30 de março de 2011

Voo de Psique de Luciene Carvalho abre o Poesia, Versos e Cordas - 10 anos



A Educação Como Base


O SESC Mato Grosso tem por objetivo a geração de novas sensibilidades e a formação de sentidos para o aperfeiçoamento, enriquecimento e difusão da produção cultural em todas as modalidades da arte: cinema, teatro, dança, música, artes visuais e literatura. 

Especificamente em literatura o SESC disponibiliza para toda a sociedade ações que favorecem o diálogo entre o leitor e o texto literário, alimentando um processo contínuo de tensão transformadora, no qual a literatura e a leitura são vistas como algo primordial para a existência humana e para a formação de um cidadão criticamente atuante. Dentre essas ações o SESC realiza, há 10 anos, o projeto Poesia, Versos e Cordas que anualmente apresenta um diversificado repertório de leituras que exploram as potencialidades de significados que cada texto carrega, além de instaurar uma nova relação de significados para o leitor ouvinte. 
No projeto Poesia, Versos e Cordas a literatura se manifesta através da diversidade de autores, textos e leituras apresentadas. Nele o palco se configura como um espaço de mediação e circulação literária, formando uma rede social que envolve público (espontâneo e escolar), atores (que fazem as leituras e atuam como agentes mediadores), professores (mediadores nas instituições de ensino). Todos parceiros multiplicadores do projeto.

Ao sistematizar essa ação o SESC-MT valoriza e fortalece a política de atuação para a área que tem como principal objetivo colaborar para formação e ampliação de leitores, pois acredita que é através da leitura que o cidadão adquire a condição imprescindível para partilhar do acervo cultural, político e social acumulado pela nação. Cumprindo com o compromisso de ter a educação como base, função social da Entidade.

-------------------


VOO DE PSIQUE
com Luciene Carvalho e Jeniffer Reis

Com linguagem cênica construída a partir de contos e poemas contidos na trilogia Sumo da Lascívia, Aquelarre ou Livro de Madalena e Conta Gotas, todos livros da escritora leitora Luciene Carvalho. Voo de Psique é um mergulho profundo no desterritório da alma feminina. Luz, som, lírica e sensibilidade...


Serviço:
Data: 30 de março de 2011
Horário: 15h e 20h 
Local: Teatro 
Entrada Franca


‘‘Este projeto do SESC Mato Grosso - Poesia, Versos e Cordas – parece furrundu, inventado nestas terras – talo de mamão ralado misturado com rapadura. Letras poéticas nossas ou de qualquer lugar ganham moldura musical de um tocador e o palco do teatro do Arsenal vira tacho onde a prata da casa vem refinando seu talento. Gente com gosto pelas letras, escolares, curiosos e desavisados experimentam e lambem o beiço. Faço desde 2002 e revirou minha carreira no avesso.

Amo!!!’’

Luciene Carvalho
Poeta

21 de março de 2011

Cia Nu Escuro (GO) apresenta 2 espetáculos no SESC ARSENAL


Espetáculo: CARRO CAÍDO - Com Cia Nu Escuro (GO)

A peça é uma adaptação livre de um conto popular - Carro Caído - recolhido por Câmara Cascudo. Conta a história de uma carreiro chamado Rubião que tinha a grave mania de falar nome feio (do Tinhoso) junto com nome Santo. Mesmo tendo sido alertado do mau agouro que poderia acometê-lo.

24/03 - 20h - Jardim - Entrada Franca









Espetáculo: O ALIENISTA - Cia Nu Escuro (GO)


“Na cidade de Itaguaí, voltando de seus estudos na Europa, e dominado por um sentimento humanitário, achou ele de construir uma casa para alienados e descobrir o remédio universal para a loucura, tornado-se O Alienista”. Este é o ponto de partida da dramaturgia que além do conto machadiano, coloca em confronto o a visão cientifica de Simão Bacamarte com o ponto de vista da Loucura sobre ela mesma, com os textos de Erasmo de Roterdan, produzindo um contraponto e procurando um dialogo singular e questionador sobre a patologia cerebral e, principalmente, os valores morais da sociedade.

