22 de fevereiro de 2011

Ciclo Arsenal de Música apresenta TINTILAR DOS CRISTAIS com o grupo URUTAU



O URUTAU é um grupo formado por músicos de destaque em Cuiabá - estudantes de música da UFMT.  No impulso criador da música de cunho autoral, o grupo vem crescendo e inicia seu segundo ano de trajetória musical com o show: 'Tilintar dos Cristais', resultado de muita pesquisa e dedicação. Os arranjos são elaborados pelos próprios integrantes que empenham-se a cada dia na construção autêntica da arte que acreditam e revelam ao mundo.O URUTAU preza pela musicalidade que flui naturalmente de cada um dos seis compositores, consciente de que a cada dia o observar toma forma nova e que o olhar do grupo acresce grande importância ao cerne criativo musical.

Data: 26 e 27 de fevereiro 
Horário: 20h 
Local: Teatro do SESC Arsenal
Entrada: R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (meia) e R$ 5,00 (comerciários)

SESC Porto oferece curso de TYE DIE no MIRIM APRENDIZ






O SESC Porto oferece para as crianças mais uma oficina de artes manuais. Nessa edição os participantes aprenderão de forma divertida técnicas de tingimento e decalque em tecidos. Uma boa oportunidade de aprender brincando!

Data: 24/02, 01 e 03/03
Horário: 14h às 17h
Faixa etária: a partir de 10 anos
Local:  SESC Porto

Investimento: Dependente de Comerciário R$10,00 o Usuário R$20,00 + duas camisetas branca lisa (não precisa ser nova)


Inscrições na Central de Atendimentos, situada no SESC ARSENAL, de 2ª à 6ª feira, das 08:00h às 19:00h

Informações: (65) 3611-0700

21 de fevereiro de 2011

SESC Porto incentiva a prática de esportes e oferece serviços gratuitos no CLUBE DA CAMINHADA


O SESC Porto, com o objetivo de incentivar a prática de atividades saudáveis, oferece aos praticantes de esportes que frequentam o Parque Zé Bolo Flô, serviços de aferição de pressão arterial, teste de glicemia capilar, orientações nutricionais, alongamento supervisionado. Ao final é servido uma mesa de frutas para reposição energética. 

Data: 23/02 
Horário: 17h às 19h
Local: Parque Zé Bolo Flô
Gratuito




17 de fevereiro de 2011

Tapetes Contadores de Histórias (RJ) apresenta 3 HORIZONTES no SESC Arsenal.




3 HORIZONTES é o mais novo espetáculo teatral para adultos do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias do Rio de Janeiro. Será apresentado nos dias 18, 19, e 20/02 às 20h, no Teatro do SESC Arsenal, com Entrada Franca.

O espetáculo é uma adaptação livre de 3 narrativas do livro Contos Orientais de Marguerite Yourcenar. Três atores e uma violoncelista conduzem o espectador aos fios trágicos de três contos orientais onde a morte se apresenta como sacrifício, redenção e transformação. São três horizontes diferentes, alcançados por tentativas aflitas de se escapar de um asociedade e um sistema opressores, a fim de transcender suas existências e encontrar na morte um caminho para a liberdade, o amor e apaixão.

Ressaltando o aspecto fantástico da obra original, a encenação se apóia no jogo pendular do narrativo com o dramático, mesclando conto, canto e dança. Os atores e a musicista, acompanhada de  seu violoncelo, se utilizam de diversos objetos e elementos como panos, escadas, linhas, água, bacias e panelas – com apurado jogo estético a partir da forma e cor –para acentuar as tensões e o conteúdo simbólico da trama, numa constante elaboração do espaço como instalação.

