Maria Clara Machado (Planetário da Gávea), “CACHORRO!” recebeu a indicação ao PRÊMIO SHELL 2007 de Melhor Direção. Ainda em turnê, o espetáculo já percorreu 60 cidades do país e ultrapassou 200 apresentações. Tendo também passado por festivais como o FIT - São José do Rio Preto (SP),  FITA - Angra dos Reis (RJ), Festival Nacional de Recife, Mostra Cariri - CE 2008  entre outros. "REBÚ", novo projeto da Companhia foi contemplado pela lei de fomento através da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, estreou na sede da Cia. dos atores no Rio de Janeiro e participou da mostra oficial do Festival de Teatro de Curitiba 2010, FIAC Bahia, Festival de Florianópolis, Festival Nacional de Recife, Mostra SESC Cariri de cultura 2010, FITA Angra e Mostra Outubro no Teatro de João Pessoa. Além de duas temporadas simultâneas e bem recebidas pelo público e pela crítica no eixo Rio- São Paulo em Junho e Julho de 2010.  O Teatro Independente é formado pelos integrantes: Carolina Pismel, Paulo Verlings, Vinicius Arneiro, Julia Marini e Jô Bilac.





Nenhum comentário:

Postar um comentário