25 e 26/03 - 20h - Teatro - Entrada Franca -  (Os ingressos serão distribuídos com 1 hora de antecedência)

Giulietta Masina brilha em “Noites de Cabíria” no IMAGENS EM PAUTA no CineSesc



Realismo e fantasia se misturam em filme de Fellini
Por Cristiane Guse


Uma prostituta procura, incansavelmente, seu verdadeiro amor nas ruas de Roma. Após muitas decepções, encontra o pretendente dos sonhos no local e hora mais inapropriados. Esta busca é o tema de “Noites de Cabíria” (Le notti di Cabiria, Itália/França, 1957, 110 minutos), em exibição nesta terça-feira, 22 de março, às 19:00, no CineSesc Arsenal. Entrada gratuita.

O filme faz parte do Ciclo Fellini, o primeiro ciclo do quinto ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Instituto de Linguagens e Curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. O projeto promove o hábito de assistir a e saber mais sobre filmes de diferentes estéticas e cinematografias, além de estimular a prática social de frequentar uma sala de cinema.

Em 2011, junto ao “Imagens em Pauta” acontece o projeto “Terças com Café”, realizado pelo Sesc Mato Grosso, que oferece aos presentes na sessão, após bate-papo sobre o filme, um delicioso cappuccino, na área interna da Choperia Arsenal.


Saiba mais

Vídeo http://www.youtube.com/watch?v=u0rqhdx1154&feature=related
Análise http://recantodasletras.uol.com.br/resenhasdefilmes/1960073
Crítica http://www.contracampo.com.br/70/cabiria.htm

Na próxima semana (29/03), o filme exibido será o cultuado “A Doce Vida”.


Serviço
 “Noites de Cabíria” (Le notti di Cabiria)
Direção: Federico Fellini
Data: Terça-feira (22/03)
Horário: 19h
Local CineSesc - SESC Arsenal
Classificação indicativa: 16 anos
Entrada Gratuita

Festival de Abertura da Temporada 2011 de Natação



Realizado pela Federação Matogrossense de Natação, no dia 19/03/2011, no SESC Porto. (Fotos: Jan Moura)

Mais Fotos em nosso Flickr:
www.flickr.com/photos/sescmt

MESTRE CUCA MIRIM - Ovos da Páscoa - SESC Porto -



Oficina de Ovos da Páscoa, realizado no projeto Mestre Cuca Mirim no SESC Porto, no dia 19/03/2011. (Fotos: Jan Moura)


Mais Fotos em nosso flickr:
http://www.flickr.com/photos/sescmt

17 de março de 2011

Museu Itinerante Rabobank apresenta exposição “A Natureza das pessoas”, no SESC Arsenal




O projeto cultural Museu Itinerante Rabobank traz a Cuiabá, de 23 de março a 20 de abril, no SESC Arsenal, a exposição “A Natureza das Pessoas”, que apresenta 40 reproduções de grandes obras de arte selecionadas cuidadosamente pela curadora Katia Canton.

Os trabalhos são uma coletânea de pinturas, fotos e documentação de instalações espalhadas por grandes museus do mundo e mostram a visão de artistas nacionais e internacionais sobre a relação entre ser humano e natureza. Entre os artistas brasileiros que participam da exposição estão Cândido Portinari, Lasar Segall, Manuel de Araújo, Araquém Alcântara,Tarsila do Amaral e Leda Catunda; entre os estrangeiros, estão Vincent van Gogh, Edward Munch, Claude Monet e Paul Cézanne. Cuiabá será representada por dois artistas locais: José Pereira e Adão Domiciano

 "’A Natureza das Pessoas’ é uma exposição que demonstra como os artistas sempre refletiram sobre o meio ambiente,” diz Katia, que tem diversos livros editados e é Docente e curadora do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo e  Livre-Docente em Teoria e Crítica de Arte pela Escola de Comunicação e Artes da USP.

 Ela acrescenta: “Nos quatro núcleos, quatro reflexões diferentes. Na primeira, a visão da natureza como uma paisagem, sem a presença humana. Na segunda, seres humanos se articulam com a natureza, retirando dela lazer e alimento. Na terceira, os artistas lançam seus olhares singulares para recriar a natureza e, no quarto, revelam os perigos de um mundo em que a natureza é constantemente desrespeitada. Com a arte, podemos mostrar essas visões e provocar uma reflexão sobre nossas próprias responsabilidades perante a preservação da vida."

O projeto conta também com um programa de arte-educação voltado a estudantes de escolas da rede pública, que envolve um workshop para professores e distribuição de livros de estudos sobre o tema da exposição e as obras que a compõem. Mediadores treinados especialmente para esta exposição estão prontos para receber os visitantes e especial atenção é dada a grupos escolares previamente agendados junto à secretaria de educação. Esses colaboradores do projeto são selecionados dentro da comunidade, treinados pela curadora e devidamente remunerados.