Serviço:
Espetáculo: 3 HORIZONTES, com Os Tapetes Contadores de Histórias (RJ)

Data: 18 a 20/02/2011 
Horário: 20h 
Local: Teatro do SESC Arsenal
Entrada franca - (Os ingressos começam a ser distribuídos 1 hora antes)
Informações: (65) 3611-0550

O Homem e a Mancha. Dramaturgia Leituras em Cena. (Fotos)




Leitura do texto O Homem e a Mancha de Caio Fernando Abreu, no projeto Dramaturgia Leituras em Cena, pelo Unidos do Parque Georgia, no dia 16-02-2011. (Fotos Jan Moura)

Mais Fotos em Nosso Flickr
www.flickr.com/photos/sescmt

A Maldição do Vale Negro. Dramaturgia Leituras em Cena. (Fotos)




Leitura do texto "A Maldição do Vale Negro" de Caio Fernando Abreu, feita pelo Pessoal do Ânima, no projeto Dramaturgia Leituras em Cena - SESC Arsenal. Em 15/02/2011. (Fotos: Jan Moura)

Mais Fotos em Nosso Flickr
www.flickr.com/photos/sescmt

15 de fevereiro de 2011

O HOMEM E A MANCHA. Nesta quarta-feira no DRAMATURGIA LEITURAS EM CENA





O HOMEM E A MANCHA


16/02 - 20h - Teatro do SESC Arsenal - Entrada Franca
Grupo de Intervenção Artística Unidos do Parque Geórgia

Em O Homem e a Mancha, como em todo grande drama, o personagem singular ou problemático que se afasta do seu papel e até mesmo o desafia fornece o componente essencial para a ação dramática. Hamlet não se adequa nem ao seu papel como vingador nem à sua função como príncipe. Abreu toma como seu ponto de partida um personagem notoriamente incapaz de cumprir o papel que ele mesmo se atribuiu, Dom Quixote; a partir daí, pratica experimentos com a alienação brechtiana. O texto  é comovente devido à sua possível dimensão autobiográfica. Um dos heterônimos do personagem –o mais perturbador– é “o Homem da Mancha” que está histericamente à procura de “manchas” e se apavora especialmente com a possibilidade de manchas púrpuras ou corpóreas, onde o personagem que vive encontrando manchas, referências ao HIV que ele pode ter contraído. A última peça de Abreu mostra que o teatro lida com significados e mensagens, aquilo que lhe dá qualidade artística  não é o seu conteúdo, mas o seu afeto, com uma força ou estilo sensível, através do qual produz seu conteúdo. 

Direção: Yandra Firmo
Leitores/Atores: Andreza Moraes Branco Leria, Jansen Thiago, Claudio Dias e Yandra Firmo.
Som e Luz: Grupo de Intervenção Artística Unidos do Parque Geórgia
Ambientação Cênica e Figurino: Grupo de Intervenção Artística Unidos do Parque Geórgia
Classificação: 16 anos

14 de fevereiro de 2011

A MALDIÇÃO DO VALE NEGRO. Neste terça-feira no DRAMATURGIA LEITURAS EM CENA


A MALDIÇÃO DO VALE NEGRO

15/02 - 20h - Teatro do SESC Arsenal - Entrada Franca

Leitores: Pessoal do Ânima 

A Maldição do Vale Negro conta a trajetória de Rosalinda, ingênua jovem que vive em um castelo, sob o rígido controle de seu tio, o Conde Maurício e da pervérsa governanta Ágatha, ambos personagens que guardam um segredo que pode mudar a vida da garota. 
A história se passa no ano da graça de 1834, no Vale Negro, província de Castelfranc, um lugar cercado de mistérios, segredos e maldições.

Leitores/Atores: Daniel Tetilla,Danyellë Sardinha, Danilo Lobato, Eduardo Butakka, Jeferson Ray, Millena Machado, Raquel Mützenberg e Thyago Mourão.
Sonoplastia/Iluminação/Maquiagem/Produção/Cenografia: Pessoal do Ânima
Classificação: 16 anos


SESC Porto realiza TORNEIO DE FUTSAL na 2ª Edição do SESC EM AÇÃO




O torneio tem por finalidade integrar os clientes do SESC que usufruem dos serviços oferecidos pelo SESC Mato Grossoe  toda a comunidade, onde o importante é a diversão compartilhada com amigos e colegas.

