13 de maio de 2011

A CABANAGEM é tema de espetáculo do FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO 2011


Sinopse do espetáculo: Cabanagem foi uma revolta popular em que negros, índios e mestiços insurgiram contra a elite política regencial. Diversas batalhas fizeram com que o movimento ficasse marcado por violência. A pesquisa para o espetáculo partiu da literatura de Márcio Souza e Marilene Corrêa, onde o coreógrafo iniciou o seu trabalho mergulhando no universo Cabano. A obra não é narrativa. O espetáculo apropria-se da essência da Cabanagem e utiliza a linguagem de Mário Nascimento para traduzir o espírito de resistência, de luta, de revolta, de preservação das culturas de determinado local.

Histórico do grupo: O Corpo de Dança do Amazonas - CDA foi criado em 1998 pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura, concretizando assim o Programa de Artes, com a formação dos Corpos Artísticos do Teatro Amazonas, objetivando a difusão dessa linguagem e despertando ao público a sensibilidade para o enriquecimento cultural e humano. A Cia. mantém uma programação artística com o repertório diverso, desejando abranger os múltiplos aspectos da dança contemporânea brasileira. Para isso tem realizado criações com a colaboração de artistas convidados do Brasil e do Exterior. 

SESC Arsenal - 13/05 - 20h - Teatro - Classificação: 14 anos - Entrada 1 litro de Leite Longa Vida





Ficha técnica do espetáculo: 
Direção Artística do Corpo de Dança do Amazonas: Monique Andrade / Getúlio Lima
Concepção e Coreografia: Mário Nascimento
Produção Musical: DJ Marcos Tubarão
Iluminação: Mário Nascimento
Iluminação (execução): Monique Andrade
Figurino: Mário Nascimento e Corpo de Dança do Amazonas
Produção: Carla Lee
Fotografia: Ruth Jucá
Pesquisa
“Uma breve História do Amazonas” de Márcio Souza
“O Paiz das Amazonas” de Marilene Correa

Elenco
ADAN SOUZA
ADRIANA GÓES
ANDRÉ DUARTE
ÂNGELA DUARTE
BALDOINO LEITE
FABIAN AARÃO
FLÁVIO SOARES
GENTIL NETO
GETÚLIO LIMA
HELEN ROJAS
LIENE NEVES
MARILUCY LIMA
MEIRE JANE MELO
ROSELY REIS
SUMAIA FARIAS
VALDO MALAQ

Duração: 50 minutos




Nenhum comentário:

Postar um comentário