“Democratizar o acesso à cultura é pensar na grande maioria da população brasileira que está à margem do conhecimento e da informação, tão restritos aos grandes centros. Para conseguirmos realizar o sonho da arte para todos, precisamos contar com patrocinadores e parceiros que nos permitam realizar projetos tão plenos e com tantas variáveis”, explica Soraya Galgane, diretora da Elo3, realizadora do projeto, que completa: “Exibir reproduções de obras de arte é uma tendência da globalização. Uma oportunidade para que as pessoas conheçam a arte, ampliem seus conhecimentos, seus valores e sua curiosidade pelo mundo”.

“Por ter raízes no agronegócio, o Rabobank sempre teve um forte compromisso com a área socioambiental. Por isso, além de desenvolvemos ações para ajudar nossos clientes a manter os seus negócios sustentáveis, ampliamos também as nossas iniciativas para as comunidades em que atuamos”, disse Daniela Mariuzzo, gerente de Responsabilidade Sociambiental do Rabobank. “Com o Museu Itinerante Rabobank, acreditamos que podemos trazer, por meio da arte, maior consciência sobre o meio ambiente para as pessoas que vivem nessas localidades”, ela completa.

O Museu Itinerante Rabobank  é viabilizado com recursos privados obtidos através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Além disso, para a realização deste projeto, foram realizadas parcerias com a Prefeitura Municipal de Cuiabá, através das Secretarias de Educação e Cultura; com o SESC Arsenal, com o Grupo Gazeta e com a Pantanal Transportes.
O Museu Itinerante Rabobank 2011, estréia em Cuiabá e seguirá para Chapadão do Sul, Brasília, Ribeirão Preto, e São Paulo.

Quando: 23 de março a 20 de abril
Local:  SESC Arsenal - Salão Social
Horário:Terça à sábado, das 14h às 21 / Domingo, das 16h às 20h
Entrada gratuita

Visitas monitoradasAgendamento para escolas (65) 3645-6567, com Mariana ou Rosangela

Informações para a imprensa:Contato: Josana Salles
Celular: 65-9966-3681
josanas@terra.com.br

Elo3 Integração EmpresarialContato: Soraya Galgane
Tel (11) 3841 2520 / 9638 3147
sorayagalgane@elo3.com.br

CineSESC exibe hoje filme ESTÔMAGO do Diretor Marcos Jorge





Título original: (Estômago)
Lançamento: 2008 (Brasil, Itália)
Direção:Marcos Jorge
Duração: 112 min
Gênero: Drama

Sinopse:
Raimundo Nonato (João Miguel) foi para a cidade grande na esperança de ter uma vida melhor. Contratado como faxineiro em um bar, logo ele descobre que possui um talento nato para a cozinha. Com suas coxinhas Raimundo transforma o bar num sucesso. Giovanni (Carlo Briani), o dono de um conhecido restaurante italiano da região, o contrata como assistente de cozinheiro. A cozinha italiana é uma grande descoberta para Raimundo, que passa também a ter uma casa, roupas melhores, relacionamentos sociais e um amor: a prostituta Iria (Fabiula Nascimento).

17/03  - 19h - CineSESC - Entrada Franca

Veja Trailer do Filme:

16 de março de 2011

SESC Porto promove oficinas de Culinária para Adultos e Crianças





O SESC Porto tem entre suas diversas ações a promoção de oficinas de culinária. Aprenda diversas dicas e receitas que irão ampliar seus conhecimentos e melhorar sua qualidade de vida. Há também oficinas divertidas direcionadas para o público mirim.

Confira abaixo a programação da Cozinha Experimental para março:

CULINÁRIA DA VOVÓ: BOLO DE ARROZ

18/03 - 14h às 17h - Cozinha Experimental SESC Porto - Inscrições: 1 litro de leite longa vida
Faixa Etária: a partir de 14 anos

MESTRE CUCA MIRIM: OVO DA PÁSCOA


Cozinha Infantil Divertida! Aprenda brincando a fazer deliciosas receitas, recheadas de brincadeiras, jogos e diversão.

(VAGAS ESGOTADAS) - 19/03 - 14h às 17h - Cozinha Experimental SESC Porto - Inscrições: R$ 5,00 (comerciário) e R$ 7,00 (usuário).
Próxima Edição:
16/04 - 14h às 17h - Cozinha Experimental SESC Porto - Inscrições: R$ 5,00 (comerciário) e R$ 7,00 (usuário).