SOBRE O SESC EM AÇÃO:

A qualidade de vida não depende de quanto dinheiro ganhamos ou de quantos carros possuímos. Ela é medida por nossa saúde, bem-estar físico e emocional, nossos relacionamentos, auto-estima e grau de espiritualidade que alcançamos na vida. Uma das metas traçadas para o SESC Porto é a conquista e a fidelização de sua clientela, para tanto, as portas do SESC Porto se abrirão ao público no último sábado de cada mês, onde ofereceremos serviços de cunho esportivo e recreativo objetivando despertar o prazer nas pessoas que vierem desfrutar dos serviços.

Serviço:
Data: 26 de fevereiro (sábado)
Horário: 14h
Local: SESC Porto
Inscrições Abertas: 1 litro de leite longa vida (por atleta)
Faixa Etária: a partir de 16 anos
Premiação: Troféus para 1º e 2º Lugar
Informações: (65) 3611-0700

11 de fevereiro de 2011

Será aberta neste sábado a EXPOSIÇÃO PINTANDO EMOÇÕES - por Maria Luiza Lopes Batista


Será aberta neste sábado, dia 12 de fevereiro, no Rondon Plaza Shopping, em Rondonópolis, a exposição Pintando Emoções, da artista plástica Maria Luiza Lopes Batista. 

Sobre a Artista

Chegou em Rondonópolis dia 10 de outubro de 1961 em companhia de seus pais e irmãos, passou determinado tempo fora da cidade para se dedicar aos estudos, se formando em magistério  foi educadora pelo município por 4 anos. Sentindo a sensibilidade de desenvolver seu lado artístico fez cursos por correspondência, devido suas condições na época e para se aperfeiçoar na área artística fazendo também inúmeras especializações.

Considera a pioneira nas artes plásticas em Rondonópolis, começou suas atividades artísticas em 1974, no inicio usava a perspectiva naturalista em seus trabalhos, conforme visava necessidade, Maria Luiza foi adicionando em suas habilidades outras áreas como primitivo, abstrato e  moderno.
Tem o seu ateliê desde 1981 com o nome de Lindas Artes, sendo o primeiro ateliê de artes plásticas de Rondonópolis. Hoje atua na área de artes plásticas, vidros, pintura barroca, caixas, personalização em porcelana, restauração de peças artísticas, dentre as inúmeras atividades que exerce, sendo algumas delas encontrada com exclusividade em seu ateliê.

Serviço:
Período da Exposição: 12 a 26 de fevereiro
Horário: 10h às 22h
Local: Rondon Plaza Shopping
Entrada Franca


 



9 de fevereiro de 2011

REUNIÃO DE FAMÍLIA. Hoje no Dramaturgia Leituras em Cena - Caio Fernando Abreu



REUNIÃO DE FAMILIA
Leitores: Teatro Urieu

Alice se prepara para uma visita à sua família no interior. Despede-se do marido e do filho. Ela parte, pensando na irmã Evelyn que está precisando de ajuda depois da morte do filho Cristiano, de dez anos, num acidente de carro. Evelyn apresenta sinais de loucura e toda família deverá se reunir para estudar soluções para o problema. Lá chegando, Alice reencontra Aretusa, sua cunhada e antiga amiga de infância, Berta, velha empregada da casa, Evelyn, sua irmã mais nova, Renato, o único irmão, Bruno, marido de Evelyn, e o Professor, patriarca severo de toda a família.Todos se sentam à mesa na hora das refeições, num clima de eterna discórdia, quando são lançados insultos e acusações. Mesmo assim, na próxima refeição todos estarão ali, sentados à mesa. Numa mistura de revelações de cunho homossexual e de traição, as diversas personagens se torturam mutuamente. No final, todos parecem mais leves e prontos para retornarem aos seus próprios infernos familiares.

