3 de maio de 2011

CineSESC exibe HIROSHIMA, MEU AMOR - MOSTRA 1959: O ANO MÁGICO DO CINEMA FRANCÊS




1959 foi um divisor de águas para os cinemas francês e mundial. Os cineastas que então iniciavam suas carreiras como diretores contribuíram para o aprofundamento da linguagem cinematográfica e esta mostra compreende cinco obras deste período, de cineastas com estilos distintos e redefinidores do cinema pós-guerra.

------------------------

05/05 - HIROSHIMA, MEU AMOR  (Dir. Alain Resnais)

Hiroshima, 1959. Uma atriz francesa casada (Emmanuelle Riva) veio de Paris para trabalhar num filme sobre a paz. Ela tem um affair com um arquiteto japonês (Eiji Okada) também casado, cuja esposa está viajando. Nos dois dias que passam juntos várias lembranças vêem à tona enquanto esperam, de forma aflita, a hora da partida dela. Ela conta que foi "tosquiada", pois se apaixonou por um alemão (Bernard Fresson) quando tinha apenas 18 anos e morava em Nevers, sendo libertada no dia em que seu amor foi morto, já no final da 2ª Guerra Mundial. Por ter amado um inimigo ela foi aprisionada por sua família numa fria e escura adega e agora, 14 anos depois, novamente sente o gosto de viver um amor quase impossível.

Data: 05/05 - Quinta-feira
Horário: 19h
Local: CineSESC - SESC Arsenal
Entrada Franca





Nenhum comentário:

Postar um comentário