CULINÁRIA SAUDÁVEL: SUCOS ENERGÉTICOS
23/03 - 18h às 21h - Cozinha Experimental SESC Porto - Inscrições R$ 5,00 (comerciários) e R$ 7,00 (usuários)




Ciclo Arsenal de Música - MONOFOLIAR com Estela Ceregatti (Alguns Momentos)

14 de março de 2011

“Imagens em pauta” retorna com “A Estrada da Vida” de Fellini




Por Diego Baraldi

Bate-papo e cappuccino depois da exibição.


As aventuras e desventuras do convívio entre a ingênua Gelsomina (Giulieta Masina) e o brutamontes Zampano (Anthony Quinn) são atração de “A Estrada da vida” (La Strada. Itália, 1954, 108 min), premiado filme de Federico Fellini, em exibição nesta terça-feira, 15 de março, às 19:00, no CineSesc Arsenal. Entrada gratuita. Classificação indicativa: 12 anos.

O filme abre o quinto ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência, Instituto de Linguagens e Curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. O Imagens em Pauta promove o hábito de assistir a e saber mais sobre filmes de diferentes estéticas e cinematografias, além de estimular a prática social de frequentar uma sala de cinema.

Entre os meses de março a maio, o projeto se concentra na obra do cineasta italiano Federico Fellini (1920-1993), que dirigiu mais de duas dezenas de filmes. O ciclo contemplará obras que vão do início da carreira do cineasta, marcadas pela influência do movimento neo-realista (“A Estrada da Vida”, “Noites de Cabíria”), passando por filmes que apresentam uma estética simbolista, marcada pelo onírico, grotesto e fantástico (“Oito e meio”, “Amarcord”, “Casanova”), até chegar à auto-reflexão (“Entrevista”).

Em 2011, junto ao “Imagens em Pauta” acontece o projeto “Terças com Café”, realizado pelo Sesc Mato Grosso, que oferece aos presentes na sessão, após bate-papo sobre o filme, um delicioso cappuccino, na área interna da Choperia Arsenal.

Sobre “A Estrada da Vida”

O filme apresenta a história do rústico Zampano (Anthony Quinn), artista mambembe que atravessa regiões pobres da Itália pós-guerra ganhando a vida em apresentações. Sua performance é a do homem acorrentado que, com muita força, arrebenta correntes.

Zampano irá arrebatar o coração de Gelsomina (a incrível Giulietta Masina, esposa de Fellini), moça desajeitada e inocente que se apaixona pelo brutamontes e passa a acompanhá-lo durante as viagens. Junto com Zampano, Gelsomina realizará uma peregrinação repleta de descobertas e sofrimento.

Com argumento de Fellini e colaboradores, “A Estrada da Vida” recebeu o Oscar de melhor filme estrangeiro em 1956. A trilha sonora de Nino Rota, fiel colaborador do cineasta, tornou-se um marco na história do cinema. O tema musical de Gelsomina tornou-se tão popular que é reconhecido por pessoas que nunca assistiram ao filme de Fellini.

Na próxima semana (22/03), Giulieta Masina está de volta, em mais uma interpretação inesquecível, com “Noites de Cabíria”, outra obra-prima de Fellini. Não perca! Se você deseja ser avisado sobre as exibições do projeto, envie um email para imagensempauta@gmail.com com a informação “Cadastrar e-mail”. Para saber mais, siga também o “Imagens em Pauta” no Twitter: @ImagensEmPauta.

Sobre o CineSesc

O CineSesc é climatizado e aconchegante, com 65 lugares, som surround e projeção multimídia. Está localizado no Sesc Arsenal, centro cultural que conta com espaços como Biblioteca, Banco de Textos de Artes Cênicas, Teatro, Centro de Difusão e Realização Musical, Galeria de Arte e Choperia. Confira as atividades culturais que este centro cultural oferece através do blog www.sesc-mt.blogspot.com ou pelo telefone 3611 0550.

A programação do CineSesc é gratuita e direcionada aos curiosos e interessados em cinema. Endereço: Rua Treze de Junho, s/nº, bairro Porto (amplo e seguro estacionamento com entrada pela rua lateral).

Para cancelar o recebimento deste boletim, envie uma mensagem com o Assunto “Cancelar Recebimento” para imagensempauta@gmail.com.