Leitores/Atores: Adrielly Moraes, André Moraes, Carol Brandão, Fernando Assunção, Gisah Moraes, Maicon D' Paula
Direção de Cena: Teatro Urieu
Sonoplastia/Iluminação/Maquiagem/Produção/Cenografia: Teatro Urieu
Classificação: 16 anos.

Serviço:
Data: 09/02/2011
Horário: 20h
Local: Teatro do SESC Arsenal 
Entrada Franca
Informações: (65) 3616-6901


8 de fevereiro de 2011

PODE SER QUE SEJA O LEITEIRO LÁ FORA. Hoje no DRAMATURGIA LEITURAS EM CENA



Sete, diferentes, pessoas encontram uma casa abandonada e resolvem passar a noite fugindo de uma insistente chuva. Nesse pequeno período discutem sobre a vida, suas vontades e medos... A ilusão começa a tomar corpo e as verdades modificadas num borbulhar de emoções e “desemoções”. O pudor do corpo perde o sentido e fica apenas o desejo de ser o que quiser e a liberdade em ser o que se pode ser.

Direção: Wanderson Lana.
Leitores/Atores:Kiko Sontak, Luiz Antônio Freitas, Edilene de Jesus, Yuri Lima Cabral, Ana Paula Dorst, Victor Martins;
Iluminação: Wanderson Lana;
Sonoplastia: André Gadotti, Rafaela Salomão.
Classificação: 16 anos.

08/02 - 20h - Teatro - Entrada Franca


Programação Completa do Dramaturgia Leituras em Cena:




Veja o Programa do Projeto:

4 de fevereiro de 2011

DRAMATURGIA LEITURAS EM CENA reverencia Caio Fernando Abreu

O projeto “DRAMATURGIA: LEITURAS EM CENA”, promovido pelo – Departamento Nacional do SESC, foi criado para estimular a prática de leitura de textos teatrais. Visa difundir textos inéditos ou consagrados da dramaturgia nacional e mundial, pretendendo instrumentalizar e chamar a atenção de diretores e atores para as potencialidades cênicas – ou novos ângulos – de uma determinada obra.

Estas “Leituras em Cena” que agora se apresentam, são resultantes da Oficina de Dramaturgia com o ator, diretor teatral e professor do Curso de Teatro da UniverCidade Fred Tolipan, realizada em novembro de 2010. Para esta etapa o projeto Dramaturgia Leituras em Cena estará apresentando textos de Caio Fernando Abreu.

LEITURAS:



PODE SER QUE SEJA O LEITEIRO LÁ FORA

08/02 - 20h - Teatro - Entrada Franca

Leitores: Teatro Faces - Primavera do Leste

Sete, diferentes, pessoas encontram uma casa abandonada e resolvem passar a noite fugindo de uma insistente chuva. Nesse pequeno período discutem sobre a vida, suas vontades e medos... A ilusão começa a tomar corpo e as verdades modificadas num borbulhar de emoções e “desemoções”. O pudor do corpo perde o sentido e fica apenas o desejo de ser o que quiser e a liberdade em ser o que se pode ser.

Direção: Wanderson Lana.
Leitores/Atores:Kiko Sontak, Luiz Antônio Freitas, Edilene de Jesus, Yuri Lima Cabral, Ana Paula Dorst, Victor Martins;
Iluminação: Wanderson Lana;
Sonoplastia: André Gadotti, Rafaela Salomão.
Classificação: 16 anos.





