27 de maio de 2011

Domingo! Espetáculo infantil O FIO MÁGICO (PE) encerra o FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO 2011


Sinopse do espetáculo: 
O Fio Mágico é a história de Gérard, um menino impaciente que recebe o dom de adiantar o tempo manipulando o fio de sua própria vida. Mesmo diante de uma situação fantástica, que aparentemente resolveria seus problemas, o personagem se depara com conflitos entre o bem e o mal, o envelhecimento e a inevitabilidade da morte. A vivência o leva a construir outro olhar sobre o significado da vida. A história mostra que é possível vencer obstáculos e ser bem sucedido mesmo sem se ter um dom especial. Que a mágica da vida reside em se vivê-la plenamente.

Aliada à natureza da trama, a utilização do teatro de animação possibilita que sonho, fantasia e imaginação se misturem formando uma realidade leve e peculiar. A presença constante da música e o bom-humor do espetáculo facilitam o envolvimento do público com temáticas que poderiam parecer pesadas se fossem feitas de forma naturalista. As ações são narradas por três parcas, personagens da mitologia grega que puxam, tecem e cortam o fio da vida. As narradoras manipulam e contracenam com os bonecos dentro da proposta de potencializar o envolvimento entre espectadores e personagens. 

O FIO MÁGICO, MÃO MOLENGA - Teatro de Bonecos (PE)
29/05 - 17h - Teatro - Classificação: 
Livre - Entrada 1 litro de leite longa vida





 Histórico do grupo:
O Mão Molenga Teatro de Bonecos é uma companhia especializada em bonecos e formas animadas que atua em teatro desde 1986. Nesses 24 anos de atividades ininterruptas, a companhia tem levado sua arte onde é possível, sempre com o desejo de conquistar diferentes públicos e estimular novos artistas a seguirem o mágico ofício de dar vida ao inanimado.

Seu espetáculo de estréia foi O Retábulo da Barafunda, apresentado na Galeria Metropolitana de Arte Aloísio Magalhães, atual Mamam. Nele, manipulavam bonecos de boca articulada feitos de espuma e tecido. Nos anos seguintes, o Grupo aprimorou técnicas de confecção e manipulação, diversificando sua produção, utilizando papier  maché, couro, madeira e diferentes materiais e acabamentos. Em O Sem Nome, montagem experimental a partir da adaptação livre do texto Coram Populo do sueco August  Strindberg (1849-1012), os bonecos foram criados inspirados no universo fantástico do pintor holandês Hieronymus Bosch (1450-1516).

Com suas produções mais recentes A Cartola Encantada e Babau o Mão Molenga chegou a todas as regiões do País desde 2006, através da participação no Palco Giratório, projeto de circulação nacional de espetáculos do SESC e no Festival Sesi Bonecos com apresentações de suas encenações e participação nas campanhas para televisão.

Em TV, já são mais de 15 anos de experiência onde se destaca a participação na campanha de São João do SBT (TV Jornal-Recife), de 1991 a 1996, com historinhas criadas, produzidas e co-dirigidas pelo grupo. Mais recentemente, entre 1998 e 2001, o Mão Molenga protagonizou com seus bonecos os 30 episódios da Série 5 Séculos de história, realizada pela Fundação Joaquim Nabuco (MMP) para a TV Escola/MEC, até hoje na programação de TVs públicas e educativas.

Integram o Mão Molenga Fábio Caio, ator, aderecista e arte-educador; Marcondes Lima, diretor, ator, cenógrafo, figurinista e professor de Artes Cênicas da UFPE; Carla Denise, jornalista, atriz-manipuladora, roteirista e dramaturga e Fátima Caio, psicóloga, arte-terapeuta e atriz-manipuladora.



Ficha técnica do espetáculo:

Direção cênica/ Direção de arte: Marcondes Lima
Autora: Carla Denise
Elenco: Fábio Caio, Marcondes Lima, Fátima Caio
Criação dos bonecos: Marcondes Lima e Fábio Caio.
Execução dos bonecos e adereços: Atelier do Mão Molenga e convidados: Altino Francisco,  Elias Costa e Lucas Torres
Direção musical: Henrique Macedo
Composições: Henrique Macedo e Carla Denise
Confecção de cenários: Atelier do Mão Molenga
Marcenaria: Gustavo Araújo Teixeira
Cenário em 2D: George Cabral
Confecção de figurino (atores e bonecos) - Maria Lima
Programação visual e Design de Luz: Sávio Uchoa
Operador de Luz: Pedro Vilela
Operador de Som: José Neto
Fotografias e divulgação: Carla Denise
Produção: Mão Molenga Teatro de Bonecos




Nenhum comentário:

Postar um comentário