Serviço
O quê: “A Estrada da Vida”
Direção: Federico Fellini
Quando: Terça-feira (15/03), às 19:00.
Onde: CineSesc / SESC Arsenal
Classificação indicativa: 12 anos
Entrada Gratuita





MONOFOLIAR - Estela Ceregatti - Ciclo Arsenal de Música (Fotos)



Mais fotos em nosso flickr:
http://www.flickr.com/photos/sescmt

10 de março de 2011

ESTELA CEREGATTI apresenta MONOFOLIAR no CICLO ARSENAL DE MÚSICA




A cantora Estela Ceregatti apresenta um recorte do resultado composicional de sua existência artística natural. Estela apresenta-se, juntamente com os músicos Daniel Baier, Jhon Stuart, Juliane Grisólia e Tarcísio Sobreira.

Data: 12 e 13/03
Horário: 20h 
Entrada: R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (meia) e R$ 5,00 (comerciários)
Informações: (65) 3616-6901




ESTELA CEREGATTI


Estela Ceregatti, 22 anos, nasceu no dia 9 de outubro em Cuiabá – MT, onde cursou todo o ensino fundamental e médio em escola de Pedagogia Waldorf, cujo ensino é através das artes.

Em 2000, iniciou seus estudos de violão com Pio Toledo e Ellen Toledo (Cuiabá-MT) e começou a estudar técnica vocal com Ellen Toledo. Aos quinze anos passou a integrar o grupo de choro: Novos Chorões, participando da gravação de dois CDs do grupo.

Posteriormente (2001), passou a integrar o Bionne, grupo de choro e samba formado por mulheres, onde atuou como vocalista por quatro anos e meio. Em 2006 uniu-se ao grupo vocal feminino: Boca de Matilde, onde permaneceu até início de 2008.  

     Compositora desde os quatorze anos, hoje com linguagem musical mais amadurecida, passou por alguns cursos / professores essenciais à sua formação, dentre eles: Curso de Música Popular Brasileira – SESC Arsenal, com Ellen Toledo e Pio Toledo – 2005, Curso Antropomúsica – Botucatu – SP, onde teve aula de Técnica e Arranjo Vocal com Meca Vargas (SP), Euritmia e Cântele com Veronica Brunis (Alemanha) e Composição, Prática em Conjunto e Construção de Instrumentos com Marcelo Petraglia (SP) – 2007. Curso de Técnica Vocal com André Vilani (MT) – 2007, curso de Composição e Violão com Marcus Ferrer (SP), pelo SESC Arsenal – 2009, Curso de Percussão Corporal com grupo Barbatuques (SP) – 2009, curso sobre Técnica Eletroacústica com professor renomado João Pedro Oliveira (Portugal) – 2009, curso de Eletroacústica com professora especialista Cristina Dignart (UFMT) – 2009, Curso de Harmonia com Ebinho Cardoso, SESC Arsenal – 2009, Curso de Extensão de Composição com Ticiano Rocha (UFMT) – 2010, Percussão Popular com Edson Quesada (DF) e aulas de canto popular com a renomada cantora brasileira: Fátima Guedes (RJ), pelo 32º Curso Internacional de Verão da Escola de Música de Brasília – 2010. Fátima Guedes acresceu grande influência em seu aprendizado.

Em 2008, esteve em Toronto – Canadá, onde apresentou interpretações e composições  próprias em galerias de artes, casas de jazz e restaurantes brasileiros.

De volta ao Brasil, teve composição selecionada pela Mostra de Música do SESC – 2009 e dentre as participações especiais recorrentes, salienta-se o show do renomado Renato Braz, onde interpretou música de autoria própria em parceria com o músico.

Atualmente, no terceiro ano do curso de Música – UFMT, segue carreira solo, integra o grupo URUTAU, que interpreta algumas de suas composições, entre parcerias e outras dos demais integrantes; integra o Grupo de Percussão do Departamento de Artes da UFMT e atua na área de áudio para cinema,  além de compor sonoplastia/trilha para cinema e espetáculos de dança e teatro.