REUNIÃO DE FAMILIA

09/02 - 20h - Teatro - Entrada Franca
Leitores: Teatro Urieu

Alice se prepara para uma visita à sua família no interior. Despede-se do marido e do filho. Ela parte, pensando na irmã Evelyn que está precisando de ajuda depois da morte do filho Cristiano, de dez anos, num acidente de carro. Evelyn apresenta sinais de loucura e toda família deverá se reunir para estudar soluções para o problema. Lá chegando, Alice reencontra Aretusa, sua cunhada e antiga amiga de infância, Berta, velha empregada da casa, Evelyn, sua irmã mais nova, Renato, o único irmão, Bruno, marido de Evelyn, e o Professor, patriarca severo de toda a família.Todos se sentam à mesa na hora das refeições, num clima de eterna discórdia, quando são lançados insultos e acusações. Mesmo assim, na próxima refeição todos estarão ali, sentados à mesa. Numa mistura de revelações de cunho homossexual e de traição, as diversas personagens se torturam mutuamente. No final, todos parecem mais leves e prontos para retornarem aos seus próprios infernos familiares.

Leitores/Atores: Adrielly Moraes, André Moraes, Carol Brandão, Fernando Assunção, Gisah Moraes, Maicon D' Paula
Direção de Cena: Teatro Urieu
Sonoplastia/Iluminação/Maquiagem/Produção/Cenografia: Teatro Urieu
Classificação: 16 anos.



A MALDIÇÃO DO VALE NEGRO


15/02 - 20h - Teatro - Entrada Franca
Leitores: Pessoal do Ânima 

A Maldição do Vale Negro conta a trajetória de Rosalinda, ingênua jovem que vive em um castelo, sob o rígido controle de seu tio, o Conde Maurício e da pervérsa governanta Ágatha, ambos personagens que guardam um segredo que pode mudar a vida da garota. 
A história se passa no ano da graça de 1834, no Vale Negro, província de Castelfranc, um lugar cercado de mistérios, segredos e maldições.

Leitores/Atores: Ana Rosa Fagundes, Monique Gomes, Eduardo Butakka,  Thyago Mourão, 
Daniel Tetilla, Danyellë Sardinha, Jeferson Ray, Danilo Lobato.
Sonoplastia/Iluminação/Maquiagem/Produção/Cenografia: Pessoal do Ânima
Classificação: 16 anos




O HOMEM E A MANCHA


16/02 - 20h - Teatro - Entrada Franca
Grupo de Intervenção Artística Unidos do Parque Geórgia

Em O Homem e a Mancha, como em todo grande drama, o personagem singular ou problemático que se afasta do seu papel e até mesmo o desafia fornece o componente essencial para a ação dramática. Hamlet não se adequa nem ao seu papel como vingador nem à sua função como príncipe. Abreu toma como seu ponto de partida um personagem notoriamente incapaz de cumprir o papel que ele mesmo se atribuiu, Dom Quixote; a partir daí, pratica experimentos com a alienação brechtiana. O texto  é comovente devido à sua possível dimensão autobiográfica. Um dos heterônimos do personagem –o mais perturbador– é “o Homem da Mancha” que está histericamente à procura de “manchas” e se apavora especialmente com a possibilidade de manchas púrpuras ou corpóreas, onde o personagem que vive encontrando manchas, referências ao HIV que ele pode ter contraído. A última peça de Abreu mostra que o teatro lida com significados e mensagens, aquilo que lhe dá qualidade artística  não é o seu conteúdo, mas o seu afeto, com uma força ou estilo sensível, através do qual produz seu conteúdo. 

Direção: Yandra Firmo
Leitores/Atores: Andreza Moraes Branco Leria, Jansen Thiago, Claudio Dias e Yandra Firmo.
Som e Luz: Grupo de Intervenção Artística Unidos do Parque Geórgia
Ambientação Cênica e Figurino: Grupo de Intervenção Artística Unidos do Parque Geórgia
Classificação: 16 anos