9 de março de 2011

SESC Arsenal exibe gratuitamente o filme BRAVA GENTE BRASILEIRA de Lúcia Murat




O CineSESC apresenta nesta quinta-feira a Mostra de Filmes. Para inaugurar essa edição, a unidade leva para as telas o filme BRAVA GENTE BRASILEIRA  da diretora Lúcia Murat. A sessão será as 19h com entrada franca, abaixo mais informações sobre o filme:


Título Original: Brava Gente Brasileira
Gênero: Drama
Origem/Ano: BRA/2000
Duração: 104 min
Direção: Lucia Murat

Sinopse: Pantanal, 1778, região do Médio-Paraguai, um grupo de soldados acompanha Diogo, astrônomo, naturalista e cartógrafo, recém-formado em Coimbra, que chega à região para fazer um levantamento topográfico para a Coroa Portuguesa. A coluna se encaminha para o Forte Coimbra, permanentemente assediada pelos índios cavaleiros, com quem Portugal está tentando um acordo de paz.

No caminho do forte, um batedor descobre um grupo de mulheres índias tomando banho num rio. Em meio a alguns desencontros, os soldados estupram as mulheres. Três personagens se destacam: Pedro, que chefia o grupo e é particularmente feroz, Diogo, que terá de confrontar sua formação "ilustrada" com a dura realidade da colônia, e Antônio, que carrega um mapa secreto com a localização de supostas minas de prata. Todos se envolvem na carnificina, até mesmo Diogo, a quem Pedro entrega uma índia que tinha se escondido na mata.

Diogo impede Pedro de assassinar a índia e todos seguem para o forte. Ali, o comandante vive com uma índia de outra tribo - guaná, já catequizada e aculturada - os conflitos crescem. O filme vai trabalhar em torno destas relações, que representam em última instância o conflito entre os dois mundos e na prática o surgimento de um terceiro, onde os conceitos dos dois lados começam a se desintegrar.

Assim é o conflito de Diogo entre a lembrança da noiva virgem portuguesa e a atração culpada pela índia; ou as tentativas do comandante em conciliar os dois mundos; ou ainda a ferocidade de Pedro que caminha enlouquecido numa ânsia crescente de violência como se buscasse um limite que o Novo Mundo não lhe dá. Finalmente, a fantasia de Antônio em torno das minas de prata que lhe toma corpo e alma, deixando-o incapaz de lidar com a realidade.

O período das chuvas e da cheia vai significar uma trégua na luta com os guaicurus. Quando as águas começam a baixar, a possibilidade de paz ressurge. Os cavaleiros voltam ao forte e afirmam que aceitam o acordo. Propõem como manifestação de sua boa vontade que os portugueses fiquem com suas mulheres índias. Estes aceitam. Momentos depois grupos de índios escondidos na região entram no quartel e dizimam os soldados.

Serviço:
Mostra de Filmes: BRAVA GENTE BRASILEIRA
Data: 10/03 (quinta-feira)
Horário: 19h
Local: CineSESC - SESC Arsenal
Entrada Franca
Informações: (65) 3616-6901

Trailer do Filme:


4 de março de 2011

SESC Arsenal oferece cursos para Atores e Músicos na SEMANA DA VOZ E CORPO




O SESC Arsenal promove entre os dias 15 a 19 de março, a Semana da Voz e do Corpo. Dividido em 2 etapas, Corpo e Voz, ministrados por profissionais renomados. As inscrições já podem ser feitas na Central de Atendimento do SESC Mato Grosso, que fina na unidade do SESC Arsenal. O curso é gratuito e com certificação. Ao final do curso, no dia 20/03 será apresentado um espetáculo musical de encerramento, comandado pelo músico e professor Maurício Detoni (RJ).

O palco é fundamentalmente um espaço de significação e todo profissional que faz desse espaço seu lugar de expressão deve ter essa consciência. Aquele que está em cena, seja ator ou músico, deve saber que em nenhuma outra situação seu corpo, sua voz, seu gesto ganham tanto significado e expressão, e por isso o profissional precisa estar preparado e consciente. 

Pensando nisso, o SESC Arsenal idealizou esse projeto, que tem o objetivo principal de oferecer aos participantes a oportunidade de entrarem em contato com sua força e flexibilidade, a partir de noções básicas de como se organiza o corpo e suas articulações e técnicas para o uso da voz na música e no teatro.  

Confira abaixo os cursos e os horários de cada um:
__________________________________________________________

VOZ - com Maurício Detoni (RJ)

Curso de VOZ para CANTORES e MÚSICOS em geral 
A presente oficina tem o objetivo de apresentar elementos básicos de técnica vocal e suas aplicações no dia a dia de trabalho daqueles que usam a voz como instrumento musical.
15 a 19/03 - 18h às 22h - 30 vagas - Gratuito


Curso de VOZ para ATORES
A presente oficina tem o objetivo de apresentar elementos básicos de técnica vocal e suas aplicações no dia a dia de trabalho daqueles que usam a voz como instrumento para interpretação teatral.
15 a 19/03 - 13h às 18h - 30 vagas - Gratuito

__________________________________________________________

CORPO com Marina Elias (RJ)

Presença Cênica Teatral Para Atores
Esta oficina oferecerá procedimentos de busca por um corpo potente e presente no atuador.  A oficina será norteada pela Zona do Improviso, jogo sistematizado pela ministrante. 
15 a 19/03 - 18h às 22h - 20 vagas  - Gratuito

Presença Cênica para cantores e músicos
Partindo do pressuposto de que a presença é um estado que precisa ser criado e reinventado a cada ação, esta oficina oferecerá procedimentos de busca por um corpo potente e presente em cantores e músicos. 
15 a 19/03 - 13h às 18h - 30 vagas  - Gratuito


ESPETÁCULO DE ENCERRAMENTO
20/02 - 20h - Entrada Franca

3 de março de 2011

Aldeia SESC de Arte e Cultura - SESC Rondonópolis (Fotos)



Mais Fotos em Nosso Flickr
www.flickr.com/photos/sescmt

SESC Arsenal dá inicio hoje ao projeto OBSERVATÓRIO MÚSICA DO MATO




O Observatório Música do Mato é um ação prevista para acontecer  que visa discutir, rever, formular, entender e apontar caminhos para a música produzida na contemporaneidade.  A ação objetiva criar um espaço de debate e intercâmbio entre os diversos sujeitos que atuam no cenário musical mato-grossense, através do debate de temas pertinentes ao universo da cadeia criativa e produtiva da música. 
Panorama musical: Música na contemporaneidade

Quinta-feiras - 19h - CDM - Gratuito - Com certificação para os inscritos na Central de Atendimento. 

Veja os temas e os provocadores a cada Quinta-feira

Conheça o Blog do Projeto:

03/03 - MÚSICA: COMPLEXIDADE ARTÍSTICA NA ATUALIDADE
Provocadora: Dra. Maria Thereza Azevedo

Os processos de elaboração e confecção da música nas sociedades humanas nunca foram uniforme, mas respeitou os passos do amplo processo de construção da cultura e domínio de tecnologias. A divisão em gêneros musicais, o caráter profundamente coletivo, poéticas e métricas determinadas, circularidade e rito são características cada vez mais restritas a comunidades e povos tradicionais. No mundo globalizado a hibridização é uma das marcas dos limites e fronteiras cada vez mais rarefeitos no seio da arte, entre outros segmentos.

10/03 - MÚSICA: GLOBAL x LOCAL
Provocadores: Dra. Terezinha Prada e Habel Dy Anjos

A música não é um acontecimento isolado, mesmo quando emerge no aparentemente solitário ato criador, visto que este resulta de uma infinidade de relações entre o artista, o mundo e a obra. Nesse sentido o universo musical está cada vez mais ampliado no tocante à obra na medida em que o diálogo entre artista e mundo se amplia na contemporaneidade em que as fronteiras são diluídas pelo crescente e cada vez mais rápido processo de globalização.

24/03 - SUSTENTABILIDADE MUSICAL
Provocadora: Carolina Barros

Num mundo em que as relações são cada vez mais mediadas por valores monetários e conseqüente precificação, de que maneira o músico e sua obra se movimentam, considerando que estão inseridos numa sociedade de consumo que tende a forjar uma arte como reprodução e produto? Cabe refletir sobre as tensões, caminhos e descaminhos principalmente para artistas e obras que, por diferentes motivos não fazem parte da engrenagem da indústria cultural e/ou que não aparecem na grande mídia.

31/03 - SÍNTESE DAS DISCUSSÕES
Provocadores: Todos os participantes anteriores

A necessidade de um balanço e da organização das discussões ao final desta primeira rodada se impõe, principalmente por conta da metodologia adotada, na medida em que se busca horizontalizar a participação oferecendo a palavra a quem supostamente seria meramente público


2 de março de 2011

SESC Casa do Artesão apresenta Exposição: SÃO GONÇALO BEIRA RIO



O SESC Casa do Artesão tem em sua filosofia a promoção da cultura regional, principalmente o artesanato feito pelas mãos de matogrossenses que tem o estado como sua razão de viver. Esse é o caso da Comunidade São Gonçalo Beira Rio, que é o tema da próxima exposição e homenagem feita pela instituição, que acontecerá no período de 28/02 a 31/05. As visitas podem ser feitas de Segunda a Sexta-feira das 08h30 às 17h e sábados das 08h30 às 13h, com entrada franca.   