SOBRE CAIO FERNANDO ABREU


Caio Fernando Loureiro de Abreu nasceu no dia 12 de setembro de 1948, em Santiago (RS). Jovem ainda mudou-se para Porto Alegre onde publicou seus primeiros contos. Cursou Letras na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, depois Artes Dramáticas, mas abandonou ambos para dedicar-se ao trabalho jornalístico no Centro e Sul do país, em revistas como Pop, Nova, Veja e Manchete, foi editor de Leia Livros e colaborou nos jornais Correio do Povo, Zero Hora, O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo. No ano de 1968 — em plena ditadura militar — foi perseguido pelo DOPS (Departamento de Ordem Política e Social), tendo se refugiado no sítio da escritora e amiga Hilda Hilst, na periferia de Campinas (SP). Considerado um dos principais contistas do Brasil, sua ficção se desenvolveu acima dos convencionalismos de qualquer ordem, evidenciando uma temática própria, juntamente com uma linguagem fora dos padrões normais. Em 1973, querendo deixar tudo para trás, viajou para a Europa. Primeiro andou pela Espanha, transferiu-se para Estocolmo, depois Amsterdã, Londres — onde escreveu Ovelhas Negras — e Paris.Retornou a Porto Alegre em fins de 1974, sem parecer caber mais na rotina do Brasil dos militares: tinha os cabelos pintados de vermelho, usava brincos imensos nas duas orelhas e se vestia com batas de veludo cobertas de pequenos espelhos. Assim andava calmamente pela Rua da Praia, centro nervoso da capital gaúcha. Em 1983 transferiu-se para o Rio de Janeiro e em 1985 passou a residir novamente em São Paulo.

Volta à França em 1994, a convite da Casa dos Escritores Estrangeiros. Lá escreveu Bien Loin de Marienbad. Ao saber-se portador do vírus da AIDS, em setembro de 1994, Caio Fernando Abreu retorna a Porto Alegre, onde volta a viver com seus pais. Põe-se a cuidar de roseiras, encontrando um sentido mais delicado para a vida. Foi internado no Hospital Menino Deus, onde faleceu no dia 25 de fevereiro de 1996.

2 de fevereiro de 2011

SESC Rondonópolis oferece Cursos de Música, Teatro, Dança e Pintura

O SESC Rondonópolis abre o mês de fevereiro com diversas programações de atividades de desenvolvimento cultural. Abaixo segue as informações. Fique atento e não perca esta oportunidade!


Curso de Pintura:
Período: 15/02 a 18/11
Terças e Quintas-feiras - 15 vagas
Investimento: R$ 30,00 (comerciário) e R$ 50,00 (usuário)
(acima de 10 anos)



Curso de Dança de Salão:
Inicio: 28 de fevereiro
Turma I - Segundas e quartas-feiras - 18h30 às 19h30
Turma II - Terças e quintas-feiras - 18h30 às 19h30
Investimento: R$ 25,00 (comerciário) e R$ 40,00 (usuário)


Oficina Intercâmbio Dança
Data: 21 a 25 de fevereiro
Horário: 18h às 22h
Inscrições: R$ 10,00 (comerciário) e R$ 20,00 (usuário)


Curso de Teatro
Período: 11/02 a 03/12/2011
Sextas-feiras: 17h30 às 20h
Inscrições Limitadas
Investimento: Gratuito (comerciário) e R$ 10,00 (usuário)




Curso de Violão:
Período do Curso: 07/02 a 30/11/2011
Segundas e Quartas-feiras
Turma I - 17h às 18h
Turma II - 18h às 19h
Turma III - 19h às 20h
Turma IV - 20h às 21h 
Investimento: R$ 40,00 (comerciário) e R$ 60,00 (usuário)



1 de fevereiro de 2011

Melhores Momentos: GINCANA DA REPÚBLICA - SESC Balneário (2010) (Etapa Colaboradores)



Gincana de Confraternização dos Colaboradores do SESC Mato Grosso. Realizado em dezembro de 2010 na unidade SESC Balneário - Cuiabá-MT.

(Produção Audiovisual: Golçalves Cordeiro Produtora e Agência)