Com a Exposição: “São Gonçalo Beira - Rio”, pretende se levar ao conhecimento da clientela SESC e comunidade em geral a cultura e as tradições que a comunidade São Gonçalo Beira – Rio ainda conservados.As danças, os festejos e a arte do manuseio do barro, com a confecção de produtos artesanais a partir da argila.


Sobre a Comunidade São Gonçalo Beira Rio

A origem e o povoamento da comunidade de São Gonçalo Beira Rio, em Cuiabá, é datada a partir do século 18, quando as primeiras expedições de bandeirantes paulistas chegaram em Mato Grosso. A missão era capturar índios (Bororos), a fim de torná-los escravos. A comunidade foi um dos primeiros povoados de Cuiabá. Segundo relatos de moradores, a pequena imagem do santo que deu origem ao nome do bairro foi encontrada dentro do rio por um dos primeiros ocupantes da área. A partir dessa data o local passou a ter o nome que persiste até hoje.

No final da década de 1960, a comunidade foi incorporada à área urbana de Cuiabá, quando os técnicos da prefeitura promoveram a alteração de sua denominação de São Gonçalo Velho para bairro São Gonçalo Beira Rio. Neste período, diversas chácaras em torno de São Gonçalo foram loteadas, dando origem a novos bairros.


Ao final dos anos 1990, verifica-se uma preocupação, por parte do poder público e da sociedade civil, de revalorizar o patrimônio cultural construído em tempos passados. Como exemplo dessa preocupação, pode-se citar o tombamento municipal, em dezembro de 1992, que declarou o bairro de São Gonçalo área prioritária para o estímulo à produção e à comercialização da cerâmica artesanal, como uma das mais antigas e tradicionais manifestações culturais do município de Cuiabá, e a festa de São Gonçalo como manifestação popular de interesse para o patrimônio cultural do município de Cuiabá.

Com a abundância de argila presente nos barrancos localizados à margem das águas caudalosas do rio Cuiabá, os utensílios domésticos passaram a ser produzidos pelos moradores que perceberam na atividade uma fonte de renda. Era comum encontrar na maioria das casas cuiabanas utensílios como vasos, moringas e travessas feitas de barro. Nesses objetos, a grande preocupação era na utilização dos vasos para a conservação de mantimentos, água e outros produtos perecíveis.


As danças siriri, cururu e de São Gonçalo têm influência luso-indígena, que caracteriza o período da mineração em Mato Grosso e da influência paraguaia e boliviana nesta região (Diegues Júnior, Rosendahl e Corrêa, 2000).
  

Serviço:
Período da Exposição: 28/02 a 31/05/2011
Segunda a Sexta: 08h30 às 17h
Sábado: 08h30 às 13h
Entrada Franca 
(Rua 13 de junho, esquina com a Senador Metelo, 315 – Porto)

1 de março de 2011

Quinta-feira é dia de BULIXO e CARNAVAL no SESC Arsenal


Quinta-feira é um dia muito importante para o SESC Arsenal, é o dia do Bulixo. Mas este dia será ainda mais especial, pois este dia será animado com uma Banda de Marchinhas. Nas varandas e no Salão Social será realizado o Carnaval do SESC Arsenal, um divertido baile carnavalesco para toda família. Venha relembrar ou conhecer, prestigiar, alegrar, brincar e se divertir nesta matinê que organizamos para você e sua familia.


Data: 03/03
Horário: 19h às 22h
Local: Salão Social (Com cortejo pela varanda e jardim) - SESC Arsenal
Entrada Franca






SESC Porto oferece OFICINANDO - Fantasias de Carnaval




SESC Porto oferece oficina de artesanato infantil. Neste edição os participantes aprenderão a fazer divertidas fantasias de carnaval.  Venha confeccionar sua fantasia de carnaval conosco!

Data: 02 de março
Horários das Turmas: 08h às 11h / 14h às 17h / 17h30 às 20h
Local: SESC PORTO
Faixa etária: a partir de 6 anos
Investimento: Comerciário ou Dependente R$5,00 / Usuário R$7,00
Inscrições na Central de Atendimentos, situada no SESC ARSENAL, de 2ª à 6ª feira, das 08:00h às 19:00h